DESTAQUE

NASA estudou Netuno como ensaio para busca de vida em outros mundos

Por
13 de Maio de 2017
Netuno, em foto obtida em 1989 pela nave Voyager 2
Créditos: NASA

Netuno, com 49.500 km de diâmetro, é o quarto maior planeta de nosso Sistema Solar e o menor de seus gigantes gasosos. Foi visitado uma só vez por um emissário terrestre, no caso a nave Voyager 2 da NASA, que chegou ao ponto de máxima aproximação com esse mundo em 25 de agosto de 1989. Foram caracterizados sua atmosfera, satélites e anéis, e esse distante mundo segue sendo estudado por instrumentos baseados em terra e no espaço. O mais recente estudo envolveu o telescópio espacial Kepler, também da NASA.

Lançado em 07 de março de 2009, o Kepler descobriu milhares de exoplanetas, boa parte deles já confirmados. Após um problema com seus giroscópios de estabilização, o telescópio entrou em sua missão K2 em novembro de 2013, já tendo encontrado outras centenas de planetas extrassolares candidatos. E, de novembro de 2014 a janeiro de 2015, o Kepler foi utilizado para observar Netuno, a fim de obter dados que auxiliem a determinar quais exoplanetas podem ser habitáveis.

O Kepler acompanhou a rotação diária de Netuno, o movimento das nuvens de sua atmosfera e as órbitas de duas de suas luas. A experiência serviu como um ensaio sobre como realizar observações similares em exoplanetas distantes, analisando seus padrões climáticos e ambientes. O Kepler foi capaz de observar a curva de luz refletida por Netuno, caracterizando seus padrões de nuvens. As informações serão de grande auxílio para novos estudos em anãs marrons e exoplanetas, permitindo a determinação de seus padrões atmosféricos por meio da curva de luz. Da mesma forma, o desenvolvimento dessas técnicas permitirão determinar a composição atmosférica de mundos distantes, possibilitando buscar os gases e elementos químicos que são as assinaturas da presença de seres vivos. O artigo descrevendo essas observações foi publicado no The Astronomical Journal.

Leia o artigo descrevendo o experimento feito com o Kepler

O site da NASA mostra como foram as observações com gráficos e vídeos

Telescópio Kepler encontra mais 1.284 planetas alienígenas

Telescópio Kepler flagra explosão de estrela em supernova

Encontrada outra estrela que pode abrigar megaestrutura alienígena

Nave Juno faz sua quarta passagem por Júpiter

Nave Voyager 1 saiu do Sistema Solar

Novo exoplaneta é considerado o melhor lugar para procurar vida alienígena

Exoplaneta próximo tem atmosfera detectada pela primeira vez

Exoplaneta Proxima b pode realmente abrigar vida alienígena

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

DVD: Planetas Alienígenas

crédito: Revista UFO
Planetas Alienígenas
Planetas Alienígenas

A ciência tem comprovado, em um ritmo cada vez maior, que apenas em nossa galáxia existem bilhões de planetas com possibilidade de abrigar vida. Destes, é enorme a quantidade de mundos que podem conter vida inteligente em seus sistemas, sociedades que apenas esperam ser encontradas. Este DVD confirma que o cosmos está repleto de vida inteligente, fazendo ser apenas uma questão de tempo que nós, terrestres, conheçamos nossos semelhantes lá fora. E este conhecimento será transformador para a população mundial.

Já está no ar a Edição 217 da Revista UFO. Aproveite!

Novembro de 2014

A descoberta de novos mundos

UPDATED CACHE