DESTAQUE

Descoberto exoplaneta próximo que pode ser habitável

Por
08 de Novembro de 2012
Concepção artística de HD40307g
Créditos: J. Pinfield, Universidade de Hertfordshire

Um novo estudo acaba de ser aceito para publicação pelo jornal Astronomy & Astrophysics, e aponta para a descoberta de mais três planetas orbitando a estrela HD40307, uma estrela pouco menor que o Sol situada a 42 anos-luz de distância. Esse astro já possuía confirmados outros três mundos, todos em órbitas próximas que os tornavam excessivamente quentes.

Não é o caso de um dos novos planetas, designado HD40307g. Ele orbita a uma distância de 90 milhões de km, o que pode significar que não mantém a mesma face voltada para a estrela como seus companheiros interiores. E mais importante, esse distanciamento que cai na região habitável de seu sol pode propiciar-lhe temperaturas de superfície adequadas para a presença de água em estado líquido, condição essencial para a existência de vida como a conhecemos.

O estudo, do qual Hugh Jones da Universidade de Hertfordshire da Inglaterra é co-autor, aumentou a quantidade de mundos naquele sisterma para seis, e foi realizado utilizando-se o instrumento Harps do observatório do ESO [Observatório Europeu do Sul] de La Silla, no Chile. Semanas atrás o mesmo Harps serviu para comprovar a existência do planeta Alpha Centauri Bb, o mais próximo do sistema solar.

O Harps [Localizador de Planetas Muito Acurado de velocidade Radial] é um espectrógrafo instalado no telescópio de 3,6 m de abertura do consórcio ESO em La Silla, capaz de medir deslocamentos estelares de até 3,5 km/h com alta precisão. Tal deslocamento é provocado pela gravidade de um planeta em órbita da estrela-alvo, e o instrumento é responsável por diversos dos exoplanetas localizados nos últimos anos.

Todos os planetas localizados nesse sol estão classificados como super-Terras, e devem ser maiores que nosso planeta mas não a ponto de serem gigantes gasosos. HD 40307g possui uma massa equivalente a 7 vezes a da Terra. Jones explica: "A longa órbita do novo planeta significa que seu clima e atmosfera devem ser propícios a abrigar vida".

Outras super-Terras habitáveis já foram localizadas anteriormente, como Kepler-22b, anunciado em dezembro de 2011. Localizado pelo telescópio espacil de mesmo nome, operado pela NASA, esse mundo está a 600 anos-luz de distância. Porém, como HD 40307g está a somente 42 anos-luz daqui, os cientistas têm esperança de que os novos telescópios que passarão a operar na próxima década possam obter imagens diretas dele.

Confira um infográfico de HD 40307g

Tipos de exoplanetas já localizados

Vídeo com uma animação do sistema da estrela HD 40307

Enciclopédia dos planetas extrassolares

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

DVD: 50 Anos de Exploração Espacial – Parte 3

Já está no ar a Edição 146 da Revista UFO. Aproveite!

Outubro de 2008

Eles estão de volta, mais audazes e desafiadores