DESTAQUE

Cientista sênior do Vaticano afirma que ficaria feliz em batizar ETs

Por
18 de Setembro de 2010
Guy Consolmagno
Créditos: Vatican Observatory

Um dos astrônomos do Papa Bento XVI disse que os alienígenas inteligentes que podem estar vivendo nas estrelas distantes da Terra, provavelmente, teriam almas. Guy Consolmagno admitiu que as chances de se comunicar com outras formas de vida são pequenas, mas afirmou que ficaria feliz se pudesse "batizar ETs". As informações são do jornal britânico Daily Mail.

Em entrevista no Festival Britânico de Ciência, em Birmingham, Consolmagno disse que sentiria-se encantado se encontrasse vida inteligente em outros planetas. "Só se eles pedissem", respondeu o cientista quando perguntado se batizaria um ET. Enquanto atendia a imprensa, também se mostrou contrário ao criacionismo, além de afirmar que o relançamento do design inteligente - polêmica teoria de que só Deus pode explicar as lacunas da evolução - é uma "má teologia".

Apesar de a Igreja Católica ter dado apoio e financiamento à ciência durante séculos, ele confessou ser fã de ficção científica e que acredita na existência de extraterrestres. O astrônomo faz parte de uma equipe de 12 pesquisadores que trabalha para o Vaticano.

Saiba mais:

O conhecimento do Vaticano sobre os ETs

O Vaticano sempre esteve de olho nos UFOs

O Vaticano diz sim

Já está no ar a Edição 143 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2008

A UFO de junho chega às bancas com novidades