DESTAQUE

Novo documentário sobre UFOs será o mais completo já produzido

Por
15 de Outubro de 2013
Logo do filme 701, mais ambiciosa produção de James Fox
Créditos: 701 The Movie

De 1952 até seu término, em 1969, o Projeto Blue Book, da Força Aérea Norte-Americana (USAF), coletou e analisou 12.618 casos de avistamentos de UFOs. A conclusão foi de que a maioria poderia ser explicada devido a enganos, fenômenos naturais, aeronaves ou fraudes. Uma pequena porcentagem de casos, entretanto, permaneceu inexplicável, seu número perfazendo o total de 701.

E 701 é precisamente o título do novo filme do produtor, cineasta e divulgador da Ufologia James Fox. Ele já é bem conhecido no meio da Ufologia Brasileira e três de suas produções foram lançadas em DVD no Brasil com exclusividade pela Revista UFO. São elas Meio Século de Mentiras, Destino Terra, Destino Terra 2 e UFOs Aqui, Agora. Fox, além de entusiasta da Ufologia Brasileira, esteve em 2011 no 7º Encontro Ufológico de Peruíbe, apresentando uma concorrida conferência a respeito de sua carreira, produções e projetos.

Para produzir o documentário 701, James Fox uniu-se ao roteirista de Hollywood Tracy Torme, que trabalhou nos seriados Sliders e Jornada nas Estreas: A Nova Geração, além dos filmes Fogo no Céu e Contato, baseado no livro de mesmo nome de autoria de Carl Sagan. Para produzir o filme, que mesclará entrevistas de testemunhas com recriações de casos importantes com participação de atores, Fox tem entrevistado várias pessoas com muito conteúdo a contar a respeito da história da Ufologia.

No site de 701, que pode ser visitado na relação de links abaixo, a sinopse do filme é a seguinte:

701 é o número que o governo não quer que você conheça. A Força Aérea dos Estados Unidos tinha um sério problema. Começando no final dos anos 40, aparelhos tecnológicos estavam invadindo nosso espaço aéreo com total impunidade. Discos metálicos que aceleravam e manobravam de maneira difícil de imaginar foram vistos em grande número por testemunhas confiáveis, muitas delas pilotos. Havíamos acabado de explodir bombas atômicas e, de forma interessante, o estado do Novo México parecia ser um alvo constante desses aparelhos.


A série Arquivo-X disse a milhões que a verdade estava lá fora, mas qual é a verdade sobre os UFOs? Quando os anos 40 se tornaram os anos 50, muitos acreditavam ser esse somente um mito da era espacial, balões ou o planeta Vênus. Outros estavam igualmente convencidos de que o governo sabia que estávamos sendo monitorados ou invadidos e o Pentágono escondia o grande segredo do público. Mas e se ambos os lados estivessem errados? E se a verdade fosse outra, algo igualmente inesperado? 701.


Outro aspecto da produção é a oferta de US$ 100.000 para qualquer pessoa que prove que os UFOs são reais, consistindo em veículos não produzidos por qualquer nação ou agência da Terra. Tal evidência pode ser apresentada na forma de fotografias, filmagens ou destroços desses objetos, que serão analisados de maneira científica por um painel escolhido pela equipe do filme. Os produtores garantem que a pessoa pode escolher permanecer anônima, ou ser entrevistada para o filme 701, e o contato deve ser feito pelo site da produção.

crédito: Arquivo Revista UFO
Story Musgrave, A. J. Gevaerd e john Alexander
Story Musgrave, A. J. Gevaerd e John Alexander

Participações importantes

Entre aqueles que concederam entrevistas para a equipe do filme estão Shanelle e Kim Arnold, respectivamente neta e filha de Kenneth Arnold, cujo avistamento e 24 de junho de 1947 marcou o início oficial da pesquisa ufológica e da Era Moderna dos Discos Voadores. Uma das presenças mais importantes é a do ex-boina verde do Exérecito norte-americano John Alexander, que concedeu para a edição 196 da Revista UFO uma das mais polêmicas entrevistas já publicadas. Outra participação marcante é a do ex-astronauta Story Musgrave, veterano de seis missões espaciais, incluindo a histórica STS-61, do ônibus espacial Endeavour, a primeira missão para o telescópio espacial Hubble, que salvou o instrumento que revolucionou a pesquisa astronômica.

Musgrave, em sua participação, deu uma declaração no mínimo polêmica sobre a atitude da NASA perante os UFOs: "Posso assegurar que a agência age com lisura e não faz acobertamento de fatos ufológicos". Sem dúvida uma amostra de como 701 será uma produção para mexer com os brios não somente dos que combatem a pesquisa ufológica, mas aqueles que a praticam. Além destes, a produção do filme levou para Los Angeles, onde as entrevistas foram gravadas, testemunhas da Europa e também da África, todas com hospedagem paga. A verba para a produção é descrita como digna dos padrões de Hollywood, mas seu montante e origem não são revelados.


Marcante presença brasileira

Quase todas as informações aqui apresentadas foram passadas pelo editor da Revista UFO, A. J. Gevaerd, que esteve em Los Angeles na semana passada acompanhando as gravações e tomando parte nas mesmas. Ele mostrou ao longo de duas horas informações detalhadas a respeito da Operação Prato e do Caso Varginha, além do Caso Ilha da Trindade. Gevaerd relatou o entusiasmo dos norte-americanos com os impressionantes casos ufológicos brasileiros e convidou a equipe de Fox e Torme a participar do II UFOZ 2013, ou V Fórum Mundial de Ufologia, entre os dias 21 e 24 de novembro em Foz do Iguaçu.

A equipe de 701 também retornará ao Brasil em janeiro de 2014, para visitar Colares e Varginha e filmar nos dois lugares com atores as reconstituições da Operação Prato e do Caso Varginha. O documentário 701 está sendo produzido para se tornar o maior e mais abrangente filme sobre Ufologia de todos os tempos, e a intenção é que seja apresentado em salas de cinema de todo o mundo antes do lançamento em DVD.

Visite o site oficial de 701

Arquivos do Projeto Blue Book

Site da Nicap com os 701 casos inexplicáveis do Projeto Blue Book

V Fórum Mundial de Ufologia almeja levar discussão sobre os UFOs para a ONU

Saiba mais:

Livro: O Pensamento da Ufologia Brasileira - Parte 2

DVD: UFOs Aqui, Agora

crédito: Revista UFO
UFOs Aqui, Agora
UFOs Aqui, Agora

UFOs Aqui, Agora reúne testemunhas ufológicas de inquestionável credibilidade, como o coronel Charles Halt, que viu um UFO aterrissado na Base Aérea de Bentwaters, o governador do Arizona Fife Symington, o piloto de caça Oscar Santa Maria, que perseguiu um disco voador no Peru, o general da Força Aérea Francesa Denis Letty, e o porta-voz da Casa Branca nos governos Clinton e Obama John Podesta, além de pesquisadores, astronautas, pilotos e celebridades. Por isso, UFOs Aqui, Agora, do consagrado produtor James Fox (de Destino Terra e Destino Terra 2), é o documentário ufológico mais premiado de todos os tempos.

Já está no ar a Edição 72 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2013

O encontro dos mistérios