DESTAQUE

China recupera contato com rover Yutu

Por
14 de Fevereiro de 2014
Montagem do cenário do local de pouso da sonda Chang´e 3, com o Yutu adiante
Créditos: Agência Espacial Chinesa

Ao contrário do noticiado anteriormente, os técnicos da agência espacial chinesa conseguiram restabelecer contato com o rover Yutu, após seu segundo período de hibernação na noite lunar. De acordo com o porta-voz do programa lunar chinês, Pei Zhaoyu, "Yutu voltou a viver. Nossos especialistas ainda trabalham para verificar as causas da anormalidade do controle mecânico".

Em 12 de fevereiro último outra agência de notícias, a China News, havia informado a perda do rover. Agora a posição oficial é que o Yutu ainda pode ser salvo. Ele e a sonda estática Chang´e 3 pousaram na Lua em 14 de dezembro de 2013, na primeira tentativa de alunissagem realizada pela China. Isso tornou esse país o terceiro a conseguir essa proeza, após União Soviética e Estados Unidos.

De acordo com os informes chineses, no dia 11 de fevereiro, após o final da noite lunar, o Yutu falhou em responder aos comandos enviados da Terra. De acordo com a Xinhua, dados ainda estão sendo coletados e analisados, e os chineses esperam conseguir fazer com que o robô volte a operar normalmente.

NOMES VINDOS DE LENDAS CHINESAS

Ainda segundo Pei: "O robô está agora sendo retornado à sua função de recepção de sinal normal". Alguns operadores de rádio amadores afirmaram no dia 12 de fevereiro conseguir captar sinais vindos do Yutu. Especialistas de outros países temiam que, após o anúncio da anormalidade mecânica, o rover não sobrevivesse à sua segunda noite lunar, quando as temperaturas descem de 100ºC nas regiões iluminadas pelo Sol para -173ºC durante o período de escuridão.

Yutu e a sonda Chang´e 3 usam painéis solares como fonte de alimentação, porém possuem pequenas baterias movidas a plutônio a fim de se manterem aquecidos durante a noite lunar, que dura 14 dias terrestres. As sondas lunares chinesas são batizadas com o nome de uma deusa da cultura daquele país, ao passo que Yutu significa coelho de jade, sendo o mascote da deusa Chang´e. O rover já se afastou 100 m da sonda, na direção sul, e a Xinhua informa que a Chang´e 3 opera normalmente. As duas sondas já realizaram vários trabalhos científicos na região visitada, um depósito de material vulcânico.

Site da agência espacial chinesa

Galeria de fotos da missão

Em busca de vestígios alienígenas na Lua, cientistas querem grande equipe

Saiba mais:

Livro: Terra Vigiada

crédito: Revista UFO
Terra Vigiada
Terra Vigiada

Terra Vigiada não é um livro comum, mas um verdadeiro dossiê fartamente documentado que comprova que inteligências extraterrestres observam e monitoram nossos arsenais atômicos. O livro contém dezenas de depoimentos prestados por militares norte-americanos que testemunharam a manifestação de discos voadores sobre áreas de testes nucleares, nas décadas de 40 a 70, comprovando que outras espécies cósmicas mantêm nossas atividades bélicas sob severa e contínua vigilância. Hastings vai mais além e mostra em Terra Vigiada que não é incomum discos voadores interferirem nos experimentos de lançamento, muitas vezes inutilizando as ogivas nucleares a serem detonadas, ou sobrevoarem silos de mísseis armados.

DVD: Pacote NASA: 50 Anos de Exploração Espacial

Já está no ar a Edição 44 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2006

A Lua, sempre a Lua a nos servir de fonte de mistérios e assombro