DESTAQUE

Telescópio caçador de planetas da NASA segue em desenvolvimento

Por
10 de Novembro de 2014
O telescópio TESS, que a partir de 2017 deverá descobrir milhares de mundos alienígenas
Créditos: NASA

A NASA acaba de confirmar que o telescópio espacial TESS (sigla para Satélite Explorador de Trânsito de Exoplanetas), está liberado para a fase de desenvolvimento. Em 2015 haverá uma revisão completa no projeto e, se aprovada, a nave segue para construção, com o objetivo de ser lançada em 2017. TESS será a primeira missão caçadora de planetas alienígenas a explorar todo o céu, nos hemisférios norte e sul, ao longo de pelo menos três anos.

Utilizando o método do trânsito, ao observar a passagem de um planeta diante de seu sol, o TESS terá seus achados monitorados por outros telescópios, baseados em terra. A expectativa é encontrar mais de 5.000 exoplanetas, incluindo ao menos 50 com tamanhos similares ao da Terra. Enquanto o Kepler se concentrou em somente um setor da galáxia, nas constelações de Cyrgnus, Lyra e Draco, o TESS, por explorar todo o céu, poderá inclusive detectar planetas ao redor de estrelas muito mais próximas do Sistema Solar.

Após o TESS localizar esses mundos alienígenas e determinar seus tamanhos, telescópios baseados em Terra e outros no espaço, como o James Webb (planejado para lançamento em outubro de 2018), realizou mais observações sobre os melhores candidatos a serem habitáveis. Assim, a densidade e outras características desses mundos poderão ser conhecidas. A expectativa é que a missão descubra milhares de novos exoplanetas em um raio de 200 anos-luz da Terra. O gerente de projeto do TESS, Jeff Volosin, do Centro Goddard de Voo Espacial da NASA, afirmou: "Seguindo os dados que o TESS irá obter, o James Webb e outros instrumentos poderão analisar as atmosferas e superfícies desses mundos distantes, e possivelmente identificando os primeiros sinais de vida além de nosso Sistema Solar".

Visite o site do TESS

Visite o site do James Webb

Obtida a melhor imagem de um sistema planetário em formação

Número de exoplanetas confirmados supera a marca de 1.000

Telescópio Kepler tem nova missão aprovada

Encontrada a primeira Terra alienígena

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

crédito: Revista UFO
Dossiê Cometa
Dossiê Cometa

O Dossiê Cometa é o relatório da entidade homônima francesa – o Comitê Cometa – que analisou as evidências mais marcantes da atuação de ETs em nosso planeta, através de avistamentos e aterrissagens de UFOs que se prolongam há milênios e dos contatos com seus tripulantes. O documento foi entregue ao primeiro ministro francês e a outras autoridades mundiais, com uma séria advertência: devemos estar preparados para grandes transformações em nossa cultura, ciência e religião, pois em pouco tempo os UFOs causarão grande impacto em nossas vidas.

DVD: Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

Já está no ar a Edição 217 da Revista UFO. Aproveite!

Novembro de 2014

A descoberta de novos mundos