1
DESTAQUE

Novo trote com UFO, agora no interior de São Paulo

Por
25 de Fevereiro de 2011
Close do objeto
Créditos: henriquebarduco

Praticamente nem terminamos de escapar do hoax mundial sobre o UFO de Jerusalém e, novamente, somos invadidos por outra "nave extraterrestre", inserida estrategicamente em cenas filmadas. Desta vez, o caso veio da cidade de Agudos, região de Bauru, em São Paulo. A partir da manhã desta sexta-feira (25), um boato foi disparado pelos bastidores da Internet e espalhou-se rapidamente provocando a desconfiança imediata natural deste autor, acostumado aos meandros virtuais e deflagrações de marketing viral. Eram imagens oriundas das famigeradas páginas de vídeos, supostamente captadas na Rodovia Marechal Rondon (SP-300), em proximidade do citado município, postadas no dia anterior.

Assista a filmagem, impactante à princípio: Claramente havia algo que não estava "real", desencaixava do panorama total. Tínhamos que investigar a imaginada ocorrência, desde a fonte até o enredo. Apuramos e encontramos as respostas, que repassamos automaticamente à toda Comunidade Ufológica.

O caso

Acessando a página da rádio 94 FM de Bauru, demos início ao conhecimento e pesquisa do possível evento. A notícia, desta sexta-feira (25), apresentava o vídeo e informava que imagens do suposto UFO foram disponibilizadas por um internauta identificado como Henrique Barduco, que moraria no centro de Lençóis Paulista, e dava conta de que o acontecimento supostamente explicaria um tremor de terra sentido por várias pessoas em cidades distintas no dia 08 de fevereiro. Depoimentos de moradores da região confirmariam, inclusive, a aparição de um meteorito nesta última data (dia 08).

Em reportagem da TV Tem, o programa Tem Notícias trouxe matéria interessante - também nesta sexta - sobre fatos apresentados conjuntamente, porém distintos e não relacionados entre si de fato. No entanto, na parte que analisa as imagens, podemos perceber o atestado de montagem, sem engano. Assista ao conteúdo: Separando os acontecimentos

Fato 1. Houve realmente um tipo de tremor mínimo de terra no dia 08, com duração aproximada de poucos segundos, mas descartado como fonte de algum abalo sísmico por departamentos de sismologia da Universidade de Brasília e USP de São Paulo. A desconfiança maior é que poderia se tratar do efeito de um trovão, já que o tempo estava bem nublado.

Fato 2. O vídeo é real - estrada, cenário, céu, veículos, personagens, todos presentes -, foi postado na quinta-feira (24) pelo usuário henriquebarduco, que foi localizado e concedeu entrevista. Ele confirmou que teria recebido de terceiros o conteúdo e inseriu no Youtube, mas não deu absolutamente nenhuma informação sobre o(s) autor(es).

Equívoco 1. A conversa entre a personagem principal, que estava filmando, e a(s) outra(s), que ficaram dentro ou próximas ao carro, demonstra que a situação foi encenada pelo primeiro, ninguém mais viu o objeto, afinal, não estava lá, foi inserido digitalmente depois. O UFO não é real e o contexto nada tem relacionado com o "tremor" do dia 08, já que foi videografado semanas depois.

Equívoco 2. A classificação inicial do pesquisador presente na reportagem, de que se trataria de uma sonda, também não procede. Tal objeto estaria por cima das nuvens (aproximadamente de dois a três quilômetros de altura) e seria um disco voador, grande, e não uma sonda ufológica, que atinge dentro da casuística mundial de poucos centímetros até, no máximo, pouco mais de um metro de diâmetro. Aquilo seria algo gigante e atrairia atenção de motoristas, pedestres e o que mais passasse por ali naquele momento.

Equívoco 3. Luzes e flashes diurnos partindo de UFOs legítimos não fazem parte da casuística.

Equívoco 4. O frame vazio. Na virada dos 00:38 para 00:39 segundos do vídeo, há a falha que coloca a filmagem em xeque absoluto. O cenário real não continha o objeto:

crédito: henriquebarduco
O autor retirou o UFO (animação) na montagem um pouco antes da passagem do caminhão, deixando o frame sem o objeto e comprovando o manuseio digital do vídeo
O autor retirou o UFO (animação) na montagem um pouco antes da passagem do caminhão, deixando o frame sem o objeto e comprovando o manuseio digital do vídeo


crédito: henriquebarduco
A marcação do momento falho da fake
A marcação do momento falho da fake. No instante seguinte, o caminhão passa

Na manhã do sábado (26), o Jornal da Cidade de Bauru trouxe artigo a respeito, no qual o professor Willians Balan, da Universidade Estadual Paulista (UNESP) e pesquisador de imagens em alta definição econtrou ainda mais duas falhas na montagem da película. Ao chegar a um minuto e 12 segundos, quando as luzes começam a aparecer, surgem em frente à nuvem. O objeto estaria atrás, mas a luz aparece na frente. Com a densidade da nuvem, isso não seria possível.

O outro indício da farsa, Balan percebeu ao ampliar a imagem. "Em todos os pontos ocorre a pixealização, ou seja, a imagem fica quadriculada. O mesmo não ocorre na área próxima ao suposto objeto, a pessoa pode ter feito a edição para melhorá-la", completou ele.

Assista a cena parada e analisada dos 00:38 segundos:

Motivações e conclusão

Parece haver duas motivações claras para o hoax [trote]. Primeiro, o sucesso mundial do falso UFO de Jerusalém, que literalmente rodou o mundo no último mês e atingiu milhões de acessos. Em segundo lugar, o fenômeno relatado na região sobre um pseudo tremor de terra, que desencadeou reações adversas entre a população. Aí estava a mistura e momento exato para deflagração do engodo virtual na rede. E estavam conseguindo o intento, a disseminação.

Que os ufólogos, entusiastas, aficcionados e internautas fiquem de prontidão, repassem o esclarecimento para seus amigos e contatos, a fim de barrarmos o espalhamento de mais este viral.

Abaixo, o quadro Detetive Virtual do programa Fantástico, que também avaliou as imagens:

Já está no ar a Edição 57 da Revista UFO. Aproveite!

Janeiro de 2011

ETs: venham de onde vierem, que venham em paz