DESTAQUE

ONU demonstra aceitar que pode existir vida extraterrestre

Por
15 de Outubro de 2010
A pesquisadora participa de discussões sobre o espaço
Créditos: iisd ca

A agência UOL de notícias disponibilizou trecho de vídeo da EFE (abaixo) em que a diretora geral do United Nations Office for Outer Space Affairs [Escritório das Nações Unidas para Assuntos do Espaço Exterior, Unoosa], a astrofísica Mazlan Othman, disse que por estatísticas pode ser que haja vida extraterrestre. No entanto, negou novamente que o organismo internacional vá nomeá-la embaixadora para esse tipo de contatos. Ela está participando de debates na Assembléia para cooperação internacional sobre os usos pacíficos do espaço sideral.

Palavras perfeitamente normais e dentro do conhecimento de todos. Até conservadoras, em relação ao que muitos cientistas imaginam sobre tal possibilidade atualmente. Mazlan esteve recentemente envolvida num boato de que estaria sendo cogitada para representar o planeta em caso de contato oficial com extraterrestres, nota que foi imediatamente rebatida e desmentida na ocasião.

No entanto, esta nova declaração, da própria, logo depois de já haver circulado pela rede mundial com a suposta pseudo-notícia anterior, poderá produzir um efeito inverso do apaziguador esperado por sua equipe, pois a astrofísica está sob os olhos da mídia e, principalmente, daqueles que levantaram o outro "furo" de reportagem e foram desacreditados.

De onde partiram tais rumores e se foi intencional ou não, ficamos apenas nas conjecturas. O certo é que o envolvimento da ONU com UFOs e possíveis acordos de lideranças mundiais sobre o desacobertamento gradual e efetivo da presença alienígena na Terra já foi tema de discussões bem embasadas e forneceu indícios positivos de que as nações estão se abrindo ao assunto.

Assista:

Já está no ar a Edição 166 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2010

E se eles descerem na Terra, o que devemos fazer?