DESTAQUE

O Fenômeno UFO em Salta intriga os ufólogos

Por
11 de Fevereiro de 2015
Cono de Arita, palco de muitos avistamentos ufológicos na Argentina
Créditos: Arquivo

O norte da Argentina, especialmente a região de Salta, tem um longo histórico de avistamentos de UFOs e outros fenômenos estranhos. A região tem um vasto conjunto de diferentes locais, entre cidades, lugares desolados, florestas, rios e represas, onde objetos voadores não identificados têm sido observados há décadas. Os avanços da tecnologia têm permitido aos ufólogos argentinos um registro mais pormenorizado do fenômeno, facilitando seu estudo.

Um dos locais mais pródigos em avistamentos tem sido Cono de Arita, um morro em forma de cone situado no Salar de Arizaro, uma das maiores planícies salgadas do mundo. A surpreendente formação já foi palco de vários incidentes, como o ocorrido em abril de 1956, quando um UFO cilíndrico em forma de charuto o sobrevoou quatro vezes em um só dia. Fotografias foram tiradas na época, inspirando os primeiros estudiosos do Fenômeno UFO na Argentina. Em outro pico nas proximidades, o Nevado de Macón em Tolar Grande, uma expedição liderada pelo médico José Cerato descobriu uma série de marcas estranhas.

Estas se assemelhavam às que seriam deixadas por algo grande e pesado, com base plana, pousando no local. Essa descoberta foi precedida por uma violenta explosão na elevação, ouvida por moradores da região. A região foi novamente abalada por um surpreendente avistamento em 27 de junho de 1962, quando residentes da cidade de Salta observaram um enorme prato brilhante sobrevoando a capital da província por vários minutos, deixando cair uma substância que uma testemunha, descrevendo-a para o jornal El Tribuno, descreveu como um pó cinza muito fino.

QUEDAS DE UFOS AUMENTAM O MISTÉRIO

Em maio de 1978 um UFO alegadamente caiu no Parque Nacional Baritú. A Gendarmeria argentina foi acionada e teria encontrado estranhos restos metálicos nas proximidades de Santa victoria Oeste. E no mesmo mês, em 06 de maio, um estranho objeto cilíndrico deixando um rastro de chamas no céu foi visto por milhares de pessoas na região, até cair em território boliviado, na montanha de El Taire. O UFO teria deixado uma marca no chão de 300 m de profundidade, 500 m de largura e 1,5 km de extensão. A região de Salta segue sendo um dos pontos quentes de avistamentos de UFOs para os ufólogos argentinos.

Caso ocorrido na Argentina mostra pequenos ETs roubando sangue

Explosão na Argentina, meteoro é causa mais provável

Ufologia Argentina pede abertura de arquivos secretos

Primeiro documento ufológico da Gendarmeria argentina liberado ao público

Saiba mais:

Livro: UFOs: Arquivo Confidencial

crédito: Revista UFO
UFOs: Arquivo Confidencial
UFOs: Arquivo Confidencial

UFOs: Arquivo Confidencial - Um Mergulho na Ufologia Militar Brasileira expõe casos ufológicos de gravidade ocorridos no Brasil, que permanecem até hoje sob sigilo. O livro apresenta detalhes até então desconhecidos de como nossos militares conduziram investigações secretas de incidentes com naves alienígenas no país. Entre eles estão as impressionantes conclusões da Aeronáutica após conduzir a Operação Prato na Selva Amazônica, para apurar o Fenômeno Chupa-Chupa. O autor, Marco Antonio Petit, é um dos mais conhecidos e respeitados ufólogos brasileiros, co-editor da Revista UFO há 20 anos e autor de várias obras sobre a presença alienígena na Terra.

DVD: UFOs nos Arquivos Oficiais

Já está no ar a Edição 215 da Revista UFO. Aproveite!

Setembro de 2014

O valor dos casos clássicos