DESTAQUE

Visita e investigação ao município central das mutilações no Ceará

Por
25 de Outubro de 2010
Lagoa onde foram encontradas três vítimas, sem vida. Acesse galeria de fotos, abaixo.
Créditos: CSPU

Uma equipe da TV Jangadeiro, juntamente ao Centro Sobralense de Pesquisa Ufológica (CSPU), visitaram a cidade de Bela Cruz - município que engloba as demais localidades, incluindo Cruz, o foco dos investidas - e região, a fim de apurar e aprofundar aos fatos acontecidos na localidade e seus arredores. Os ufólogos Elenilton Roratto e Jacinto Pereira realizaram estudos iniciais nos animais e ambientes onde exatos 25 exemplares, dentre ovinos, caprinos e um bovino, apareceram sem a região ocular, crueldade feita, segundo os pesquisadores e testemunhas, com instrumentos cirúrgicos. Nos espécimes que ainda não foram sacrificados, percebe-se que o corte para a extração do globo ocular fora realizado com ferramenta muito afiada, tendo inclusive cortado parte do crânio do animal e deixado o fibramento de tecido ósseo exposto.

A maior quantidade de vítimas foi na propriedade de Manuel Messias, 71 anos, próximo a Lagoa dos Espinhos, comunidade distante 10 km do município de Cruz. No sítio, o morador Raimundo Freitas Vasconcelos alega não ter visto e nem ouvido barulho. Segundo ele, por volta da 01h00 da manhã, escutou o latido de seu cachorro, mas foram poucos minutos. Ao levantar-se, às 05h00, percebeu que havia três ovelhas mortas na lagoa, entretanto, ao se aproximar do piquete da criação, percebeu que o estrago e perdas eram maiores. De sua propriedade, Vasconcelos perdeu 15 exemplares e, somando aos de outros vizinhos na região, totalizou 25 reses atacadas de forma não esclarecida.

O CSPU analisou os animais mortos, os que sobreviveram aos ataques e, conforme seu parecer, constatou os cortes nas ovelhas, realizados com instrumentos cortantes de alta precisão. Alguns possuíam ferimentos superficiais na parte lombar, não configurando ataque de predadores como guaxinim, tamanduá, cachorro, raposa, carcará ou até mesmo onça, permanecendo não identificados. Cada um destes tem peculiaridades em seus ataques a outros animais ou presas.

A análise da equipe confirmou também que as vítimas não perderam sangue e não apresentaram aspecto de luta contra os agressores. Isto é, segundo os pesquisadores, um mistério a decifrar, pois não permaneceram vestígios ou provas aparentes no local, mesmo com minuciosa busca na cerca que envolve o pasto - com pequeno espaço entre os arames, dificultando a entrada de predadores - e, pior, as partes extraídas dos animais não foram encontradas.

A área onde as ovelhas estavam é um terreno extenso, de aproximadamente quatro hectares, portanto, pegar animal por animal para arrancar os olhos, demandaria muito tempo e experiência. Este fato intrigou os ufólogos presentes. Como um animal dito irracional teria, além das demais dificuldades, capacidade de saber qual vítima já teria passado pelo processo, e no escuro? A ação seria muito mais dificultosa.

Com relação a rituais satânicos, os estudiosos ousaram descartar a hipótese, pelas mesmas circunstâncias apresentadas anteriormente e também pela comunidade estar distante 10 km da cidade, num município altamente religioso e devoto a São Francisco, que amava os animais. Permanece assim, de início, o mistério ocorrido em Cruz, à luz da ciência. Resta saber realmente o verdadeiro propósito do ocorrido. Certos, os pesquisadores estão apenas de que estes animais passaram por um processo de análise, através de ação racional (inteligente).

Alegar quem cometeu o ato é impossível até o momento, conforme a apuração preliminar dos investigadores, pois não ficaram vestígios para compor provas, em realização e afirmação de suposto acusado. "Resta esperarmos os próximos acontecimentos, a fim de fazermos análises científicas nos animais, sendo estes submetidos a testes e perícia de médicos veterinários para atestar o verdadeiro fato e se, possivelmente, as vítimas possuem algum tipo de radiação ou anomalia química-biológica em seus corpos", destacou Elenilton Roratto, do CSPU.

[Nota da Redação UFO: Temos acompanhado no Portal da Ufologia Brasileira o passo-a-passo do caso das mutilações de caprinos em Cruz e arredores, área distante cerca de 100 Km de Sobral [Esta última sob onda ufológica intensa], graças a colaboração de ufólogos e repórteres regionais, assim como de voluntários, desde o princípio.

O consultor da UFO Paulo Poian, que tem estado atento ao desenrolar destes episódios recentes, mostrou-se surpreso com um detalhe.
"O que mais chamava minha particular atenção era a ausência de avistamentos ufológicos típicos, luzes e objetos voadores não identificados, nesta área sob mutilações de reses. Inclusive, imaginava como possível trunfo na pesquisa este ponto, que poderia significar o não envolvimento do Fenômeno UFO às ocorrências", discorreu Poian.

No entanto, uma reportagem investigativa feita pela
TV Diário, apresentada pelo repórter Júnior Diniz, em companhia do CSPU, esclareceu algumas questões importantes e demonstrou que, na verdade, houve aparições de UFOs, com testemunhas e narrações múltiplas. "Agora, parece que retornamos à estaca zero, pois ali está o fenômeno, agora não tenho dúvida. Inclui-se, automaticamente, à casuística cearense e a onda ufológica que tanto vem incomodando a população daquele Estado", completou o pesquisador Poian]. Assista a matéria:

Já está no ar a Edição 165 da Revista UFO. Aproveite!

Maio de 2010

O lado sinistro da presença extraterrestre no planeta