DESTAQUE

Rover da NASA pode ter encontrado assinaturas da vida em Marte

Por
26 de Novembro de 2016
Panorâmica de Home Plate em Marte, onde o rover Spirit pode ter encontrado evidências de vida alienígena
Créditos: NASA

O rover Spirit da NASA parou de se comunicar com a Terra em março de 2010, e em maio do ano seguinte a agência espacial anunciou o final de sua missão. Contudo, os extraordinários resultados que obtive continuam sendo analisados até hoje. O Spirit chegou a Marte em janeiro de 2004, algumas semanas antes que seu gêmeo Opportunity que segue sua exploração do Planeta Vermelho. Agora, cientistas da Arizona State University (ASU) realizaram comparações entre os achados do Spirit na região conhecida como Home Plate e uma região rica em gêiseres no norte do Chile chamada El Tatio.

O artigo dos cientistas, com o título Depósitos de sílica em Marte com formações semelhantes à bioassinaturas hidrotermais em El Tatio no Chile, foi publicado no periódico Nature. O trabalho de campo no Chile, a cargo de Steven Ruff e Jack Farmer da Escola da Terra e Exploração Espacial da ASU, mostrou que estruturas em forma de nódulos em El Tatio são muito parecidas aquelas encontradas pelo Spirit em Marte, em locais reconhecidamente de depósitos sedimentares. No estudo os cientistas escreveram: "Embora processos não biológicos não possam ser descartados no caso das estruturas de sílica em Marte, eles satisfazem as definições de potenciais bioassinaturas".

O Spirit encontrou em suas explorações na Cratera Gusev afloramentos de regolito e sílica opalina (SiO2nH2O) em um antigo sistema vulcânico hidrotermal. A comparação com El Tatio faz sentido, uma vez que esse local no Chile combina elevada altitude, alta taxa de evaporação anual, baixas temperaturas e alta irradiação ultravioleta, tornando-o um ambiente muito similar ao marciano. O trabalho publicado na Nature demonstra como os depósitos de estruturas de sílica relacionadas à ação de organismos vivos são muito semelhantes aos observados na região de Home Plate, em Marte, pelo Spirit, e Ruff e Farmer escreveram: "As similaridades levantam a possibilidade de que as estruturas de sílica marcianas se formaram de maneira comparável". Ou seja, na presença de vida.

CRESCEM AS EVIDÊNCIAS DA PRESENÇA DE VIDA EM MARTE

crédito: ASU/Ruff & Farmer
A esquerda fotos do Spirit em Marte, a direita da região de El Tatio no Chile, evidenciando sua grande semelhança
A esquerda fotos do Spirit em Marte, a direita da região de El Tatio no Chile, evidenciando sua grande semelhança

A definição de uma potencial bioassinatura, conforme estipulado pela equipe de ciências da NASA, apontam o seguinte: “Um objeto, substância ou padrão que talvez possua origem biológica e assim incentive os pesquisadores a reunir mais dados antes de chegar a conclusões quanto à ausência ou presença de vida”. Ruff e Farmer escreveram: "Como não podemos nem provar nem desprovar uma origem biológica para as estruturas de sílica em Home Plate, elas constituem uma potencial bioassinatura de acordo com essa definição". Eles chegam a sugerir uma nova missão a esse local de Marte, com instrumentação capaz de fazer uma análise microscópica das estruturas de sílica. Porém completam que uma evidência inquestionável talvez somente possa ser encontrada com o envio de amostras para a Terra, a fim de que uma análise nos melhores laboratórios de nosso planeta possa chegar a uma conclusão definitiva sobre a presença de vida em Marte.

Site oficial da missão de Opportunity e Spirit

A primeira maratona extraterrestre

Leia o estudo na Nature

Rover Opportunity investiga local habitável em Marte

NASA comemora dez anos dos primeiros rovers em Marte

NASA aprova missão estendida para a New Horizons e outras expedições

Rover Opportunity quebra recorde de distância em outro mundo

Mistério da rocha marciana desvendado

Opportunity encontra novas evidências de que Marte pode ter abrigado vida

Comprovação de água líquida fluindo em Marte aumenta as possibilidades de vida

Marte teve condições de abrigar vida

O rover Curiosity visitará pela primeira vez dunas extraterrestres

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

DVD: Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

crédito: Revista UFO
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

Veja em 50 Anos de Exploração Espacial os momentos mais emocionantes da trajetória da NASA, desde o primeiro homem em órbita até as missões do ônibus espacial. Reveja o incrível voo de John Glenn na missão Friendship 7, o sucesso da Apollo 11 e os primeiros passos de Neil Armstrong na Lua, as viagens seguintes ao satélite e as operações conjuntas com a nave soviética Soyuz. Conheça a verdadeira razão de não voltarmos mais à Lua e descubra que o destino agora é Marte, Vênus, Júpiter e mundos além do Sistema Solar, e quais são os planos da NASA para alcançá-los.

Já está no ar a Edição 203 da Revista UFO. Aproveite!

Agosto de 2013

O todo é maior do que a soma das partes

UPDATED CACHE