DESTAQUE

Michio Kaku comenta possibilidade de inteligência extraterrestre em estrela

Por
23 de Outubro de 2015
Michio Kaku fala sobre a possibilidade de os dados obtidos pelo telescópio Kepler revelarem uma civilização alienígena
Créditos: CBS

Em mais uma comprovação inequívoca do quanto a Ufologia prejudica sua credibilidade ao não se aproximar da ciência e seus métodos, o conhecido físico teórico e divulgador Michio Kaku debateu na TV a hipótese da existência de uma mega-estrutura alienígena. Suas declarações ocorreram em rápida entrevista para um noticiário da rede CBS (que pode ser conferida nos links abaixo), e deixam claro o quanto os cientistas estão levando a sério a possibilidade de uma colossal obra de uma civilização extraterrestre ter sido encontrada. A seriedade da questão é tanta que a Associação Americana de Estrelas Variáveis (AAVSO) emitiu um alerta para que astrônomos amadores e profissionais ao redor do mundo passem a observar a estrela KIC 8462852.

Conforme publicado anteriormente no site da Revista UFO, a descoberta ocorreu graças à informações liberadas pela NASA, em seu site Planet Hunters, no qual a agência convida astrônomos e entusiastas a analisar os dados do extraordinário telescópio Kepler. A astrônoma Tabetha Boyajian, da Universidade Yale, e sua equipe publicaram um artigo no periódico Monthly Notices da Sociedade Astronômica Real, e nele explicam a existência de dois trânsitos, ou bloqueios na luz da estrela KIC 8462852 (KIC é a sigla de Keplet Input Catalog), já mencionada. O telescópio Kepler vasculhava cerca de 150.000 estrelas ao mesmo tempo buscando esses trânsitos, representando planetas passando diante de suas estrelas causando uma minúscula diminuição de seu brilho.

Contudo, trânsitos planetários são regulares, e mesmo gigantes gasosos bloqueiam no máximo um por cento da luz de seus sóis. Os dois trânsitos encontrados por Boyajian e sua equipe não foram regulares, e bloquearam respectivamente 15% e 22% da luz da estrela. Em seu artigo eles elencam algumas possíveis explicações naturais, como uma cataclísmica colisão entre planetas, ou um enorme enxame de cometas. Esta última é considerada a melhor explicação até o momento, apesar de não satisfazer totalmente os efeitos observados. A explicação considerada de menor possibilidade, mas que está chamando a atenção do mundo para essa investigação, é a de que o Kepler observou a passagem de um conjunto de imensas estruturas artificiais, construídas por uma civilização alienígena a fim de coletar a energia da estrela.

POSSÍVEL DETECÇÃO DO PRIMEIRO SINAL DE UMA CIVILIZAÇÃO EXTRATERRESTRE

Esse tipo de construção foi proposto nos anos 60 pelo físico Freeman Dyson, e recebeu o nome de Esfera de Dyson. Ele nunca propôs, na verdade, que fosse uma esfera sólida ao redor de uma estrela, e sim um enxame de imensas estruturas, o que pode ter sido encontrado pelo Kepler. Em sua entrevista, Michio Kaku disse que essa seria uma descoberta mais importante que a da América, e lembrando a porcentagem da luz estelar bloqueada, afirmou: "Há um objeto absolutamente colossal bloqueando a luz dessa estrela, e não sabemos ainda o que é. Eliminadas as explicações naturais, então devemos falar de uma civilização Tipo II, capaz de construir uma estrutura imensa, maior que Júpiter, para absorver a luz estelar. Então precisamos assumir que talvez, apenas talvez, isso seja obra de uma civilização talvez alguns milhares de anos à nossa frente". Kaku também comentou a velha imagem de alienígenas aterrissando diante da Casa Branca: "Eles são capazes de construir um objeto maior que Júpiter. Nós não temos nada a oferecer a eles". Para a Ufologia, resta saber qual o futuro que a aguarda se a astronomia comprovar ser real esse possível primeiro indício de uma civilização extraterrestre.

Clique na imagem abaixo para conferir Michio Kaku falando sobre a possível mega-estrutura no noticiário da CBS:

Visite o site oficial de Michio Kaku

A entrevista com Michio Kaku pode ser conferida também neste link

Confira o alerta da AAVSO

Estranho comportamento de uma estrela pode se dever a uma civilização alienígena

Começa a investigação de possível civilização alienígena em estrela

Michio Kaku fala sobre provável origem extraterrestre de alguns UFOs

A ciência pode ser uma amiga discreta da Ufologia?

As implicações do recente Fórum Econômico Mundial para a Ufologia

Poderia um buraco no espaço salvar o homem da extinção?

Civilizações alienígenas avançadas, como procurar?

Saiba mais:

Livro: Guia da Tipologia Extraterrestre

crédito: Revista UFO
Guia da Tipologia Extraterrestre
Guia da Tipologia Extraterrestre

Há séculos a espécie humana assiste à chegada de estranhos seres geralmente bípedes e semelhantes a nós, que descem de curiosos veículos voadores sem rodas, asas ou qualquer indício de forma de navegação. Quase sempre estas criaturas têm formato humanoide e não raro se parecem com uma pessoa comum, mas com um problema: elas não são daqui, não são da Terra. O que pouca gente sabe é que existem dezenas de tipos deles vindo até nós, alguns com o curioso aspecto de robôs, outros se assemelhando a animais e há até os que se parecem muito com entidades do nosso folclore. O Guia da Tipologia Extraterrestre faz uma ampla catalogação de todos os tipos de entidades já relatadas, classificando-as conforme sua aparência e características físicas diante de suas testemunhas, resultando num esforço inédito para se entender quem são nossos visitantes.

DVD: Buscando Vida Fora da Terra

Já está no ar a Edição 217 da Revista UFO. Aproveite!

Novembro de 2014

A descoberta de novos mundos