DESTAQUE

Cometa que passará em 2013 será muito brilhante

Por
02 de Outubro de 2012
Cometa Hale-Bopp: como ele, muitos desses corpos são tomados erroneamente como arautos do fim do mundo
Créditos: Cometografia.com

Foi anunciada a descoberta do cometa ISON, também conhecido pela sigla C/2012 S1. O fato foi divulgado pelos astrônomos russos Vitali Nevski e Artyom Novichonok, que utilizaram um telescópio de 40 cm de abertura pertencente a rede ISON (rede Óptica Científica). O objeto foi fotografado a uma distância de 1 bilhão de quilômetros da Terra, em meio a constelação de Câncer.

A órbita do 2012 S1 já foi calculada, e seu periélio, o ponto de máxima aproximação com o Sol, se dará em 28 de novembro de 2013, a uma distância de somente 1,2 milhões de km da superfície da estrela. Tamanha aproximação tem feito os astrônomos especularem acerca da possibilidade de o cometa ser muito brilhante, a ponto de talvez ser visto a luz do dia.

Outro motivo que tem chamado a atenção da comunidade astronômica é a semelhança entre a órbita do 2012 S1 e a do corpo conhecido como Grande Cometa de 1680. Naquele ano, esse objeto deu um verdadeiro show nos céus, sendo visível durante o dia, exibindo uma cauda que se estendia por um comprimento de 70 graus de arco. Como comparação, um punho fechado mantido a distância de um braço esticado mede aproximadamente 10 graus.

crédito: Lyrandgyastronomers.blogspot.com
Imagem do Grande Cometa de 1680
Imagem do Grande Cometa de 1680

Alguns chegam mesmo a especular que poderia se tratar do próprio cometa de 1680 completando uma longa órbita elíptica. O cometa ISON será visível a olho nu próximo a constelação de Leão em outubro de 2013, estando perto de Marte no dia 16 desse mês.

crédito: Remanzacco Observatory
Foto do Cometa ISON
Foto do Cometa ISON

Nos dias anteriores a máxima aproximação com o Sol o cometa deve exibir seu maior brilho. Os cientistas não especulam qual tamanho sua cauda pode atingir, e o que podemos aguardar é que os tradicionais pregadores do fim do mundo não se animem a espalhar suas irresponsabilidades, permitindo que as pessoas acompanhem o belo espetáculo.

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

DVD: 50 Anos de Exploração Espacial – Parte 3

Já está no ar a Edição 192 da Revista UFO. Aproveite!

Setembro de 2012

Novos aspectos do fenômeno