DESTAQUE

Curso da MUFON ensina como investigar casos ufológicos

Por
22 de Novembro de 2010
Logotipo da agência
Créditos: MUFON

"O estudo científico do Fenômeno UFO para o beneficio da humanidade" (MUFON)

A conhecida e respeitadíssima Mutual UFO Network (MUFON) iniciou-se no ano de 1969, pegando de onde a Força Aérea Norte-Americana (USAF) havia parado após o suposto término do projeto Blue Book. Foi estabelecida como entidade investigativa de Ufologia em 30 de maio de 1969, a fim de dar credibilidade ao assunto.

A organização possui agora milhares membros em todo o mundo, operando uma rede global de diretores regionais [O ufólogo e editor da Revista UFO A. J. Gevaerd é diretor nacional da entidade no Brasil] para investigações de campo, de aparições e relatos sobre UFOs ou objetos voadores não identificados. É realizado um congresso internacional anual e publicado o jornal mensal MUFON.

Sua missão é o estudo científico dos UFOs, com metodologia, investigação, pesquisa, instrução e a educação. Antes de iniciar a investigação real, decorrente de um relatório ufológico, o investigador de campo estagiário precisa de uma base completa nas seguintes áreas:

• Ética Investigativa - Mais importante, o estagiário deve entender e respeitar o princípio do anonimato - identificadores de retenção de identidade testemunhal quando pessoas que não fazem parte do relatório assim desejarem ou sob sua avaliação no prazo da MUFON

• Métodos de entrevista - Preparação, controlando a configuração, a seqüência da obtenção de um relato completo, reconhecendo as percepções sensoriais, analisar a linguagem corporal da testemunha, escuta ativa, a interpretação do relato oral e tirando conclusões. São de vital importância

• Contatos colaterais - Em uma determinada circunstância, o estagiário deve estar ciente de para manter contato com funcionários públicos e/ou outros, entes de resolver potencialmente o relatório como um equívoco, determinar a confiabilidade das pessoas, como testemunhas, ou identificar outras que possam ter testemunhado e relatado o mesmo evento

• Formação técnica - Uma experiência de trabalho deve ser enviada para o estagiário sobre os temas de anomalias climáticas, astronomia, aeronaves convencionais (principalmente as configurações de iluminação), os satélites no espaço, equipamento fotográfico e métodos, e as ciências do solo

• Back Ground Check [Checagem e Verificação] - A MUFON irá realizar um criterioso Back Ground, verificar todos os candidatos antes da emissão de uma denominação para investigador de campo. Se ficar determinada que a seleção não é aceitável para MUFON, o campo de designação investigador não será entregue ao requerente.

crédito: MUFON
Logo da MUFON
Logo da MUFON

Este autor vai disponibilizar o manual da entidade, completo (mas no original, em inglês), brevemente aos interessados. Abaixo, alguns vídeos educativos. Aproveitem, que estão dublados:

Curso para investigador - parte 01

Curso para investigador - parte 02:

Já está no ar a Edição 155 da Revista UFO. Aproveite!

Julho de 2009

Uma resposta implacável ao pessimismo