DESTAQUE

NASA estuda missão para procurar vida alienígena em lua de Saturno

Por
09 de Janeiro de 2016
Enceladus, em foto da nave Cassini; a lua de Saturno é forte candidato a abrigar vida alienígena no Sistema Solar
Créditos: NASA

A Agência Espacial Norte-Americana (NASA) mantém o Programa Discovery para missões destinadas a outros mundos do Sistema Solar e que sejam focadas em objetivos específicos, além de relativamente baratas. A agência está analisando atualmente diversas propostas, e uma delas pretende investigar se há vida na pequena lua Enceladus de Saturno. Denominada Descobridor de Vida em Enceladus (ELF), a nave poderia ser lançada no final de 2021. A NASA deve anunciar em setembro de 2016 a missão escolhida.

Em 2005 a nave Cassini, em órbita de Saturno, descobriu gêiseres de gelo de água, sais, compostos orgânicos de carbono e outras moléculas sendo lançados do pólo sul de Enceladus, que tem cerca de 500 km de diâmetro. Os cientistas descobriram que as emissões de Enceladus abastecem de material o anel E de Saturno. A incrível descoberta possibilitou elaborar uma missão capaz de colher amostras do oceano subterrâneo de Enceladus sem necessidade de pousar, utilizar uma broca ou derreter gelo na superfície. Basta voar a pouca distância da superfície da Lua a fim de colher amostras, exatamente o propósito da missão ELF. A Cassini passou através das plumas ejetadas diversas vezes, porém não está equipada para detectar evidências de vida.

A missão ELF, pelo contrário, caso seja aprovada pela NASA, irá procurar por evidência de atividade biológica alienígena no material ejetado de Enceladus. A nave terá dois espectrômetros de massa, um para moléculas gasosas, outro para as sólidas. Os dois instrumentos irão analisar aminoácidos, ácidos graxos, metano e outras moléculas. Isso permitirá que os cientistas realizem três testes separados para tentar encontrar vida alienígena. Também será incorporado um instrumento demonstrador de tecnologia, capaz de determinar a quiralidade de aminoácidos. Em toda vida na Terra os aminoácidos funcionam no sentido da esquerda, e uma preferência dessas em uma amostra extraterrestre seria uma indicação concreta de vida alienígena.

BUSCANDO VIDA ALIENÍGENA EM ENCELADUS

Se a NASA aprovar a ELF, que deverá ter um custo ao redor de 450 milhões de dólares, o lançamento poderá acontecer em 2021 por meio de um foguete Atlas V, em uma viagem de nove anos e meio até Saturno. A ELF entrará em órbita do planeta, e voará através das plumas ejetadas de Enceladus cerca de 10 vezes ao longo de três anos, chegando a até 50 km da superfície da lua. Outra inovação será a utilização de paineís de energia solar para o suprimento de energia, pela primeira vez em uma missão tão distante do Sol. Isso é necessário para manter os custos baixos e devido ao pequeno suprimento de plutônio para geradores nucleares. Ao analisar o material emitido pelos mais de 100 gêiseres já descobertos em Enceladus, a ELF pode responder a uma das perguntas mais fundamentais já feitas pela espécie humana.

Visite o site da missão Cassini

Confira um infográfico sobre Enceladus

Assista a um vídeo sobre Enceladus

Misterioso objeto em mar da lua Titã

Cientista chefe da NASA afirma que vida alienígena será encontrada até 2025

Imagem do Pálido Ponto Azul completa 25 anos

Lua de Saturno pode abrigar vida em oceano oculto

Nave Cassini obtém melhores imagens de Encélado

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

DVD: Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

crédito: Revista UFO
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

Veja em 50 Anos de Exploração Espacial os momentos mais emocionantes da trajetória da NASA, desde o primeiro homem em órbita até as missões do ônibus espacial. Reveja o incrível vôo de John Glenn na missão Friendship 7, o sucesso da Apollo 11 e os primeiros passos de Neil Armstrong na Lua, as viagens seguintes ao satélite e as operações conjuntas com a nave soviética Soyuz. Conheça a verdadeira razão de não voltarmos mais à Lua e descubra que o destino agora é Marte, Vênus, Júpiter e mundos além do Sistema Solar, e quais são os planos da NASA para alcançá-los.

Já está no ar a Edição 217 da Revista UFO. Aproveite!

Novembro de 2014

A descoberta de novos mundos