DESTAQUE

Argentina acaba de confirmar decisão de criar comissão oficial de pesquisa ufológica

Por
29 de Dezembro de 2010
Equipe estaria em processo de formação
Créditos: Exequiel Martínez

Segundo as agências de notícias AFP e Terra, um porta-voz da Força Aérea Argentina (FAA) teria confirmado nesta quarta-feira (29) a decisão de criar uma comissão para registrar e investigar denúncias de aparecimentos de objetos voadores não identificados no espaço aéreo do país.

Outro militar, comodoro Guillermo Tealdi, havia dado sinais desta iniciativa no dia 22, nos bastidores de matéria televisiva.

"A Comissão de Investigação de Fenômenos Aeroespaciais está em processo de formação", disse o capitão Mariano Mohaupt, assessor de imprensa da FAA. Ele confirmou que a Força já tem registro de experiências vividas por alguns de seus pilotos e que não puderam ser explicados, mas "agora dá as cartas no assunto de um ponto de vista formal, profissional, que contribui para a sua própria missão, que é o controle do espaço aéreo".

A equipe será interdisciplinar, com meteorologistas, controladores de vôo, pilotos e especialistas em radares, e será a receptora das denúncias feitas pelos cidadãos sobre fenômenos observados no espaço. "Há muitíssimas denúncias que depois acabam se esclarecendo e ocorre que não se trata de fatos não convencionais", explicou Mohaupt.

Organizações deste tipo já existem em outros países do Cone Sul, como o Uruguai com a Comissão Receptadora e Investigadora de Denúncias de Objetos Voadores Não Identificados (Cridovni), o Peru na Oficina de Investigações de Fenômenos Aéreos Anômalos (OIFAA), como também Chile e o Comitê de Estudos de Fenômenos Aéreos Anômalos (CEFAA).

Aqui no Brasil, ainda nos anos 60, o Sistema de Investigação de Objetos Aéreos Não Identificados (Sioani) em São Paulo realizava este trabalho. Arquivos do Sioani podem ser baixados aqui no Portal da Ufologia Brasileira, no endereço: http://ufo.com.br/documentos/novos/. Organograma e detalhamento da Central de Investigação de Objetos Aéreos Não Identificados (Cioani) também estão disponíveis.

A Comissão Brasileira de Ufólogos (CBU) possui propostas de reativação oficial ao extinto Sioani, em parceria entre Aeronáutica e pesquisadores interdisciplinares.

Em agosto, o Brasil anunciou que o aparecimento de UFOs no espaço aéreo do país será oficialmente registrado pelo Comando da Aeronáutica.

As autoridades instaram aos pilotos de aviões civis e militares, bem como os controladores do tráfego aéreo nacional, para que relatem suas experiências ao organismo e também enviem provas documentais sobre UFOs.

Já está no ar a Edição 171 da Revista UFO. Aproveite!

Novembro de 2010

Há humanos escolhidos por extraterrestres?