DESTAQUE

Ministério da Defesa da Espanha publica relatórios ufológicos

Por
24 de Outubro de 2016
UFOs triangulares foram descritos em um dos documentos espanhóis
Créditos: Arquivo

O Ministério da Defesa espanhol acaba de liberar uma vasta documentação sobre UFOs, descrevendo casos acontecidos naquele país entre os anos de 1966 e 1993. A documentação, em um total de 1.900 páginas, está disponível na Biblioteca Virtual do Ministério da Defesa, que classifica os casos como "avistamentos de fenômenos estranhos". A desclassificação dos arquivos espanhóis teve início em 1991, com a decisão do Ministério da Defesa de analisar os documentos e rebaixar seu nível de classificação, para colocá-los à disposição do público que demandava cada vez mais ter acesso a eles. Cópias físicas dos arquivos foram enviadas para a Biblioteca Central da Força Aérea Espanhola e digitalizada.

Cada arquivo descreve local e data do avistamento, resumo dos fatos e as conclusões, além da proposta de classificação ou desclassificação. Quando possível também constam entrevistas com as testemunhas, gráficos e outros tipos de documentação. O primeiro caso aconteceu em 06 de agosto de 1962, arquivo de número 620806. O oficial aeronáutico da Base Aérea de San Javier observou, às 22h00, uma forte luz sobre o Monte Cabezo, a 500 metros de altura e semelhante aos faróis de aterrissagem de um avião. O objeto se movia rapidamente com movimentos laterais e verticais, impossíveis de serem repetidos por aviões e helicópteros, conforme descrito no arquivo. O UFO foi observado através de um teodolito, instrumento topográfico de precisão para medir ângulos e planos distintos, sem que sua forma pudesse ser distinguida. O UFO sumiu depois de 30 minutos e o Ministério da Defesa classificou o caso como fenômeno inexplicável.

Outro importante arquivo, de número 780720, descreve um avistamento acontecido em 20 de julho de 1978 em Agoncillo. Era madrugada, cerca de 01h20, quando um soldado em serviço no portão principal do Aeródromo de Agoncillo anunciou que observava um objeto estranho no céu. O UFO se deslocava na direção Leste-Oeste, sem fazer qualquer ruído e a uma altitude de 1.000 metros. Momentos depois um alferes e um cabo chegaram ao local e também observaram o objeto. Contudo suas descriçoes variam com relação ao formato, sendo que dois dos militares descreveram uma forma de diamante, ao passo que o terceiro afirmou que o UFO tinha formato triangular. Um dos homens disse que viu quatro luzes brancas nos vértices do diamante, ao passo que outro descreveu luzes brancas em cada ponta do triângulo.

AVISTAMENTOS POR TODA ESPANHA

crédito: Força Aérea Espanhola
Imagem de um dos documentos liberados
Imagem de um dos documentos liberados

Em Madri um UFO foi visto em 11 de dezembro de 1968 por várias testemunhas, entre as 20h05 e as 20h30, descrito como muito brilhante e variando a intensidade luminosa. Uma testemunha o observou no bairro de Avenidas e outra 30 minutos depois, na Plaza de Cristo Rey. O arquivo 681211A foi fechado por falta de elementos suficientes, sem que se pudesse descartar a possibilidade de que tenha sido o planeta Vênus. O local com mais avistamento foi nas Canárias, com 10 casos descritos nos arquivos. Um dos mais bem documentados é o caso 741124, que ocorreu em 24 de novembro de 1974. A testemunha viajava com sua família pela estrada norte da ilha Gra Canaria, quando viu um ponto luminoso branco, que deixava uma trilha luminosa. A velocidade era elevada e a altitude de 900 a 1.200 metros. Cerca de 15 minutos depois, às 19h45, o voo IB-098 decolou de Tenerife com destino a Las Palmas e poucos minutos depois observou-se um UFO voando em sentido contrário.

A tripulação informou a torre de controle, que afirmou não existir tráfego nas redondezas. O Esquadrão de Vigilância Aérea foi contatado e no documento está escrito que às 20h20, na radial 020º e 35NM, se detectou um eco no radar a uma velocidade de 500 km/h. A descrição visual do UFO em todos esses casos coincide. A conclusão do relatório aponta que "a recompilação dos diferentes avistamentos concede uma inegável importância aos fatos descritos nessa noite nos céus do arquipélago, sendo este um caso realmente importante e dificilmente explicável". O caso mais recente ocorreu em 23 de fevereiro de 1995, em Morón de la Frontera. Um piloto do Esquadrão 211, regressando às 12h35 de uma missão, observou um objeto estacionário que, quando sua aeronave passou em suas proximidades, acelerou em grande velocidade no rumo oposto e desapareceu. Descrito no arquivo 01-MAEST-95, o arquivo informa que o piloto descreveu o UFO como de cor cinza-claro e formato oval.

Consulte o arquivo 620806

Confira o arquivo 780720

Leia o arquivo 741124

Consulte o arquivo 01-MAEST-95

Consulte os documentos na Biblioteca Virtual do Ministério da Defesa espanhol

Documento da CIA descreve importante avistamento ocorrido em Barcelona

Documentos ufológicos da CIA são destaque na imprensa

Documento britânico afirma ser indiscutível que UFOs existam

Documentos militares são apresentados em evento no Canadá

Governo Brasileiro libera um dos mais importantes documentos secretos sobre UFOs até agora

Saiba mais:

Livro: MIB: Os Verdadeiros Homens de Preto

crédito: Revista UFO
MIB: Os Verdadeiros Homens de Preto
MIB: Os Verdadeiros Homens de Preto

Há um mistério que acompanha a Ufologia desde o início da Era Moderna dos Discos Voadores, em 1947, e que ainda resta ser decifrado. São os chamados homens de preto, também conhecidos como MIBs, do inglês men in black. Eles vêm há décadas surgindo em cenários de ocorrências ufológicas, muitas vezes apenas observando e noutras abordando com energia tanto testemunhas quanto pesquisadores destes fatos. MIB: Os Verdadeiros Homens de Preto disseca o assunto como nenhuma obra antes, e o faz sob o comando de um dos maiores especialistas no tema em todo o mundo, o ufólogo inglês naturalizado norte-americano Nick Redfern.

DVD: UFOs nos Arquivos Secretos

Já está no ar a Edição 228 da Revista UFO. Aproveite!

Novembro de 2015

O receio é a extinção de nossa espécie