DESTAQUE

A verdade sobre a liberação de documentos da USAF

Por
26 de Janeiro de 2015
Os documentos do Projeto Blue Book, na verdade, estão disponíveis publicamente há vários anos
Créditos: Arquivo Revista UFO

Na semana passada repercutiu por todo o mundo, inclusive em grandes portais no Brasil, a notícia acerca da liberação de arquivos antes classificados, contendo os documentos do Projeto Blue Book. Este foi o terceiro projeto de estudo de UFOs da Força Aérea Norte-Americana (USAF), iniciado em 1952 e encerrado em 1969. Dos 12.618 casos, oficialmente a USAF reconhece como inexplicáveis 701, tendo finalizado o Blue Book sob a alegação de que o Fenômeno UFO não representava ameaça à segurança nacional.

A Revista UFO, naturalmente, repercutiu a história em seu site, conforme pode ser conferido clicando aqui. Contudo, em nome da transparência e da verdade, é agora necessário que seja acrescentada uma importante informação: tais documentos já se encontravam disponíveis a qualquer um que desejasse obtê-los, disponibilizados no site dos Arquivos Nacionais dos Estados Unidos, no mesmo link que disponibilizamos na nota anterior. Nada há de novo ou inédito nos documentos, que representam parte da história da Ufologia Mundial.

Esse grande alvoroço, criado em meio à Comunidade Ufológica Norte-Americana, se deve ao fato de o site Black Vault haver disponibilizado os documentos do Blue Book no formato PDF. No site dos Arquivos Nacionais, os mesmos estão na forma de fotografias, no formato Jpeg, de cada uma das 130.000 páginas produzidas durante o funcionamento do projeto. Ou seja, no fundo trata-se de um golpe publicitário destinado a aumentar a visitação do já citado Black Vault.

TRANSPARÊNCIA QUANTO AOS UFOS AINDA PRECÁRIA

O governo norte-americano sempre esteve entre os menos propensos a debater abertamente o Fenômeno UFO. Por isso, não espanta o fato de, nas 130.000 páginas disponibilizadas do Blue Book, não haver qualquer informação significativa sobre a realidade dos discos voadores. Outros governos, pelo contrário, possuem uma atitude muito mais aberta e disponibilizaram documentos antes classificados contendo informações valiosas, capazes de realmente acrescentar dados ao que a Ufologia já levantou ao longo de mais de 60 anos. Inclusive o governo e Forças Armadas do Brasil, especialmente a Força Aérea Brasileira (FAB), graças também à Campanha UFOs: Liberdade de Informação Já, movida pela Revista UFO, que já obteve a liberação de milhares de páginas oficiais.

Consulte os documentos nos Arquivos Nacionais dos EUA

Assista a uma palestra de A. J. Gevaerd, editor da Revista UFO, a respeito da abertura ufológica brasileira

Governo Brasileiro libera um dos mais importantes documentos secretos sobre UFOs até agora

Baixe os documentos liberados graças à campanha UFOs: Liberdade de Informação Já

Organograma do Sistema de Investigação de Objetos Aéreos Não Identificados (Sioani)

Saiba mais:

Livro: UFOs: Arquivo Confidencial

DVD: UFOs e ETs na Amazonia

crédito: Revista UFO
UFOs e ETs na Amazonia
UFOs e ETs na Amazonia

Avistamentos de discos voadores e contatos diretos com seus tripulantes são investigados oficialmente e descritos neste documentário. Contém a entrevista exclusiva com o coronel Uyrangê Hollanda, comandante da Operação Prato. Este é o relatório completo da missão militar que se estabeleceu na área para identificar os objetos voadores não identificados lá observados. Seu personagem central é o coronel Uyrangê Hollanda, comandante da Operação Prato e entrevistado com exclusividade pela Revista UFO, que revela detalhes das ações militares na área.

Já está no ar a Edição 203 da Revista UFO. Aproveite!

Agosto de 2013

O todo é maior do que a soma das partes

UPDATED CACHE