DESTAQUE

Fundador da SpaceX diz que humanos precisam colonizar Marte para sobreviver

Por
18 de Dezembro de 2015
A SpaceX, do empresário Elon Musk, tem planos de colonizar Marte
Créditos: SpaceX

O bilionário Elon Musk é conhecido como magnata, inventor e investidor, tendo sido co-fundador do PayPal, da Tesla Motors, e fundador e principal nome por trás da companhia aeroespacial SpaceX. Esta empresa é uma das duas a ter contrato com a NASA a fim de abastecer a Estação Espacial Internacional, utilizando a nave Dragon e o foguete Falcon 9. Ao contrário dos outros cargueiros espaciais atualmente em operação, a Dragon retorna à Terra e pode ser reutilizada. Sua versatilidade permite que outras utilizações estejam atualmente em fase de conclusão ou de projeto, como uma versão tripulada e outra para ir a Marte.

As declarações de Elon Musk ganharam visibilidade recente quando ele falou no evento da União Americana de Geofísica (AGU), e concedeu uma entrevista à revista GQ. No evento o empresário afirmou que a humanidade não pode demorar em colonizar Marte: "Agora é a primeira vez na história da Terra que a janela está aberta para extender a vida para outro planeta. Essa janela pode permanecer aberta por um longo tempo, assim esperamos, mas também por pouco tempo. Acredito que devemos fazer a vida multiplanetária enquanto podemos". Ter uma presença permanente em Marte pode tornar muito improvável uma súbita extinção da humanidade, conforme Musk defende, e pode trazer significativos avanços em desenvolvimento científico e tecnológico, além de inspirar as pessoas a melhorar a vida na Terra.

O custo das viagens espaciais tem sido um permanente problema. O Falcon 9, como a nave Dragon construído pela própria SpaceX, custa 16 milhões de dólares, e seu combustível somente 200.000. Então um passo necessário é reutilizar os foguetes. A SpaceX já realizou duas tentativas de pousar o primeiro estágio do Falcon 9 em uma plataforma marítima autônoma, ambas mal sucedidas, mas novos testes estão nos planos, após a retomada dos voos depois do acidente em um lançamento em julho passado. Quanto à possibilidade de vida atual em Marte, Musk reconhece que, se de fato existir, sua preservação levantará preocupações quanto à uma possível colonização humana no planeta. Contudo, considera que é mais provável que micróbios marcianos existam no subsolo do planeta, e portanto atividades de colonizadores na superfície teriam pouco ou nenhum impacto nos marcianos.

HUMANIDADE DEVE COLONIZAR OUTROS MUNDOS PARA NÃO SE EXTINGUIR

Na entrevista para a revista GQ, Elon Musk tornou a tocar no assunto da colonização de outros mundos, como forma de garantir que a vida humana não seja erradicada por uma catástrofe cósmica ou outras ameaças. A preocupação com a possibilidade de uma guerra devastadora foi manifestada por ele: "Creio que não podemos deixar de lado a possibilidade de uma Terceira Guerra Mundial. Lembre-se que por volta de 1912 houve declarações deu que uma nova era de paz e prosperidade estava começando, e então aconteceu a Primeira Guerra Mundial. Seguida pela Segunda Guerra Mundial e pela Guerra Fria. Então penso que devemos reconhecer a possibilidade de uma Terceira Guerra Mundial, e se ocorrer será pior do que qualquer coisa que já vimos".

Elon Musk prossegue: "Até mesmo já existem movimentos anti-tecnologia, além de crescimento do extremismo religioso, como o Estado Islâmico". Ele afirma ainda que em breve irá anunciar os planos de sua empresa para colonizar Marte, que descreve somente como: "É realmente grande. Não há nenhuma arquitetura como essa da qual eu saiba. É bem maior do que as pessoas poderiam imaginar". O empresário não foge de polêmicas, como a ideia de utilizar armas nucleares nos polos de Marte, a fim de derreter a água ali presente e elevar as temperaturas do planeta para terraformá-lo. Musk afirma que tal decisão deveria caber aos colonizadores marcianos, e espera que quando estiver por volta de seus cinquenta anos, seja finalmente possível realizar os grandiosos planos de sua empresa. Atualmente Elon Musk está com 44 anos.

Site da SpaceX

Leia a íntegra da entrevista de Elon Musk para a GQ

Infográfico da nave Dragon

Infográfico da versão tripulada da Dragon

Vídeo de uma das tentativas de pousar o foguete Falcon 9 após um de seus lançamentos

A empresa Blue Origin já conseguiu pousar seu foguete New Shepard

NASA anuncia as novas naves espaciais dos Estados Unidos

Nave Orion tem primeiro teste bem-sucedido

Cargueiro espacial Albert Einstein deixa Estação Espacial Internacional

Nave Dragon retorna à Terra após missão

SpaceX revela versão tripulada da nave Dragon

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

DVD: Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

crédito: Revista UFO
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

Veja em 50 Anos de Exploração Espacial os momentos mais emocionantes da trajetória da NASA, desde o primeiro homem em órbita até as missões do ônibus espacial. A série contém ainda detalhes do funcionamento de satélites espiões, do desenvolvimento da Estação Espacial Internacional e da implantação do telescópio Hubble. Conheça a verdadeira razão de não voltarmos mais à Lua e descubra que o destino agora é Marte, Vênus, Júpiter e mundos além do Sistema Solar, e quais são os planos da NASA para alcançá-los.

Já está no ar a Edição 228 da Revista UFO. Aproveite!

Novembro de 2015

O receio é a extinção de nossa espécie