DESTAQUE

Ministério da Defesa Britânico acusado de acobertamento

Por
02 de Abril de 2015
Sede do Ministério da Defesa Britânico (MoD); instituição tem sido acusada de acobertamento devido ao atraso na liberação de documentos ufológicos
Créditos: Arquivo

O Ministério da Defesa da Grã-Bretanha (MoD) está sendo acusado de atrasar deliberadamente a publicação de uma série de 18 arquivos ufológicos, os quais já deveriam estar disponíveis desde o final de 2014. A Câmara dos Lordes foi envolvida na polêmica, quando Lorde Black de Brentwood cobrou a liberação no mês passado. O MoD divulgou uma declaração, afirmando que são necessários processos adicionais, e prometendo a liberação dos arquivos para o final deste ano, ou início de 2016.

Nick Pope, que foi investigador do MoD no projeto UFO Desk, e é consultor da Revista UFO, afirmou: "Esse enorme atraso irá colocar os teóricos de conspiração em alerta, pois parece que o MoD está \'enrolando\'. A suspeita é que exista algo nesses arquivos e o Ministério não saiba lidar com a questão. É compreensível porque a comunidade ufológica está irritada e manifestando suas suspeitas". Muito se tem comentado sobre a possibilidade de os arquivos conterem informações importantes a respeito do Caso da Floresta de Rendheslam, também conhecido como Caso Bentwaters.

Em dezembro de 1980, militares norte-americanos atuando na base britânica de Bentwaters observaram um UFO de perto por duas noites consecutivas. O intruso chegou ainda a lançar raios sobre o depósito de armas nucleares da base e um dos mais bem estudados incidentes ufológicos de todos os tempos. Recentemente o oficial John Burroughs, uma das testemunhas do incidente, venceu uma ação na Justiça que obriga as Forças Armadas dos Estados Unidos a pagar por seu tratamento de saúde, pois ele desenvolveu várias complicações após o acontecimento, motivadas por exposição à radiação.

INTENSA NEGOCIAÇÃO DIPLOMÁTICA

Nick Pope comenta: "Estes documentos podem ser legitimamente chamados de Arquivos-X Britânicos e quase, com certeza, contém mais informações sobre o incidente da Floresta de Rendlesham. Dado que o governo norte-americano recentemente perdeu uma ação judicial baseada na admissão pelo governo britânico de que as testemunhas do Caso Rendlesham foram provavelmente expostas à radiação, é bem possível que isso tenha ocasionado um contato diplomático de alto nível, o que está causando o atraso na liberação". Lorde Astor de Hever, respondendo a questão de Brentwood, disse que o calendário de liberação de documentos está em cerca de 10.000 arquivos por ano e é continuamente atualizado devido a mudanças de prioridade e progresso sobre a análise dos arquivos.

A verdade sobre a liberação de documentos da USAF

Governo Brasileiro libera um dos mais importantes documentos secretos sobre UFOs até agora

Universidade do Colorado publica documentos ufológicos

Arquivos do FBI demonstram modo de atuação de céticos

Ministério da Defesa Britânico ainda mantém arquivos ufológicos secretos

Liberação de arquivos é cortina de fumaça, diz Nick Pope

Saiba mais:

Livro: Terra Vigiada

crédito: Revista UFO
Terra Vigiada
Terra Vigiada

Terra Vigiada não é um livro comum, mas um verdadeiro dossiê fartamente documentado que comprova que inteligências extraterrestres observam e monitoram nossos arsenais atômicos. O livro contém dezenas de depoimentos prestados por militares norte-americanos que testemunharam a manifestação de discos voadores sobre áreas de testes nucleares, nas décadas de 40 a 70, comprovando que outras espécies cósmicas mantêm nossas atividades bélicas sob severa e contínua vigilância. Hastings vai mais além e mostra em Terra Vigiada que não é incomum discos voadores interferirem nos experimentos de lançamento, muitas vezes inutilizando as ogivas nucleares a serem detonadas, ou sobrevoarem silos de mísseis armados.

DVD: UFOs Aqui, Agora

Já está no ar a Edição 203 da Revista UFO. Aproveite!

Agosto de 2013

O todo é maior do que a soma das partes