DESTAQUE

Especialistas estão pessimistas quanto à abertura prometida por Hillary Clinton

Por
17 de Maio de 2016
Até o momento não se conhecem as reais intenções de Hillary Clinton ao tratar dos UFOs em sua campanha
Créditos: Arquivo

Hillary Clinton é a mais provável candidata do Partido Democrata para as eleições presidenciais norte-americanas de 08 de novembro próximo. Caso eleita, ela será a primeira presidente mulher dos Estados Unidos, a primeira esposa de um ex-presidente a conseguir o cargo, e a primeira a discutir longamente durante a campanha uma possível liberação de documentação relativa a UFOs. Cada vez mais as seguidas declarações de promessas de abertura e do interesse de Clinton pelo assunto têm ocupado as manchetes de grandes veículos, porém após o otimismo inicial muitos começam a se perguntar o que de fato ela pode fazer.

Nick Pope, responsável pelo Projeto UFO do Ministério da Defesa (MoD) da Grã-Bretanha, entre os anos de 1991 e 1994, disse a respeito: "Não estou certo quanto ao que ela acha que está lá fora". Ele aponta que o projeto de pesquisa britânico encerrou-se em 2009, mas que o equivalente norte-americano, o Blue Book, terminou em 1969. Apesar das seguidas declarações de clinton e seu chefe de campanha, John Podesta, Pope permanece cético quanto as chances de uma abertura, já que desde essa época não existe uma investigação oficial do governo norte-americano a respeito, e os arquivos do Blue Book já se encontram disponíveis. Pope comenta: "As declarações de Clinton e Podesta fazem parecer que existe um grande depósito, semelhante ao que é visto ao final de Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida, além do Blue Book e onde o governo esconde seus segredos".

O britânico diz que podem ter havido investigações esporádicas, a respeito de algum caso específico de interesse como o avistamento de algum piloto de aeronave, mas não como um esforço investigativo formal. Ele afirma desconhecer qualquer setor que ainda retenha documentação secreta. Já Ted Roe, diretor executivo do Centro Aeronáutico Nacional de Registros de Fenômenos Anômalos (Narcap), organismo civil e independente que colhe depoimentos de pilotos e operadores de radar que foram testemunhas de UFOs, suspeita que o governo pode não estar revelando tudo que sabe. Ele relembra o caso da jornalista Leslie Kean, autora do livro OVNIs - Militares, Pilotos e o Governo Abrem o Jogo, que tentou obter documentação a respeito de um incidente ocorrido na Pennsylvania.

MISTÉRIO QUANTO AS INTENÇÕES DE HILLARY CLINTON

crédito: Arquivo
Nick Pope duvida das possibilidades de Hillary Clinton promover a abertura ufológica
Nick Pope duvida das possibilidades de Hillary Clinton promover a abertura ufológica

O governo se recusou a liberar os documentos, e perdeu o processo legal que se seguiu. Entretanto, alegou que os papéis haviam se perdido, e nada foi liberado quanto ao incidente. Retornando a Clinton, Nick Pope questiona quais os motivos que levaram a candidata a insistir tanto no assunto dos UFOs, pois os interessados na matéria não compõem um grupo eleitoral sinificativo. Pope ainda acrescenta: "Isso pode ainda beneficiar o provável candidato republicano, Donald Trump, que poderia alegar em um futuro debate estar preocupado em criar empregos para o público norte-americano, enquanto sua oponente parece mais interessada em alienígenas". O intrigante comportamento de Hillary Clinton tem chamado tanta atenção que recentemente o secretário de imprensa do atual presidente Barack Obama, Josh Earnest, teve que responder questionamentos quanto à Área 51. "Não estou ciente de qualquer plano do presidente em tornar pública alguma informação a respeito disso", respondeu Earnest respondeu.

Nick Pope comenta: "Adoraria que ouvesse prova concreta de alienígenas. O mundo seria um lugar muito mais interessante se descobríssemos uma nave extraterrestre em um hangar. Mas sem querer soar arrogante, nunca vi qualquer informação a respeito quando possuía autorização de segurança como funcionário do MoD. Além disso, sei que segredos governamentais ainda são mantidos, mas nestes dias com as facilidades de comunicação e sites e indivíduos dedicados a divulgar segredos, como Wikileaks, Assange, Snowden e outros, creio que algo tangível já deveria ter aparecido". Roe, por seu lado, tendo trabalhado nos últimos 16 anos para a Narcap, é igualmente cético, lembrando que o presidente não tem necessidade de saber sobre certos aspectos de questões de segurança. Além disso, comenta que muitos cientistas, como Stephen Hawking, alertam quanto à ameaça que os alienígenas podem representar: "Eles sugerem que qualquer exposição a uma civilização extraterrestre seria catastrófica. Poderia ser um evento que levaria a nossa extinção".

Visite o site da Narcap

Novo horizonte em vista para NARCAP

Avião teve encontro assustador com UFO em 1967

Debate ufológico aconteceu na Universidade Americana

Governo britânico irá liberar mais arquivos secretos

The New York Times fala sobre Hillary Clinton e os UFOs

John Podesta afirma que convenceu Hillary Clinton a liberar arquivos ufológicos

Depois de 21 anos, os Clintons voltam à atenção da Ufologia Mundial

Saiba mais:

Livro: Quedas de UFOs II

crédito: Revista UFO
Quedas de UFOs II
Quedas de UFOs II

Quedas de UFOs II deixará o leitor perplexo ao mostrar casos de acidentes de discos voadores em vários lugares do mundo, muitas vezes com resgate de seus tripulantes, com e sem vida, geralmente por militares que se incumbem de seu acobertamento. Alguns episódios são extremamente interessantes, como os casos Varginha, Roswell e Coyame, detalhadamente estudados nesta obra, entre muitos outros igualmente relevantes.

DVD: UFOs nos Arquivos Oficiais

Já está no ar a Edição 228 da Revista UFO. Aproveite!

Novembro de 2015

O receio é a extinção de nossa espécie