DESTAQUE

Nick Pope fala sobre seu trabalho com UFOs para a BBC

Por
25 de Março de 2016
Nick Pope, ex-funcionário do Ministério da Defesa Britânico, fez importantes revelações sobre o funcionamento do órgão
Créditos: Arquivo

Nick Pope, conhecido como o "Fox Mulder de verdade", alusão ao clássico seriado Arquivo-X que retornou ao ar no início do ano, foi funcionário do MoD entre 1991 e 1994. A BBC publicou um extenso artigo de sua autoria, onde ele narra suas experiências no chamado Projeto UFO do Ministério da Defesa, encerrado em 2009. Pope inicia contando como, em 1950, Sir Henry Tizard, Conselheiro Científico Chefe do MoD, se interessou por relatos de avistamentos de UFOs que leu na imprensa. Ele defendeu que o Ministério da Defesa deveria investigar o assunto cientificamente, e um pequeno comitê foi criado, o Flying Saucer Working Party (Grupo de Trabalho Disco Voador).

Em junho de 1951 o comitê concluiu que avistamentos de UFOs podiam ser explicados como fraudes, má interpretação de aeronaves ou fenômenos naturais ou ilusões, recomendando que não se usassem mais recursos do governo na empreitada. Contudo, no ano seguinte, oficiais da Real Força Aérea (RAF), além de outros militares, avistaram UFOs durante um exercício da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN). Os intrusos atingiam velocidades e faziam manobras que não podiam ser igualadas, além de serem detectados por radares. Em 1953 o MoD decidiu investigar todos os relatos de UFOs. Pope prossegue seu artigo comentando que trabalhou no MoD por 21 anos, incluindo seu período de investigação ufológica já mencionado. Ele lembra ainda algo que infelizmente muitos ufólogos parecem ter esquecido, que a sigla UFO significa objeto voador não identificado, e não necessariamente nave extraterrestre, um erro que ele diz ter sido incentivado pelo sensacionalismo de setores da imprensa e a produções do cinema e da TV.

Nick Pope comenta que as investigações se concentravam primariamente em determinar se havia alguma ameaça contra a Grâ-Bretanha, considerando a possibilidade de os avistamentos serem provocados por alguma aeronave russa analisando as defesas do país. Ele comenta que na prática o trabalho era por vezes monótono, como elaborar respostas para o setor de relações públicas do MoD quanto ao assunto, enviar material para crianças fazerem trabalhos escolares, ou averiguar locais de avistamentos de UFOs em mapas, buscando algum padrão. Pope comenta que se um membro do Parlamento fizesse um questionamento eles apresentariam relatórios elaborados, e que ministros da Defesa recebiam informes completos para que tratassem do assunto da forma mais adequada. O trabalho no dia a dia envolvia analisar os relatos mais recentes, verificar gravações de radar e analisar fotos e vídeos se por sorte estes chegassem as suas mãos, e Pope sempre comenta que era muito menos glamouroso do que mostrado nas obras de ficção.

GUARDANDO SEGREDOS

crédito: Arquivo
Há uma trilha na Floresta de Rendlesham pela qual se pode visitar o local do incidente de 1980
Há uma trilha na Floresta de Rendlesham pela qual se pode visitar o local do incidente de 1980

Nick Pope afirma que a cultura pop criou a sensação de que havia uma conspiração para acobertar casos ufológicos, mas afirma que não faziam isso no MoD, mesmo que a natureza da instituição fosse secreta. Ele afirma que, de 12.000 casos analisados, cerca de 5% permaneceu inexplicada, e eles davam particular atenção a ocorrências envolvendo policiais, pessoal militar e pilotos, principalmente se tais relatos eram corroborados por fotos ou pelo radar, que o pessoal técnico do Mod podia analisar. Pope aponta o Caso da Floresta de Rendlesham, ocorrido em dezembro de 1980, como um dos mais importantes, tendo o Mod concluído que havia níveis de radiação no alegado local de pouso significativamente mais altos que o normal. Ele acrescenta que as investigações do MoD e da Força Aérea Norte-Americana (USAF), que usava as bases de Bentwaters e Woodbridge na época, foram inconclusivas. Pope fala também do Caso Cosford, entre 30 e 31 de março de 1993, com múltiplos avistamentos por toda a Grã-Bretanha. UFOs de formato triangular foram vistos por inúmeras testemunhas, incluindo policiais militares de uma base e oficiais meteorológicos de outra. Porém ele comenta que ainda assim eles permaneciam céticos quanto à possibilidade de serem extraterrestres.

crédito: Arquivo
Durante o Caso Cosford UFOs triangulares foram avistados por toda a Grâ-Bretanha
Durante o Caso Cosford UFOs triangulares foram avistados por toda a Grâ-Bretanha

O ex-funcionário do MoD afirma que havia uma teoria alternativa, de que os casos se devessem a um fenômeno natural desconhecido ligado à física de plasma, e que havia hipóteses de que disso poderia advir um uso militar. A possibilidade foi investigada sob o codinome de Projeto Condign. Pope fala brevemente do fechamento do Projeto UFO em 2009, e do último lote de documentação que deve ser liberado ainda neste ano, e aponta que pessoas que queiram falar sobre suas experiências são apoiadas somente por instituições civis como a Associação de Pesquisa Britânica de UFOs (Bufora). Afirma ainda que qualquer acadêmico que se interesse pelo assunto terá grande dificuldade em estudá-lo, devido à falta de um arquivo central de ocorrências, e lamenta que casos importantes podem estar sendo esquecidos, comprometendo a possível resolução de um mistério de 70 anos. Pope afirma que um novo Projeto UFO pode ser focado em filtrar os casos mais interessantes, e mesmo analisar casos clássicos como Rendlesham e Cosford. Ele lembra que o tema é de tremendo interesse público, e que sempre que documentos britânicos foram liberados, houve uma enxurrada de manchetes por todo o mundo. Além disso, salienta a importância da necessidade de controlar os céus de seu país.

Leia a versão completa do artigo de Nick Pope para a BBC

Visite o site da Bufora

Ministério da Defesa Britânico acusado de acobertamento

Ministério da Defesa britânico questionado sobre caso ocorrido em 1977

Legista do Caso Varginha se diz constrangido em especial do portal G1

Ministério da Defesa e ufólogos acertam canal de comunicação inédito no mundo

Ministério da Defesa Britânico ainda mantém arquivos ufológicos secretos

UFOs apareceram em Bentwaters meses antes de caso principal

Surgem novas evidências sobre Caso Bentwaters

Saiba mais:

Livro: Varginha: Toda a Verdade Revelada

crédito: Revista UFO
Varginha: Toda a Verdade Revelada
Varginha: Toda a Verdade Revelada

Desde que teve início a chamada Era Moderna dos Discos Voadores, em 1947, uma pesquisa sistemática dessas naves e da ação de seus tripulantes na Terra vem sendo realizada por estudiosos de inúmeros países. O episódio ocorrido na cidade mineira de Varginha, em 20 de janeiro de 1996 é, com certeza, o mais bem documentado de todos — até mesmo do festejado Caso Roswell. O que se lerá neste livro não é ficção científica, mas sim o mais bem guardado segredo do meio militar brasileiro, finalmente levado ao conhecimento da sociedade.

DVD: A Um Passo da Revelação Final

Já está no ar a Edição 210 da Revista UFO. Aproveite!

Abril de 2014

A mesma questão de sempre: nosso arsenal atômico

UPDATED CACHE