DESTAQUE

Novos agroglifos ingleses suscitam interpretações variadas

Por
15 de Agosto de 2014
O agroglifo de Gussage St Andrews, descoberto em 13 de agosto
Créditos: Cropcircle Connector

Prossegue a temporada inglesa de agroglifos, uma das mais intensas dos últimos anos. Um interessante sinal foi descoberto em 13 de agosto em Gussage St Andrews, Dorset. Um hexágono central tem em seu interior três círculos concêntricos, e o conjunto é cercado por outros desenhos, formando duas estrelas de três pontas, segmentos de reta e linhas onduladas.

Uma das interpretações liga o agroglifo ao fenômeno das superluas que tivemos recentemente, nos dias 12 de julho e 10 de agosto, e que se repetirá em 09 de setembro. Isso acontece quando à fase de Lua cheia se soma o fato de o satélite estar no ponto mais próximo de sua órbita ao redor da Terra. Uma interpretação mística alega que o sinal é a representação da chamada merkaba, a flor da vida, em um objeto tridimensional chamado duplo tetraedro. Suas 8 pontas representariam as primeiras oito células, do início da divisão celular de um feto humano.

Outros afirmam que a merkaba é um veículo espiritual que supostamente transporta o espírito a outras dimensões. Já em Green Street, próximo a Avebury em Wiltshire, novamente nas proximidades de sítios arquerológicos dos quais o mais famoso é Stonehenge, foi descoberto outro agroglifo em 15 de agosto. Um círculo externo contorna um outro interno, e dentro deste último encontra-se um desenho similar a uma estrela de seis pontas, com mais dois círculos menores no interior. O espaço entre a figura central e o círculo externo é ocupado por arcos, e entre as interpretações estão aquelas que, como as do desenho anterior, associam o sinal ao fenômeno da superlua.

Assista abaixo a um vídeo do agroglifo de Green Street:



Agroglifo surge em East Sussex próximo a sítio arqueológico

Eles chegaram ao Brasil: Misteriosos agroglífos surgem em Ipuaçu, Santa Catarina

Sai o laudo dos agroglifos de Santa Catarina

Saiba mais:

Livro: O Mistério dos Círculos Ingleses

DVD: Afinal, O Que Se Passa?

crédito: Revista UFO
Afinal, O Que Se Passa?
Afinal, O Que Se Passa?

O fenômeno mundial dos círculos nas plantações visto por uma nova ótica, levando à conclusão indiscutível de que são manifestações de inteligências sobrehumanas. Filmagens fantásticas, recentes e detalhadas dos mais impressionantes círculos encontrados nos últimos anos na Inglaterra e estudos matemáticos e geométricos de seu significado. Muito já foi dito e escrito sobre este mistério, que desafia as mentes mais brilhantes de nosso tempo. Mas este documentário é o primeiro a lançar um "olhar diferente" sobre o cenário dos círculos, no qual a produtora californiana Suzanne Taylor realiza um de seus melhores trabalhos, aclamado pela crítica e premiado mundialmente.

Já está no ar a Edição 182 da Revista UFO. Aproveite!

Outubro de 2011

Círculos que fascinam e causam perplexidade