DESTAQUE

VANT X-47B realiza primeiro pouso em porta-aviões

Por
16 de Julho de 2013
O X-47B realizando o primeiro pouso de um VANT em um porta-aviões
Créditos: Dailytech.com

Veículos Aéreos Não Tripulados (VANTs), têm se popularizado em diversas forças aéreas ao redor do mundo, e muitas empresas estão investindo nessas aeronaves. A Força Aérea Brasileira (FAB), atenta a essa tendência, já possui um esquadrão de VANTs dedicados a missões de reconhecimento e vigilância, o Esquadrão Hórus (1º/12º GAv), sediado em Santa Maria (RS), e utilizando aeronaves israelenses RQ-450. Para a Ufologia a importância fundamental de conhecer e acompanhar o desenvolvimento desses robôs vem do fato de muitos deles possuírem aspecto e características de voo incomuns, e que facilmente podem ser confundidos com UFOs.

Os Estados Unidos sem dúvida são o país mais adiantado na pesquisa dessas aeronaves, e recentemente uma delas, o X-47B produzido pela Northrop Grumman, sem dúvida é o mais avançado em operação atualmente. Duas unidades dele foram construídas como demonstradores tecnológicos, sem perspectivas de entrarem em serviço, mas seu sofisticado conjunto de sensores, incluindo GPS, tornou-o capaz de decolar e pousar de porta-aviões. O programa tem sido conduzido em parceria com a Marinha norte-americana (US Navy).

O X-47B já havia realizado uma decolagem bem sucedida do USS George H. W. Bush em 14 de maio passado, utilizando como de praxe na US Navy o sistema de catapulta do navio. No último 10 de julho, após decolar da Estação Aérea Naval de Patuxent River para um voo de 35 minutos, o drone realizou um pouso bem sucedido no mesmo porta-aviões, sendo parado pelo sistema de cabos no convés, onde a aeronave encaixa um gancho. O sistema também é usual nas aeronaves convencionais da Marinha. Em seguida o X-47B voltou a decolar do navio, e realizou um segundo pouso. Os testes aconteceram no Atlântico, na costa do estado da Virgínia.

Em 11 de julho ocorreu uma falha em um dos três sistemas de navegação a bordo da aeronave, e um terceiro pouso foi cancelado, sendo o robõ conduzido para a base da NASA de Wallops Flight Facility, na Virgínia. Mesmo assim o programa segue em frente, com previsão de testes de reabastecimento em voo e missões de combate simuladas. O X-47B, como dito, é um demonstrador tecnológico que não deve entrar em serviço, e ao contrário de drones como o Predator e Reaper, seu voo é totalmente autônomo. A Marinha norte-americana prepara a realização de um programa para adquirir drones de vigilância e ataque, conhecidos como UClass. Estes não devem substituir as aeronaves convencionais, mas complementá-las, podendo realizar longas missões de vigilância e se necessário disparar suas armas, em cenários perigosos demais para pilotos humanos.

Veja a primeira decolagem do X-47B de um porta-aviões

Confira o primeiro e o segundo pouso embarcados do X-47B

Conheça o Esquadrão Hórus da Força Aérea Brasileira

Norte-americanos confundem aeronave militar com UFO e causam alvoroço na rede

VANT X-47B inicia testes a bordo de porta-aviões

VANT utilizado por jornal confundido com UFO durante protesto

Saiba mais:

Livro: UFOs: Arquivo Confidencial


crédito: Revista UFO
UFOs: Arquivo Confidencial
UFOs: Arquivo Confidencial
Saiba o que há por trás da política de acobertamento do Fenômeno UFO mantida por nossas autoridades. UFOs: Arquivo Confidencial - Um Mergulho na Ufologia Militar Brasileira expõe casos ufológicos de gravidade ocorridos no Brasil, que permanecem até hoje sob sigilo. O livro apresenta detalhes até então desconhecidos de como nossos militares conduziram investigações secretas de incidentes com naves alienígenas no país.

DVD: UFOs: Evidências Definitivas

Já está no ar a Edição 161 da Revista UFO. Aproveite!

Janeiro de 2010

Eles estão de volta, e ainda mais desafiadores