NOTÍCIA

Aumentam as desconfianças quanto à divulgação do programa do Pentágono para investigar UFOs

Por Equipe UFO | 29 de Dezembro de 2017

A confusão aumenta quanto ao programa de investigação ufológica do Pentágono
Créditos: Arquivo

O programa Identificação de Ameaças Aéreas Avançadas (AATIP) revelado através de uma matéria do jornal The New York Times, continua a concentrar as atenções da Ufologia Mundial. O mundo ficou então sabendo a respeito desse projeto de investigação ufológica, levado a cabo entre 2007 e 2012 a um custo de 22 milhões de dólares, ínfimo comparado ao orçamento total da Defesa, da casa de bilhões de dólares. Luis Elizondo, antigo chefe do programa, alega que trabalhou junto a setores da Inteligência e militares, incluindo a Marinha norte-americana, e divulgou dois vídeos, disponíveis nos links abaixo, como exemplo do que era investigado. Elizondo afirma que renunciou a seu cargo em outubro passado, em protesto contra o que considerava excessivo sigilo nas investigações, alegando defender uma maior abertura do governo dos Estados Unidos quanto a essa questão.

Contudo, novas informações apontam para a direção contrária ao otimismo manifestado por alguns, especialmente na Ufologia Mundial, no sentido de que esses seriam os primeiros passos para um grande esforço de desacobertamento por parte do governo norte-americano. O Post teria tido acesso a um memorando interno no qual os vídeos foram liberados para Elizondo com a finalidade de educar o público e treinar pilotos a fim de melhorar a segurança da aviação. Entretanto o ex-agente alega em entrevistas que pretendia usá-los para pesquisa ufológica e expor o programa secreto de investigação. Alejandro Rojas, do site Open Minds TV, resume: "De acordo com o Washington Post Luis Elizondo essencialmente conseguiu os vídeos sob falsos motivos. Ele alega que queria usar os vídeos para treinar pilotos, e não disse que pretendia mostrar que os UFOs são reais, que é exatamente o que tem alegado".

Alejando Rojas vai mais além: "Acredito que é por isso que os vídeos são curtos e têm tão pouca informação, principalmente o segundo. Creio que fizeram isso caso alguém quisesse vazá-los, então não forneceriam muitos dados". Para tornar tudo ainda mais confuso, o jornal The Sun contatou a Agência de Inteligência da Defesa (DIA), órgão que deu início ao AATIP, que alegou não ter liberado vídeo algum, e que está ocorrendo uma confusão a respeito do propósito do programa, que de acordo com eles é investigar ameaças aeroespaciais estrangeiras de longo prazo contra os Estados Unidos. O veículo entrou então em contato com o Departamento de Defesa, que afirmou não saber a qual confusão a DIA está se referindo, além de destacar que o AATIP foi encerrado em 2012, contrariando Elizondo, que alega que a investigação prossegue até hoje. Muitos pesquisadores passaram a criticar o texto original do Times, que aponta ser a divulgação obra de altos funcionários governamentais, quando na verdade somente Elizondo se envolveu com esta. Já havia sido apontado que, diante do total do orçamento da Defesa, o AATIP é um projeto minúsculo, e tornam a emergir as críticas contra o comportamento errático e excessivamente crédulo do líder da iniciativa To the Star Academy, Tom DeLonge, a qual Luis Elizondo se uniu, alegadamente com o propósito de pesquisar tecnologia de UFOs. Assim, o tom otimista de algumas figuras da Ufologia Mundial certamente não se justifica, e a prudência manda aguardar os próximos desenvolvimentos dessa estranha história.

crédito: Arquivo
Luis Elizondo, sobre o qual pairam suspeitas cada vez maiores
Luis Elizondo, sobre quem pairam suspeitas cada vez maiores

Leia a íntegra da matéria do The New York Times


Assista ao primeiro vídeo

Confira o segundo vídeo

Pesquisador irá cobrar explicações sobre programa de investigação ufológica do Pentágono

Pesquisadores alertam para a necessidade de cautela diante da revelação do programa do Pentágono

Novas revelações a respeito do vídeo de perseguição de um UFO por caças norte-americanos

Pentágono admitiu pesquisa ufológica realizada entre os anos de 2007 e 2012

Crescem as críticas contra Tom DeLonge e seu projeto

Saiba mais:

Livro: UFOs na Antártida

crédito: Revista UFO
UFOs na Antártida
UFOs na Antártida

O lugar mais inóspito e longínquo da Terra, que impõe as mais terríveis condições para quem nele ousa se aventurar, é mais um dos pontos do planeta que não passa desapercebido das curiosas inteligências alienígenas que nos visitam há milênios. É na totalmente desabitada Antártida onde se registram casos ufológicos fantásticos e de rica variedade. UFOs na Antártida, do veterano ufólogo argentino Rubén Morales, faz um levantamento minucioso de todas as principais ocorrências ufológicas no Continente Branco, com consulta a documentos oficiais desclassificados de várias nações, entrevistas diretas com seus protagonistas e uma meticulosa análise dos dados, em uma proposta inédita e seu resultado é impressionante.

DVD: Hangar 18: Arquivos Secretos

Saiba mais sobre este assunto na edição 227 da revista

Comentários