DESTAQUE

Winston Churchill ordenou uma investigação sobre os UFOs

Por
02 de Agosto de 2016
O primeiro ministro Winston Churchill era profundamente interessado na questão ufológica
Créditos: Arquivo

O envolvimento do primeiro ministro britânico Winston Churchill, que comandou o governo do Reino Unido entre 1940 e 1945, e novamente de 1951 a 1955, tem sido objeto de muita especulação no meio ufológico. Em recente reportagem, o veículo Daily Star aponta que Churchill manifestou grande preocupação quando, em 1952, chegaram ao conhecimento público vários casos impactantes de avistamentos ufológicos, incluindo o famoso incidente em Washington. Esta ocorrência foi muito significativa por envolver objetos desconhecidos passando sobre a Casa Branca, além do envio de caças interceptadores e detecção por radar.

Winston Churchill determinou então a seu secretário do ar, Lord Cherwell, que uma investigação fosse realizada. No memorando enviado, o primeiro ministro escreveu: "O que é isso sobre os discos voadores? O que significa? Qual é a verdade? Prepare um relatório quando for conveniente". Cherwell, amigo próximo e confidente de Churchill, formou um Grupo de Trabalho para investigar a questão. A conclusão foi de que eram mais prováveis explicações convencionais, como aeronaves comuns, balões, pássaros ou outros fenômenos naturais, ilusões de ótica, farsas ou ilusões. Entretando, o Grupo de Trabalho alertou que era impossível colocar de lado a possibilidade de os UFOs serem "veículos de origem extraterrestre, desenvolvidos por seres desconhecidos para nós e com conhecimentos mais avançados do que qualquer coisa que já tenhamos imaginado", nas palavras do relatório.

Os pesquisadores David Clarke e Andy Roberts, em artigo para a UFO Magazine em 2003, analisaram os relatórios da Real Força Aérea (RAF) descrevendo os avistamentos de objetos desconhecidos na Segunda Guerra Mundial. Os Aliados atribuíram tais intrusos, apelidados de foo-fighters, a armas secretas da Alemanha nazista, porém os alemães tiveram encontros semelhantes, e igualmente os consideravam um segredo tecnológico de seus inimigos. A matéria do Daily Star ainda aponta que o primeiro ministro, ainda durante a guerra, teria ordenado sigilo quanto ao avistamento da tripulação de uma aeronave de reconhecimento. Em 1999 o neto de um oficial da RAF que teria sido guarda-costas de Churchill requisitou ao Ministério da Defesa Britânico (MoD), documentos a respeito desse incidente. Alegadamente, o órgão teria destruído toda a documentação a respeito produzida antes de 1967, mas há quem afirme que os registros ainda existem.

TEMOR DE PÂNICO EM MASSA

crédito: Arquivo
O memorando de Winston Churchill pedindo uma investigação a respeito dos UFOs
O memorando de Winston Churchill pedindo uma investigação a respeito dos UFOs

O caso descrito pelo falecido guarda-costas aconteceu após uma missão sobre a Europa ocupada durante a guerra. No voo de retorno, a tripulação teria obtido fotos de um objeto metálico desconhecido sobre a região de Cumbria, e Winston Churchill, após tomar conhecimento do fato, ordenou que toda informação a respeito fosse classificada e mantida em sigilo por pelo menos 50 anos, e sua liberação deveria ocorrer somente após uma revisão e aprovação de quem estivesse no cargo de primeiro ministro. De acordo com o relato do guarda-costas Churchill, que era cristão, temia as implicações sociais das informações, que poderia desestabilizar a fé de boa parte da população. O primeiro ministro teria afirmado: "Este evento deve ser imediatamente classificado, pois pode criar pânico em massa na população em geral, e destruir a fé na Igreja. O MoD recentemente encerrou o setor de investigação ufológica e liberou milhares de páginas de documentos, sob a acusação de que material realmente significativo ainda é mantido em segredo. Rumores dão conta de que neste ano haverá mais uma liberação de informações.

crédito: Arquivo
A resposta do Grupo de Trabalho ao primeiro ministro
A resposta do Grupo de Trabalho ao primeiro ministro

Leia uma matéria na ABC News sobre Churchill ter ordenado o acobertamento

Confira um guia para consultas aos arquivos britânicos

Visite os Arquivos Nacionais da Grâ-Bretanha

Há relação entre aviões secretos e tecnologia extraterrestre?

Nick Pope fala sobre seu trabalho com UFOs para a BBC

Ministério da Defesa Britânico acusado de acobertamento

Ministério da Defesa britânico questionado sobre caso ocorrido em 1977

Ministério da Defesa Britânico ainda mantém arquivos ufológicos secretos

UFOs apareceram em Bentwaters meses antes de caso principal

Especialistas estão pessimistas quanto à abertura prometida por Hillary Clinton

Saiba mais:

Livro: MIB: Os Verdadeiros Homens de Preto

crédito: Revista UFO
MIB: Os Verdadeiros Homens de Preto
MIB: Os Verdadeiros Homens de Preto

Há um mistério que acompanha a Ufologia desde o início da Era Moderna dos Discos Voadores, em 1947, e que ainda resta ser decifrado. São os chamados homens de preto, também conhecidos como MIBs, do inglês men in black. Eles vêm há décadas surgindo em cenários de ocorrências ufológicas, muitas vezes apenas observando e noutras abordando com energia tanto testemunhas quanto pesquisadores destes fatos. MIB: Os Verdadeiros Homens de Preto disseca o assunto como nenhuma obra antes, e o faz sob o comando de um dos maiores especialistas no tema em todo o mundo, o ufólogo inglês naturalizado norte-americano Nick Redfern.

DVD: UFOs nos Arquivos Secretos

Já está no ar a Edição 230 da Revista UFO. Aproveite!

Janeiro de 2016

O que os militares ainda escondem?

UPDATED CACHE