DESTAQUE

Revelação de imagens de suposto alienígena tem pouca repercussão

Por
06 de Maio de 2015
Imagem do alegado alienígena
Créditos: Arquivo

Várias horas após o evento na Cidade do México que revelou os slides que os organizadores alegam serem do cadáver de um alienígena do Caso Roswell, de 1947, há pouquíssima repercussão na imprensa em geral e na internet. Mesmo sites ufologicos de boa reputação publicaram somente notas menores a respeito, a maioria colocando sérias dúvidas quanto às imagens e aos organizadores do evento. O portal da Rede Bandeirantes foi um dos poucos que publicou uma curta nota a respeito.

Seria de se esperar que o grupo responsável pela divulgação dos slides, após o evento, enviasse algum tipo de material para as principais publicações ufológicas do mundo. Sequer isso foi feito. O site do jornal Mirror, da Inglaterra, publicou uma nota criticando em termos duros o evento. Entre outras coisas aponta que o atual proprietário das imagens, o ex-jornalista Adam Dew, recusou-se a dar entrevistas a veículos da imprensa alegando que estes não ofereciam qualquer compensação financeira. Dew teria encontrado a coleção de slides, da qual faria parte o do alegado alienígena, em uma casa no estado norte-americano do Arizona, pertencente ao geólogo Bernard Ray e sua esposa Hilda Ray, ambos falecidos.

O Mirror destacou os vinte anos da fraude perpetrada por Ray Santilli, o autor do famigerado filme da autópsia do alienígena, e lembrou que o nome de código do boneco preparado por sua equipe era Hilda, o mesmo da antiga proprietária dos slides. O jornal também conversou com Nick Pope, antigo funcionário responsável pelo Projeto UFO do Ministério da Defesa Britânico (MoD), que disse: "Estou espantado. Poderia ser um modelo, ou uma imagem falsa, preparada para se parecer com uma foto obtida nos anos 40. As motivações para uma fraude são complexas. Algumas são somente para ganhar dinheiro, outras vezes o objetivo é somente enganar as pessoas. Entendo que as pessoas estejam desapontadas, e provavelmente haverá inúmeras alegações de teóricos de conspiração alegando que se trata de uma trama do governo para desacreditar a Ufologia".

CREDIBILIDADE QUESTIONADA

O Mirror conversou com o astronauta Edgar Mitchell, que participou do evento, batizado como Be Witness (Seja Testemunha), via Skype. Mitchell defendeu as imagens, dizendo: "Elas mostram um tipo de alienígena chamado de pequeno gray. Entretanto, não temos como saber se é uma das criaturas do Incidente Roswell". Jaime Maussan, o organizador do evento, continua defendendo as imagens, e alega ter perdido 100.000 dólares com o evento, e que nunca atuou na Ufologia por dinheiro.

crédito: T3rcer Milenio
Tom Carey, Jim Hurtak, Richard Dolan, Don Schmitt, Jaime Maussan e Adam Dew no evento Be Witness
Tom Carey, Jim Hurtak, Richard Dolan, Don Schmitt, Jaime Maussan e Adam Dew no evento Be Witness

Pelo Twitter muitas pessoas e interessados na pesquisa ufológica se manifestaram, a maioria utilizando a hashtag #BeDisappointed, manifestando seu desapontamento. Outros enviaram fotografias de múmias egípcias, apontando a suspeita semelhança destas com a do alegado alienígena. Além disso o blog Bad UFOs publicou seríssimas acusações contra Maussan e Dew, afirmando que todo o evento foi uma cópia dos acontecimentos relacionados ao filme da autópsia de Ray Santilli, inclusive com o envolvimento das mesmas pessoas. A quase nula repercussão da revelação no meio ufológico mundial certamente é uma mostra da pouca credibilidade que as imagens do suposto alienígena, e dos nomes a elas ligados, desfrutam.

Visite o site T3rcer Milenio de Jaime Maussan

Site do Be Witness

Confira um vídeo analisando o suposto alienígena

Confira as acusações do blog Bad UFOs

Veja a reportagem do Mirror

Confira a matéria no portal da Rede Bandeirantes

Faleceu o fundador do Museu UFO de Roswell

O caso dos slides dos alienígenas de Roswell

Saiba mais:

Livro: Guia da Tipologia Extraterrestre

crédito: Revista UFO
Guia da Tipologia Extraterrestre
Guia da Tipologia Extraterrestre

Há séculos a espécie humana assiste à chegada de estranhos seres geralmente bípedes e semelhantes a nós, que descem de curiosos veículos voadores sem rodas, asas ou qualquer indício de forma de navegação. Quase sempre estas criaturas têm formato humanoide e não raro se parecem com uma pessoa comum, mas com um problema: elas não são daqui, não são da Terra. O que pouca gente sabe é que existem dezenas de tipos deles vindo até nós, alguns com o curioso aspecto de robôs, outros se assemelhando a animais e há até os que se parecem muito com entidades do nosso folclore. O Guia da Tipologia Extraterrestre faz uma ampla catalogação de todos os tipos de entidades já relatadas, classificando-as conforme sua aparência e características físicas diante de suas testemunhas, resultando num esforço inédito para se entender quem são nossos visitantes.


DVD: Roswell: Arquivo Secreto

Já está no ar a Edição 51 da Revista UFO. Aproveite!

Março de 2007

Quando as naves extraterrestres caem