DESTAQUE

Grupo de pesquisadores irá construir estações de pesquisa de UFOs

Por
28 de Outubro de 2015
Uma das imagens mais impressionantes do Projeto Hessdalen; o novo Projeto UFODATA pretende obter informações científicas monitorando aparições de UFOs
Créditos: Hessdalen Project

Se chama UFODATA a mais nova iniciativa para um estudo científico do Fenômeno UFO. Organizada por um grupo de cientistas e acadêmicos de Estados Unidos, Itália, Holanda, Grã-Bretanha e Chile, o projeto irá utilizar métodos científicos a fim de colher dados e informações em locais de alta incidência de aparições de UFOs. Mark Rodeghier, diretor científico e presidente do Centro de Estudos de UFOs J. Allen Hynek, em Chicago, disse: "Está muito claro que não iremos fazer progressos em entender o que causa os informes de UFOs sem conseguir os dados que pretendemos obter com esse projeto".

Rodeghier vai além: "Mais relatos de testemunhas, seja preenchendo formulários ou contando o que viram, não vai nos ajudar a resolver o problema". O grupo de 15 pessoas, entre cientistas, engenheiros, astrônomos, professores e um jornalista pretende instalar várias estações de vigilância automáticas para obter dados sobre UFOs. Esses aparelhos serão colocados em locais onde esses misteriosos objetos aparecem com mais frequência, como o oeste dos Estados Unidos e em Hessdalen, na Noruega, onde um monitoramento semelhante já é feito desde meados dos anos 80. O instrumental irá bater fotografias de alta qualidade e realizar análises espectrográficas, na tentativa de entender os objetos flagrados.

As câmeras equipadas com sensores espectrográficos serão capazes de, por meio da análise da luz emitida pelos objetos, obter informações capazes de apontar qual tipo de energia estes utilizam. Até mesmo a atmosfera ao redor dos UFOs poderá ser analisada com o mesmo processo, dando pistas de seu funcionamento. Conforme Mark Rodeghier explica: "Nesta área da ciência, seja física, astronomia ou outras, a melhor maneira de aprender a respeito de alguma coisa é por meio de seu espectro". Ele dá o exemplo de um arco-íris, que é a luz solar decomposta, e por meio do qual podemos ver os elementos dos quais o Sol é feito, assim como sua temperatura e pressão. É o mesmo processo que nos permite saber a composição de estrelas e planetas distantes, por meio da luz que emitem ou refletem.

ESFORÇO CIENTÍFICO SEM PRECEDENTES

crédito: Hessdalen Project
O UFODATA pretende construir estações similares as do Projeto Hessdalen
O UFODATA pretende construir estações similares as do Projeto Hessdalen

O custo de uma estação está estimado entre 10.000 e 20.000 dólares, e o grupo UFODATA pretende recorrer a financiamento coletivo e outros mecanismos, buscando angariar a simpatia e o apoio da comunidade ufológica e de entusiastas. Leslie Kean, autora de UFOs: OVNIs - Militares, Pilotos e o Governo Abrem o Jogo e entrevistada na edição 180 da Revista UFO, disse: "UFODATA irá permitir que milhões de pessoas que levam os UFOs a sério se envolvam nesse esforço, indepentemente de sua formação científica". Leslie é também membro da equipe, e anunciou o projeto em sua coluna no Huffington Post. Rodeghier comentou que a disponibilidade de informação científica e confiável irá fazer avançar o entendimento sobre os UFOs e mostrar ao público em geral o mérito que há em seu estudo. Além disso, servirá para mostrar a parte da comunidade científica e especialmente aos políticos que esse é um problema sério, como qualquer outra questão científica.

Visite o site do Projeto UFODATA

Visite o site do Projeto Hessdalen

Assista a um vídeo sobre as Luzes de Hessdalen

Debate ufológico aconteceu na Universidade Americana

Relevante testemunho de ex-oficial do Ministério de Defesa Britânico

Universidade do Colorado publica documentos ufológicos

Universidades no Brasil e exterior sediam pesquisas sobre alienígenas

Saiba mais:

Livro: MIB: Os Verdadeiros Homens de Preto

DVD: UFOs nos Arquivos Secretos

crédito: Revista UFO
UFOs nos Arquivos Secretos
UFOs nos Arquivos Secretos

Desinformação, ocultação de fatos, manipulação de informações, ridicularização de testemunhas e pesquisadores. Estes são apenas alguns dos métodos, revelados neste documentário. Produzido sob encomenda do History Channel e contando com a consultoria da jornalista especializada Leslie Kean, uma das mais ativas ufólogas do mundo, o documentário expõe fatos nunca antes mostrados e apresenta entrevistas exclusivas com autoridades, pilotos, astronautas e militares que estiveram frente a frente com UFOs e seres extraterrestres.

Já está no ar a Edição 207 da Revista UFO. Aproveite!

Janeiro de 2014

Um passado quase desconhecido