DESTAQUE

Ainda a celeuma a respeito de sons estranhos nos céus

Por
01 de Novembro de 2012
A criatura do filme Cloverfield produz um som cuja semelhança com aqueles gravados ao redor do mundo é muito suspeita
Créditos: Paramount Pictures

Desde o começo de 2012 a Internet foi tomada por discussões, vídeos e textos a respeito de estranhos sons que teriam sido gravados ao redor do mundo. Evidentemente, diante de todo o clima de final dos tempos irresponsavelmente espalhado por quem defende a suposta profecia maia, várias pessoas chegam até a afirmar que se trata de sinais do apocalipse.

Os vídeos a respeito podem ser facilmente encontrados no site You Tube e similares, bastando procurar por strange sounds ou mesmo sons estranhos em português. Normalmente se vê um cenário natural ou metropolitano que subitamente é tomado por um ruído forte e profundo. Um fator interessante é que alguns consultores e membros da Equipe UFO igualmente afirmaram ter ouvido alguns ruídos estranhos, em diversas localidades e horários ao longo do dia.

Talvez as pessoas estivessem de alguma forma sugestionadas pela grande onda de vídeos e relatos, e passaram a ficar mais atentos, ficando impressionadas com ruídos diferentes que são comuns, mas aos quais nunca prestaram atenção? Pode ser essa uma das explicações? Em cidades muito populosas, por exemplo em São Paulo, é extremamente comum existirem inúmeros canteiros de obras, evidentemente com toda classe de ruídos a elas associados. Poderia isso explicar alguns dos ruídos?

Algo que imediatamente descobrimos na absoluta maioria dos vídeos postados na Internet: especialmente naqueles que anunciam sons estranhos gravados em cidades, se ouve o tal som, mas não aparece qualquer pessoa nas janelas dos prédios, nem ninguém nas ruas para verificar do que se trata! Extremamente suspeito sem dúvida.

O fato é que, além de certamente a maioria absoluta dos vídeos serem falsos, produzidos graças a imensa quantidade de programas de edição facilmente disponíveis, existem poucas explicações. Em uma delas, neste vídeo, o cientista Jean-Pierre St. Maurice atribui os ruídos a um som natural, ligado a ondas eletromagnéticas emitidas por auroras ou pelos próprios cinturões de radiação que cercam a Terra. Outras possíveis explicações estão ligadas a fenômenos geológicos, tais como vulcões ou movimentos tectônicos.

Outros divulgadores de idéias absurdas afirmam que seria o famigerado HAARP, e se pode até mesmo encontrar vídeos no You Tube alegando que o Brasil estaria sendo atacado. Alguns afirmam mesmo que esse dispositivo, situado no estado norte-americano do Alasca, é responsável por terremotos e furacões, o que evidentemente é impossível. O terremoto no Haiti, por exemplo, liberou uma energia incomparavelmente maior que todo o arsenal nuclear mundial, algo que está muito além da tecnologia atual conseguir reproduzir. E as recentes notícias a respeito da tempestade Sandy no nordeste norte-americano deixam muito claro que existem forças naturais que superam em muito qualquer coisa que os humanos possam criar.

O HAARP [Programa de Investigação de Aurora Ativa de Alta Frequência] destina-se a investigar como transmissões de ondas de rádio se propagam na ionosfera, o que pode beneficiar as telecomunicações. É uma parceria entre a Marinha e Força Aérea Norte-Americanas com a Universidade do Alasca, e foi instalado ali devido ao fato de a camada atmosférica sobre o estado ser instável, e claro, pela distância em relação a cidades, eliminando interferências.

Voltando aos estranhos sons, em um post em seu blog o consultor Paulo Poian divulgou o achado do blogueiro Rogério Godoy. Este utilizou programas de edição tais como o Cool Edit e After Effects, comprovando como é muito fácil mixar imagens com sons por meios facilmente disponíveis na Internet. Certamente todos se lembram dos UFOs do Haiti, um vídeo realizado como teste para uma produção de ficção científica que os crédulos e ingênuos ainda hoje tomam como autêntico.

Outro aspecto que imediatamente chama a atenção é a suspeita semelhança de muitos sons a de filmes, especialmente de monstros. Um exemplo é Cloverfield [Paramount Pictures 2008], e outro o famoso Monstro de Marshmallow de Caça-Fantasmas [columbia Pictures 1984]. E neste site as fraudes podem ter sido definitivamente desmascaradas, onde o webmaster afirma que o primeiro vídeo com som estranho foi postado no You Tube em agosto de 2011. Depois de uma análise ficou claro que o ruído é exatamente o mesmo que o do filme Red State [Seita Mortal, The Harley Boys, 2011], cuja ação se passa no interior dos Estados Unidos, quando adolescentes são enganados para se incorporarem a uma seita fundamentalista.

crédito: Strangesounds.org
Mapa indicando locais onde supostamente os sons foram ouvidos
Mapa indicando locais onde supostamente os sons foram ouvidos

O caso dos sons estranhos ouvidos e gravados ao redor do mundo ainda não foi completamente esclarecido, mas tudo aponta para o fato de que a maioria absoluta dos vídeos se resumirem a fraudes. Programas de edição, como já exposto, são facilmente acessíveis, e o fenômeno dos virais na Internet comprova que basta uma matéria se tornar popular para se espalhar sem controle. Também todo cuidado é pouco com filmagens vistas no You Tube, que jamais podem ser tomadas como verdade sem pelo menos uma análise extremamente cuidadosa.

Saiba mais:

Livro: Contatados

DVD: Fastwalker

Já está no ar a Edição 163 da Revista UFO. Aproveite!

Março de 2010

As ferramentas da ciência também servem à Ufologia