DESTAQUE

Telescópios da NASA observam os objetos mais distantes do Universo

Por
27 de Outubro de 2013
Imagens de quatro dos aglomerados de galáxias usados no projeto Campos de Fronteiras, pelo telescópio Hubble
Créditos: NASA

A Agência Espacial Norte-Americana (NASA) vai usar em conjunto os telescópios espaciais Hubble, Spitzer e Chandra para observar seis imensos aglomerados de galáxias ao longo dos próximos três anos. O projeto é chamado Campos de Fronteiras e deverão ser observadas galáxias formadas poucas centenas de milhões de anos após o início do Universo, o Big Bang, há 13,8 bilhões de anos.

John Grunsfeld, chefe científico da agência, afirma: "O programa Campos de Fronteiras representa exatamente o motivo do desenvolvimento dos Grandes Observatórios da NASA: trabalhar em conjunto para desvendar os mistérios do Universo. Cada observatório irá coletar imagens usando diferentes comprimentos de onda de luz e o resultado será uma melhor compreensão da física desses corpos celestes".

Divisão de tarefas

O Hubble fará observações em luz visível e próximo do infravermelho e ultravioleta. O Spitzer é especializado em visualizar no espectro infravermelho, ao passo que o Chandra trabalha na faixa dos raios-X. O projeto Campos de Fronteiras também utilizará o fenômeno das lentes gravitacionais, no qual a gravidade de um objeto massivo mais próximo amplia a luz emitida por outros mais distantes funciona como uma lente.

As observações utilizarão a gravidade dos seis imensos aglomerados de galáxias, começando com Abell 2744, conhecido como Aglomerado de Pandora, como lentes para aumentar a imagem de galáxias extremamente distantes e apagadas, algumas nunca observadas. O Hubble e o Chandra deverão medir a distância e a massa dessas galáxias, ao passo que o Chandra ajudará os astrônomos a determinar a capacidade das galáxias em funcionar como lentes gravitacionais. Este último instrumento auxiliará também a localizar quais galáxias na imagem de fundo possuem buracos negros supermassivos em seus núcleos.

Número de exoplanetas confirmados supera a marca de 1.000

Localizando sondas alienígenas no Sistema Solar

Saiba mais:

Livro: Contato Final: O Dia do Reencontro

DVD: 50 Anos de Exploração Espacial Parte 2

crédito: Revista UFO
50 Anos de Exploração Espacial Parte 2
50 Anos de Exploração Espacial Parte 2

Esta é a segunda parte de uma coleção memorável de documentários que mostram a história da NASA desde sua fundação até seu 50º aniversário. Ao todo, a coleção contém quase 11 horas de material exclusivo em três DVDs com cerca de 220 minutos cada, com menus claros, rico conteúdo e fácil navegação.

Já está no ar a Edição 190 da Revista UFO. Aproveite!

Julho de 2012

A Ufologia está de luto