DESTAQUE

Rover europeu irá procurar por matéria orgânica em Marte

Por
07 de Abril de 2014
Concepção artística do rover Exomars da Agência Espacial Européia
Créditos: ESA

A busca por vida em Marte terá novos capítulos em breve. Enquanto os rovers da NASA, Opportunity e Curiosity, continuam investigando o Planeta Vermelho buscando sinais de água e de elementos que tornariam o mundo vizinho ao nosso habitável, a Agência Espacial Européia (ESA), planeja em 2019 pousar seu próprio robô em Marte.

O objetivo do projeto Exomars, realizado em parceria com a agência espacial russa Roskosmos após a NASA abandonar o projeto devido à crise econômica em 2011, é encontrar matéria orgânica preservada sob a superfície marciana. Os responsáveis pela missão falam até mesmo em encontrar possíveis fósseis de vida que tenha existido naquele mundo.

Para tanto, no começo de abril 60 cientistas da ESA reuniram-se no Centro Europeu de Espaço e Astronomia, próximo a Madri, Espanha, e decidiram por quatro possíveis locais de pouso para o Exomars Rover. A região alvo precisa ter tido uma superfície ou fluxo abundante de água até um período de 3,6 bilhões de anos atrás. Igualmente é desejável um lugar onde sedimentos uma vez submersos tenham sido enterrados a fim de preservar em camadas geológicas o material orgânico que a ESA pretende encontrar.

PROCURANDO VIDA MARCIANA SOB A SUPERFICIE DO PLANETA

Para isso, o Exomars Rover será equipado com uma perfuratriz capaz de penetrar a 2 metros de profundidade, onde esse material pode ter sido protegido da desintegração pelas radiações solares, visto que Marte não possui camada de ozônio a proteger sua superfície como na Terra. Dois dos locais candidatos são vastas planícies onde existem algumas das rochas mais antigas do planeta, e onde sondas orbitais encontraram evidências de depósitos sedimentares produzidos por água. As duas planícies são Mawrth Vallis e Oxia Planum, sendo que a primeira era um local candidato ao pouso do Curiosity da NASA, tendo sido preterido pela Cratera Gale, onde o rover norte-americano pousou em 2012.

Os outros dois locais candidatos exibem sinais claros de terem abrigado rios há bilhões de anos, onde depósitos de sedimentos podem ter preservado materiais orgânicos. São eles Oxia Palus, onde existiu o canal de um rio, e Hypanis Vallis, local de um delta há bilhões de anos. A tecnologia de pouso do Exomars Rover está sendo desenvolvida pelos russos, e os planos incluem o pouso de uma sonda em 2016 como teste, chamada de ExoMars Entry, Descent and Landing Demonstrator Module (Módulo Demonstrador de Entrada, Descida e Pouso do Exomars). O programa também inclui uma nave orbital.

Visite o site da missão Exomars

Marte teve condições de abrigar vida

Opportunity encontra novas evidências de que Marte pode ter abrigado vida

A farsa de Marte tão grande quanto a Lua se repete

NASA comemora dez anos dos primeiros rovers em Marte

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

crédito: Revista UFO
Dossiê Cometa
Dossiê Cometa

O Dossiê Cometa é o relatório da entidade homônima francesa – o Comitê Cometa – que analisou as evidências mais marcantes da atuação de ETs em nosso planeta, através de avistamentos e aterrissagens de UFOs que se prolongam há milênios e dos contatos com seus tripulantes. O livro apresenta casos ufológicos marcantes ocorridos na França e em todo o mundo, incluindo pousos de UFOs com marcas físicas, perseguições a aviões civis e militares com depoimentos dos pilotos, interferências em redes elétricas e casos em que ETs abordaram seres humanos.

DVD: Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

Já está no ar a Edição 210 da Revista UFO. Aproveite!

Abril de 2014

A mesma questão de sempre: nosso arsenal atômico