DESTAQUE

Cargueiro espacial Albert Einstein deixa Estação Espacial Internacional

Por
29 de Outubro de 2013
O ATV-4 Albert Einstein quando se aproximava para atracar com a ISS
Créditos: ESA

O Veículo de Transferência Automática (ATV) Albert Einstein, construído e lançado pela Agência Espacial Europeia, desacoplou-se da Estação Espacial Internacional (ISS), em 28 de outubro. No próximo 02 de novembro sairá de órbita e será destruído no atrito com a atmosfera no Oceano Pacífico. Cada ATV, enquanto permanece acoplado à estação, também contribui com seus motores para reposicioná-la em órbita.

Desde 2008 a ESA já lançou quatro ATV e os anteriores foram batizados como Jules Verne, Johannes Kepler, Edoardo Armaldi. Medindo 10,3 por 4,5 m, cada cargueiro pode levar até 7.667 kg para a estação, que além deles tem sido servido pelas Progress russas [versão cargueira não tripulada da Soyuz] e pelos H-II japoneses. A cápsula Dragon, da SpaceX, já realizou duas viagens para a ISS, e recentemente a Cygnus, da empresa Orbital Sciences Corporation, fez seu primeiro voo de testes.

Baseado no ATV a ESA irá produzir o módulo de serviço para a futura nave Orion da NASA. O ATV Jules Verne, comemorando o primeiro voo do veículo, levou para a ISS manuscritos originais do pioneiro da ficção científica. Já o Albert Einstein foi o veículo mais pesado a ser lançado da base da ESA em Kourou, na Guiana Francesa, pesando no total 20.190 kg. O veículo foi lançado em 05 de junho e atracou na ISS no dia 15 do mesmo mês. A ESa tem planos de produzir uma versão tripulada do cargueiro espacial.

Site da ESA sobre as missões dos ATV

Galeria da missão do ATV-4 Albert Einstein

Vídeo da partida do Albert Einstein da ISS

Saiba mais:

Livro: UFOs na Rússia

DVD: Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

crédito: Revista UFO
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

Veja em 50 Anos de Exploração Espacial os momentos mais emocionantes da trajetória da NASA, desde o primeiro homem em órbita até as missões do ônibus espacial. Reveja o incrível vôo de John Glenn na missão Friendship 7, o sucesso da Apollo 11 e os primeiros passos de Neil Armstrong na Lua, as viagens seguintes ao satélite e as operações conjuntas com a nave soviética Soyuz. Conheça a verdadeira razão de não voltarmos mais à Lua e descubra que o destino agora é Marte, Vênus, Júpiter e mundos além do Sistema Solar, e quais são os planos da NASA para alcançá-los.

Já está no ar a Edição 197 da Revista UFO. Aproveite!

Fevereiro de 2013

Um novo gás para a Ufologia