DESTAQUE

Ex-diretor do Projeto Blue Book diz que UFOs são reais

Por
28 de Setembro de 2012
Revelações de encontros de pilotos militares e UFOs se sucedem
Créditos: Arquivo

O coronel Robert Friend é o mais velho sobrevivente do grupo de pilotos negros Tuskegee Airmen, que lutou na Segunda Guerra Mundial, e participou ao lado de outros ex-militares e oficiais de governo do painel Military UFOs: Secretas Revealed (UFOs Militares: Segredos Revelados). Entre suas credenciais, o fato de ter sido indicado em 1958 como diretor do Projeto Blue Book, a investigação ufológica oficial da Força Aérea Norte-Americana.

Sua missão era determinar se os UFOs eram uma ameaça a segurança nacional, e se havia algo neles que pudesse ser de interesse científico. "Quando assumi o programa, escrevi dois estudos e, nas duas instâncias, recomendei que os UFOs fossem colocados sob estudo de outra agência, que se encarregaria de realizar investigações e análises científicas a respeito", afirma Friend.

O coronel aposentado, de 92 anos de idade, teve contato com inúmeros pilotos da USAF, e ouviu suas histórias a respeito dos estranhos encontros que eles protagonizaram nos céus. O Projeto Blue Book teve um total de 700 casos reconhecidos como não identificados de um total de mais de 12.000 informes, mas assim mesmo a USAF decidiu encerrar o projeto em 1969. A conclusão: os UFOs não representavam uma ameaça a nação, nem possuíam qualquer habilidade tecnológica além do alcance do conhecimento científico da época.

Friend, diretor do Blue Book até 1963, afirmou em sua participação no painel que não concordou com essa conclusão. Durante seu tempo no posto, tentou mover o assunto UFO para a Agência de Pesquisa de Projetos Avançados da Defesa (DARPA), sem sucesso. Também procurou passar a matéria para a recém formada NASA, coisa que também não conseguiu. O coronel diz que conversou com diversos pilotos e oficiais militares que afirmavam crer que alguns UFOs tinham origem extraterrestre.

crédito: Alejandro Rojas
Robert Friend, ex-diretor do Projeto Blue Book
Robert Friend, ex-diretor do Projeto Blue Book

Ele diz: "Sim, algumas pessoas tinham essa opinião. Eu também acreditava na possibilidade de vida fora da Terra neste enorme universo, creio que a probabilidade é muito alta". Quanto a essas formas de vida estarem visitando nosso planeta, Friend é mais cauteloso: "Se acredito que estamos sendo visitados? Não. E a razão disso é que não consigo conceber algumas coisas: Quanta comida você precisa levar em uma viagem de anos, talvez décadas, pelo espaço? De quanto combustível irá precisar? Quando oxigêncio irá consumir?".

Mesmo assim, o veterano coronel defende que os UFOs são um assunto sério e digno do interesse científico: "Acredito que se existe uma chance de obtermos algum conhecimento valioso a partir desse estudo, então sim, seria muito melhor se o governo ou alguma agência investigasse essas coisas e todo o aspecto científico delas".

Confira um vídeo histórico sobre o Blue Book

Saiba mais:

Livro: O Pensamento da Ufologia Brasileira - Parte 2

DVD: A Um Passo da Revelação Final

Já está no ar a Edição 191 da Revista UFO. Aproveite!

Agosto de 2012

Viagem dentro de uma nave alienígena