DESTAQUE

Avião espacial secreto bate recorde em missão

Por
14 de Abril de 2014
Lançamento da missão OTV-3 do X-37B, em 11 de dezembro de 2012
Créditos: United Launch Alliance

Em 26 de março último, o avião espacial não tripulado X-37B, operado pela Força Aérea norte-americana (USAF), completou 470 dias em órbita da Terra. É o maior período no espaço para qualquer veículo similar, superando em muito a duração de voos dos ônibus espaciais da NASA, aposentados em 2011.

O exemplar em órbita é o primeiro de dois construídos, utilizado anteriormente em um voo de 225 dias em 2010 designado como OTV-1. A sigla significa Teste de Veículo Orbital. Um ano depois, a missão OTV-2, com o segundo X-37B, durou 469 dias, enquanto a atual OTV-3 teve início em 11 de dezembro de 2012, sem data para terminar. Se permanecer em órbita até 25 de abril próximo, o drone completará 500 dias em órbita.

O X-37B é operado desde o Esquadrão de Experimentação Espacial da Base Aérea de Schriever no Colorado. O programa tem tido seus lançamentos e pousos na Base Aérea de Vandenberg na Califórnia e há planos de usar futuramente o Centro Espacial Kennedy da NASA, na Flórida. Igualmente um antigo hangar da frota de ônibus espaciais, o OPF-1 (Instalação de Processamento do Orbitador), pode ser convertido para ser usado para recuperar e preparar o VANT.

ESPECULAÇÕES SOBRE MISSÕES SECRETAS

O X-37B começou como um projeto da NASA que foi transferido para a USAF. Cada aeronave mede 8,8 m de comprimento e 4,5 m de envergadura, com peso de decolagem de 4.990 kg. Em órbita é abastecido por energia solar graças a um painel que se desdobra e o robô sobe ao espaço com um foguete Atlas 5, sendo capaz de operar em órbitas de 177 a 805 km de altitude. O compartimento de cargas mede 2,1 por 1,5 m e muita especulação tem sido feita quanto ao que o veículo leva ao espaço e o propósito de suas missões.

Este é somente o segundo avião espacial capaz de pouso autônomo, o primeiro tendo sido o Buran soviético, que realizou somente um voo não tripulado que terminou com o pouso no Cosmódromo de Baikonur em 15 de novembro de 1988, sendo abandonado em seguida. O objetivo das missões do X-37B de acordo com os militares norte-americanos é o teste de novas tecnologias, porém especialistas apontam outros possíveis usos. Na atual missão o drone tem feito passagens regulares sobre a China e a Coreia do Norte, possivelmente em missão de reconhecimento. Outros rumores falam a respeito do desenvolvimento da variante X-37C, maior e capaz de levar astronautas ao espaço.

Confira um vídeo do pouso da missão OTV-2 do X-37B:



Galeria de fotos do X-37B

Infográfico sobre os principais aspectos do X-37B

X-37B lançado em nova missão secreta

VANT utilizado por jornal confundido com UFO durante protesto

VANT X-47B realiza primeiro pouso em porta-aviões

Saiba mais:

Saiba mais:

Livro: Terra Vigiada

crédito: Revista UFO
Terra Vigiada
Terra Vigiada

Terra Vigiada não é um livro comum, mas um verdadeiro dossiê fartamente documentado que comprova que inteligências extraterrestres observam e monitoram nossos arsenais atômicos. O livro contém dezenas de depoimentos prestados por militares norte-americanos que testemunharam a manifestação de discos voadores sobre áreas de testes nucleares, nas décadas de 40 a 70, comprovando que outras espécies cósmicas mantêm nossas atividades bélicas sob severa e contínua vigilância. Hastings vai mais além e mostra em Terra Vigiada que não é incomum discos voadores interferirem nos experimentos de lançamento, muitas vezes inutilizando as ogivas nucleares a serem detonadas, ou sobrevoarem silos de mísseis armados.

DVD: Revelando os Segredos da Área 51

Já está no ar a Edição 161 da Revista UFO. Aproveite!

Janeiro de 2010

Eles estão de volta, e ainda mais desafiadores