DESTAQUE

Lançada edição de A Guerra dos Mundos com ilustrações de artista brasileiro

Por
08 de Junho de 2016
Um marciano emerge de seu casulo, em arte do brasileiro Henrique Alvin Corrêa
Créditos: Arquivo

A Guerra dos Mundos, publicada originalmente em 1898, é uma das obras mais conhecidas do pioneiro da ficção científica H. G. Wells. Ao contrário de seu contemporâneo Julio Verne, que prezava a absoluta exatidão da ciência apresentada em suas obras, Wells não mergulhava a fundo nos conceitos científicos, que eram mencionados superficialmente como pano de fundo de suas tramas. Seu interesse era debater a situação da sociedade e muitos são os estudiosos que defendem ser nessa época o nascimento das duas grandes vertentes da ficção científica. De um lado a F.C. Hard, seguindo rigorosamente os preceitos científicos, e de outro a F.C. Soft, com menos rigidez na apresentação da ciência envolvida e mais voltada à crítica social.

Muitos apontam que A Guerra dos Mundos é uma analogia à queda do Império Britânico, narrando a invasão de marcianos contra nosso planeta. Os invasores chegam em estranhos meteoros, que se abrem e expõem ao mundo as letais máquinas marcianas ou trípodes. As forças militares terrestres nada podem fazer contra seus raios de calor e sua tecnologia muito superior, e cidade após cidade vai caindo diante da irresistível marcha dos marcianos. Finalmente, estes são por fim derrotados pelos germes terrestres. O livro tem sido sucesso absoluto desde então e um dos fatos mais importantes e menos conhecidos a respeito são as belas ilustrações feitas para uma edição de luxo de 1906, obra do artista brasileiro Henrique Alvin Corrêa.

Como sua família era monarquista, Corrêa mudou-se com eles para a Europa, dedicando-se ao desenho. Após ler o livro de Wells trocou correspondência com o autor, que imediatamente encantou-se com suas ilustrações. Assim, em 1906, era publicada uma edição de luxo na Bélgica. Aqui no Brasil, em meados dos anos 70, a editora Nova Fronteira publicou uma edição com a arte de Alvin Corrêa, hoje uma raridade disputada por colecionadores. Neste mês, para comemorar os 150 anos de nascimento de H. G. Wells (1866/1946), a editora Suma das Letras acaba de lançar uma edição comemorativa, trazendo as belas ilustrações de Henrique Alvin Corrêa.

crédito: Suma das Letras
Capa da nova edição nacional de A Guerra dos Mundos
Capa da nova edição nacional de A Guerra dos Mundos

EDIÇÃO COMEMORATIVA

A edição conta com prefácio de Bráulio Tavares, conhecido autor da Ficção Científica Brasileira (FCB), e um epílogo com uma entrevista realizada em 1940 com o próprio H. G. Wells e o cineasta e ator Orson Welles, transmitida originalmente pela rádio KTSA. Os dois conversam sobre vários temas, incluindo o filme Cidadão Kane de Welles, que estava em produção na época, e a famosa adaptação radiofônica de A Guerra dos Mundos, feita em 1938 e que levou milhares de pessoas a acreditar que o mundo estava de fato sendo invadido pelos marcianos. O livro está disponível nas livrarias e no site da Suma das Letras.

crédito: Charles Beresford
H. G. Wells, pioneiro da ficção científica, em foto de 1920
H. G. Wells, pioneiro da ficção científica, em foto de 1920

Saiba mais sobre a edição de A Guerra dos Mundos no site da Suma das Letras

Confira Além da Guerra dos Mundos, episódio da série Arquivos Extraterrestres

Confira a arte de Henrique Alvin Corrêa para A Guerra dos Mundos

A Ficção Científica Brasileira e a Ufologia

Transmissão histórica de A Guerra dos Mundos completa 75 anos

Viagens espaciais na ficção podem ser mais do que fantasia

Filme de curta metragem recria invasão alienígena de Los Angeles em 1942

Cientistas afirmam que civilizações alienígenas avançadas já existiram

Saiba mais:

Livro: Quedas de UFOs II

crédito: Revista UFO
Quedas de UFOs II
Quedas de UFOs II

Quedas de UFOs II deixará o leitor perplexo ao mostrar casos de acidentes de discos voadores em vários lugares do mundo, muitas vezes com resgate de seus tripulantes, com e sem vida, geralmente por militares que se incumbem de seu acobertamento. Alguns episódios são extremamente interessantes, como os casos Varginha, Roswell e Coyame, detalhadamente estudados nesta obra, entre muitos outros igualmente relevantes.

DVD: Buscando Vida Fora da Terra

Já está no ar a Edição 36 da Revista UFO. Aproveite!

Setembro de 2005

Ficção Científica e Ufologia: até que ponto uma influencia a outra?