DESTAQUE

Astronauta Edgar Mitchell afirma que alienígenas impediram guerra nuclear

Por
21 de Agosto de 2015
Edgar Mitchell lendo um mapa na Lua, na missão Apollo 14, e na atualidade no destaque
Créditos: NASA

Edgar Mitchell, ex-piloto da Marinha norte-americana e piloto do módulo lunar da missão Apollo 14, foi o sexto homem a pisar na Lua. Desde que retornou à Terra, tem sido uma das figuras mais proeminentes da Ufologia Mundial, defendendo a realidade da vida extraterrestre e das visitas que inúmeras testemunhas ao redor do mundo descrevem. Recentemente, em entrevista ao Mirror, ele criou nova polêmica ao afirmar que alienígenas impediram a guerra nuclear.

Mitchell afirma que chegaram a ele diversos relatos de pessoal militar que testemunhou a aparição de UFOs sobre bases e locais de lançamento de mísseis. Essas aparições, de acordo com ele, ocorreram inclusive em White Sands, um dos locais pioneiros no desenvolvimento de armas atômicas. Interessante constatar que o astronauta cresceu no Novo México, nas proximidades desse local e também de Roswell, palco do mais famoso caso de queda de UFO em julho de 1947. Mitchel diz: "White Sands era um local de teste de armas atômicas, e é por isso que os alienígenas estavam interessados. Minha experiência de falar com as pessoas deixou claro que os ETs têm tentado nos manter longe da guerra, e criar a paz na Terra".

O astronauta acrescenta que ouviu muitas histórias de pessoas que serviram em locais de lançamento de mísseis nucleares durante a Guerra Fria. Mitchell descreve: "Conversei com oficiais da Força Aérea, que me disseram que UFOs eram vistos frequentemente sobre esses locais, desarmando os mísseis. E oficiais de bases na costa do Pacífico me contaram como mísseis de teste eram frequentemente desligados ou abatidos por naves alienígenas. Havia muita atividade naqueles dias". Muito do que Mitchell comenta, aliás, está exposto no livreo UFOs and Nikes de Robert Hastings, publicado com exclusividade no Brasil pela Biblioteca UFO, com o título Terra Vigiada (confira nos links abaixo).

O COMENTÁRIO DE NICK POPE

O Mirror chamou Nick Pope, ex-funcionário do Ministério da Defesa britânico (MoD), para comentar. Ele disse que foi um privilégio conhecer Mitchell pessoalmente, porém como suas informações vieram de outras pessoas, não se pode ter certeza que elas contaram a Mitchell o que de fato aconteceu. Pope comentou que a ideia de alienígenas pacíficos que chegam para salvar a humanidade é muito popular entre os que têm uma visão estilo Nova Era do Fenômeno UFO, e comparou essa mensagem com a do clássico filme O Dia em que a Terra Parou, de 1951. Ele afirma conhecer vários casos como os descritos, mas considera que para alguns pode haver a explicação de espionagem por aeronaves de reconhecimento. Pope completa: "O Universo tem cerca de 14 bilhões de anos, então é muito provável que uma civilização alienígena nos visitando esteja muitos milhões de anos a nossa frente, então desligar nossas armas nucleares seria ridículo para eles. Se forem tão avançados, podem fazer qualquer coisa".

Galeria de imagens da missão Apollo 14

Neste vídeo, Edgar Mitchell diz que várias espécies alienígenas nos visitam

Astronauta comenta avistamento de UFOs em 2005

Ex-astronauta da NASA afirma que aliens já devem saber sobre nós

Acobertamento ufológico precisa acabar, diz ex-astronauta

Administrador da NASA afirma que existe vida extraterrestre

UFO observado sobre depósito de armas nucleares em 1982

UFOs sobrevoaram instalação atômica em 1945

Surgem novas evidências sobre Caso Bentwaters

Saiba mais:

Livro: Terra Vigiada

crédito: Revista UFO
Terra Vigiada
Terra Vigiada

Terra Vigiada não é um livro comum, mas um verdadeiro dossiê fartamente documentado que comprova que inteligências extraterrestres observam e monitoram nossos arsenais atômicos. O livro contém dezenas de depoimentos prestados por militares norte-americanos que testemunharam a manifestação de discos voadores sobre áreas de testes nucleares, nas décadas de 40 a 70, comprovando que outras espécies cósmicas mantêm nossas atividades bélicas sob severa e contínua vigilância. Hastings vai mais além e mostra em Terra Vigiada que não é incomum discos voadores interferirem nos experimentos de lançamento, muitas vezes inutilizando as ogivas nucleares a serem detonadas, ou sobrevoarem silos de mísseis armados.

DVD: Pacote Produções de James Fox

Já está no ar a Edição 206 da Revista UFO. Aproveite!

Dezembro de 2013

Somos vigiados por seres extraterrestres?