DESTAQUE

Cosmonautas soviéticos escondem a verdade sobre UFOs

Por
02 de Junho de 2010
vp
Créditos:

O Fenômeno UFO nunca existiu na antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), atual Rússia, pelo menos nos registros oficiais. Houve inúmeras histórias sobre objetos voadores não identificados, que puderam ser ouvidas a partir de indivíduos suscetíveis, mas cosmonautas soviéticos nunca disseram nada sobre o assunto, apesar de terem muito a compartilhar. O ex-cosmonauta soviético Vladimir Kovalenok apareceu numa conferência de imprensa dedicada à fenômenos insólitos e anômalos no espaço e confirmou que tinha testemunhado algo inexplicável durante o seu trabalho a bordo da estação orbital Salyut. Disse que uma vez viu um UFO sobre a órbita da Terra, pedindo a seu parceiro Viktor Savinykh, para buscar uma câmera. Enquanto Savinykh tentava encontrar a câmera, o objeto explodiu diante dos olhos de Kovalenok, se dividindo em duas partes, tendo algo como uma ponte conectando essas metades, parecido com um haltere. Desapareceu antes que o outro cosmonauta estivesse pronto para fotografá-lo, porém uma forte emissão radioativa foi registrada na Terra logo após o acontecimento com o UFO. Kovalenok disse que muitos dos seus colegas tinham testemunhado algo incomum em uma série de ocasiões, mas eles decidiram não trazer essas questões à atenção pública.

Pavel Popovich era piloto de um vôo, de Washington para Moscou, em 1978. O avião voava à altura de cerca de 10 mil metros, quando reparou um objeto triangular luminescente voando na mesma trajetória da sua aeronave. A velocidade do triângulo foi maior do que a do avião - mais de 1.700 km/h. Os cosmonautas Gennady Strekalov e Gennady Manakov viram um UFO brilhante esférico aparecendo no céu sem nuvens, acima de Newfoundland, em 1990. A esfera desapareceu sem deixar rastro dez segundos mais tarde. Em 1991, Musa Manarov estava observando o módulo com a nova tripulação, aproximando-se da estação espacial Mir, filmando o processo em vídeo. De repente, viu um objeto em formato de antena separando-se a partir do módulo. Ele informou os cosmonautas no interior do módulo de que algo tinha desencaixado deles. No entanto, nunca foi possível identificar o objeto, apesar de ter sido filmado em câmera.

Os profissionais do espaço certamente informaram seus órgãos diretivos de todos esses e muitos outros estranhos incidentes. Todas as histórias foram provavelmente documentadas e posteriormente classificadas. Muitas vezes, testemunharam outros eventos inexplicáveis acontecendo no espaço, disse Vladimir Kovalenok. Psicólogos freqüentemente alertam cosmonautas antes das suas missões espaciais para a possibilidade de experimentar um fenômeno conhecido como estado alterado de consciência. Um cosmonauta russo disse em 1994 que ele e sua parceira tiveram inúmeras visões quando estavam trabalhando a bordo da estação Mir por seis meses. Pareceu-lhes que eles estavam se transformando em criaturas estranhas - e até mesmo animais humanóides de origem extraterrestre.

Saiba mais:

UFOs na Rússia

UFOs: Conexão Russa