DESTAQUE

Sonda chinesa Chang´e 3 pousa na Lua

Por
18 de Dezembro de 2013
O rover Yutu roda na superfície lunar após o pouso da sonda Chang´e 3
Créditos: Agência Espacial Chinesa

No sábado, 14 de dezembro de 2013, a sonda lunar chinesa Chang´e 3 realizou um bem-sucedido pouso na superfície da Lua, tornando a China a terceira nação a conseguir tal feito, após a antiga União Soviética e os Estados Unidos. A nave pousou suavemente na Sinus Iridum, região conhecida também como Baía do Arco-Íris. A nave havia sido lançada no último dia 02 de dezembro.

Horas após o pouso, o rover Yutu foi preparado para descer ao solo lunar. Seus painéis solares e o mastro com instrumentos foram desdobrados, e um cabo ligando-o à Chang´e 3 foi cortado. A seguir as rampas foram descidas até a superfície e o robô começou a rodar. A sinur Iridum se localiza ao norte do Mare Imbrium, no hemisfério norte da Lua.

Pesando uma tonelada, a Chang´e 3 pousou automaticamente sustentada por foguetes, tornando-se o primeiro veículo na superfície lunar desde a sonda soviética Luna 24, em 1976. Após pairar a cerca de 100 metros de altura, buscando um local seguro para descer, os foguetes foram desacelerados e a nave realizou um pouso suave.

AMBICIOSOS PLANOS ESPACIAIS CHINESES

Tanto o rover quanto a sonda possuem instrumentos e câmeras, e já fotografaram um ao outro, sendo projetados para funcionar por 12 meses. Como o Yutu pesa somente 140 kg, houve especulações de que a Chang´e 3, de uma tonelada, seja um protótipo para missões mais ambiciosas até a Lua, podendo carregar uma grande variedade de equipamento até o satélite. O rover Yutu pode afastar-se até 10 km da sonda e tem um radar montado no dorso a fim de explorar o subterrâneo do solo lunar.

A missão recebeu o apoio da rede de estações de rastreamento da Agência Espacial Europeia (ESA) e os cumprimentos aos chineses pelo feito chegaram de várias fontes, incluindo a NASA. Diante da missão Yutu e Chang´e 3, especialistas afirmam que os planos de retorno da agência norte-americana à Lua podem ser acelerados, bem como representar um incentivo a empresas privadas como a Moon Express, que nos Estados Unidos desenvolve planos de uma missão de pouso lunar.

Fotos da missão Chang´e 3 e Yutu

Infográfico do primeiro pouso lunar chinês

Vídeo do pouso e do rover Yutu descendo á superfície da Lua

Lançada primeira missão chinesa para pouso lunar

Filme Apollo 18 trará mais teorias fantasiosas

Saiba mais:

Livro: Terra Vigiada

DVD: Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

crédito: Revista UFO
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

Veja em 50 Anos de Exploração Espacial os momentos mais emocionantes da trajetória da NASA, desde o primeiro homem em órbita até as missões do ônibus espacial. A série contém ainda detalhes do funcionamento de satélites espiões, do desenvolvimento da Estação Espacial Internacional e da implantação do telescópio Hubble. Conheça a verdadeira razão de não voltarmos mais à Lua e descubra que o destino agora é Marte, Vênus, Júpiter e mundos além do Sistema Solar, e quais são os planos da NASA para alcançá-los.

Já está no ar a Edição 206 da Revista UFO. Aproveite!

Dezembro de 2013

Somos vigiados por seres extraterrestres?