DESTAQUE

Encontrada estrela irmã do Sol

Por
16 de Maio de 2014
Berçários estelares são os locais onde estrelas nascem, como os Pilares da Criação em foto do telescópio Hubble
Créditos: NASA

Estrelas nascem em berçários estelares, colossais nuvens de gás e poeira ricos em elementos químicos produzidos por outras estrelas que explodiram muito antes. Por vezes os novos sóis permanecem juntos, tais como as Plêiades, estrelas azuis muito quentes formadas nos últimos 100 milhões de anos, e por isso jovens demais para terem mundos adequados à vida. Nosso Sol nasceu muito provavemente em uma nuvem estelar como essa, juntamente com outras estrelas em número de 1.000 a 10.000.

O astrofísico Ivan Ramirez, da Universidade do Texas em Austin e sua equipe analisaram a composição química de várias estrelas procurando similaridades com a nossa. Encontraram dois astros candidatos e então realizaram uma série de simulações utilizando dados de sua trajetória ao redor do centro da Via Láctea. Finalmente, descobriram que há aproximadamente 4,6 bilhões de anos, a época em que o Sol e o Sistema Solar se formaram, uma dessas estrelas, HD 162826, estava próxima da nossa.

Atualmente HD 162826 está a 110 anos-luz de distância na constelação de Hércules e não é exatamente gêmea do Sol por ser mais massiva, mas as informações obtidas por Ramirez e sua equipe permitem especular que seja uma irmã do Sol, nascida no mesmo berçário estelar. Quando as estrelas nascem a tendência é que deixem essas regiões e muitas vezes a nuvem original acaba destruída por ser consumida por estrelas, ou pela explosão dos sóis mais massivos e que duram bem menos tempo.

IRMÃOS DO SOL PODEM ABRIGAR PLANETAS COM VIDA EXTRATERRESTRE

As obsevações de HD 162826 tiveram início há 15 anos e não foram encontrados sinais da existência de grandes planetas gasosos em sua órbita. Contudo, os astrônomos afirmam ser considerável a possibilidade de mundos rochosos como a Terra, Marte ou Vênus. A equipe de Ramirez ainda não tem certeza total quanto a esse astro ser um irmão do Sol, mas as técnicas utilizadas devem ser desenvolvidas, a fim de que a busca por outros irmãos de nossa estrela prossiga. Os astrônomos esperam descobrir o local de nascimento do Sol e suas implicações para a origem da vida na Terra. Eles esperam que o telescópio Gaia, a ser lançado pela Agência Espacial Europeia (ESA) em dezembro, possa auxiliar a identificar esses irmãos e irmãs do Sol.

Civilizações alienígenas avançadas, como procurar?

Vida pode ter existido logo após o surgimento do Universo

Encontrada a primeira Terra alienígena

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

DVD: Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

crédito: Revista UFO
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial
Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

Veja em 50 Anos de Exploração Espacial os momentos mais emocionantes da trajetória da NASA, desde o primeiro homem em órbita até as missões do ônibus espacial. Reveja o incrível vôo de John Glenn na missão Friendship 7, o sucesso da Apollo 11 e os primeiros passos de Neil Armstrong na Lua, as viagens seguintes ao satélite e as operações conjuntas com a nave soviética Soyuz. Conheça a verdadeira razão de não voltarmos mais à Lua e descubra que o destino agora é Marte, Vênus, Júpiter e mundos além do Sistema Solar, e quais são os planos da NASA para alcançá-los.

Já está no ar a Edição 206 da Revista UFO. Aproveite!

Dezembro de 2013

Somos vigiados por seres extraterrestres?