DESTAQUE

Ex-astronauta da NASA afirma que aliens já devem saber sobre nós

Por
26 de Junho de 2015
John Grunsfeld, da NASA, no destaque, afirmou que civilizações em mundos próximos já devem saber de nossa existência
Créditos: Arquivo

A astronomia tem feito saltos evolutivos espantosos nas últimas décadas, e a pesquisa dos exoplanetas tem sido um dos campos mais prolíficos. Até a presente data, 1.932 mundos alienígenas foram detectados, e existem ainda 30 desses planetas que são habitáveis, podendo abrigar vida. Os cientistas há tempos fazem planos, discutem tecnologias e desenvolvem métodos de esquadrinhar ainda mais detalhadamente tais mundos, a fim de captar as provas da existência de vida extraterrestre neles. O que poucos têm discutido, e foi comentado por um ex-astronauta, é que alienígenas inteligentes podem estar fazendo o mesmo conosco.

Na recente Conferência de Ciência de Astrobiologia em Chicago, o ex-atronauta John Grunsfeld afirmou que uma civilização alienígena avançada, situada em um planeta a até 20 anos-luz de distância e com um grande telescópio a disposição, poderia encontrar sinais da civilização terrestre. Grunsfeld é administrador associado para o Diretório de Missões de Ciência da NASA, e acrescentou que a questão sobre se estamos ou não sozinhos é a maior questão da humanidade. Entre as cinco missões de que Grunsfeld tomou parte estão a STS-81 do Atlantis, que se acoplou à estação espacial russa Mir, e a STS-125, também do Atlantis, que em maio de 2009 fez a última visita ao telescópio espacial Hubble para uma completa manutenção do intrumento.

As declarações de John Grunsfeld se unem a de outras figuras da agência espacial norte-americana, como as de Ellen Stofan, que em abril afirmou que dentro de 20 ou 30 anos encontraremos evidência de vida alienígena. Jeffery Newmark, do centro de heliofísica da agência, disse que não é questão de "se", e sim de "quando". Todas essas afirmações ainda encontram eco em recentes descobertas, como a de que Marte teve oceanos aproximadamente na mesma época em que a vida estava surgindo na Terra, há cerca de 3,8 bilhões de anos. Além disso, astrônomos aguardam a próxima geração de telescópios, baseados em terra ou no espaço, que serão capazes de analisar asa tmosferas de exoplanetas, buscando pelas assinaturas químicas da vida. Oxigênio, por exemplo, na Terra foi produzido pelos primeiros seres fotossintetizantes, portanto sua descoberta em outro mundo pode ser um forte indicador de vida. Fala-se mesmo em detectar compostos como clorofuorcarbonos, que não existem na natureza, com o que se comprovaria além de qualquer dúvida a existência de uma civilização extraterrestre. A NASA mais e mais se movimenta para encontrar vida alienígena nos próximos anos.

Cientista do Hubble afirma que próximo telescópio irá procurar vida extraterrestre

Civilizações extraterrestres podem ser denunciadas por atmosferas exoplanetárias

Civilizações alienígenas podem usar meios de comunicação indetectáveis

Planeta habitável é encontrado próximo a nosso Sistema Solar

Procurando estruturas alienígenas

NASA analisa como astrônomos alienígenas veriam a Terra

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

DVD: Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

crédito: Revista UFO
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

Veja em 50 Anos de Exploração Espacial os momentos mais emocionantes da trajetória da NASA, desde o primeiro homem em órbita até as missões do ônibus espacial. Reveja o incrível vôo de John Glenn na missão Friendship 7, o sucesso da Apollo 11 e os primeiros passos de Neil Armstrong na Lua, as viagens seguintes ao satélite e as operações conjuntas com a nave soviética Soyuz. Conheça a verdadeira razão de não voltarmos mais à Lua e descubra que o destino agora é Marte, Vênus, Júpiter e mundos além do Sistema Solar, e quais são os planos da NASA para alcançá-los.

Já está no ar a Edição 217 da Revista UFO. Aproveite!

Novembro de 2014

A descoberta de novos mundos