DESTAQUE

UFOs na Antártida repete no Brasil o sucesso que teve na Argentina

Por
29 de Dezembro de 2016
UFOs na Antártida é a versão brasileira de Los OVNIs de La Antártida, de Rubén Morales, grande sucesso no país vizinho
Créditos: Revista UFO

O argentino Rúben Morales é reconhecido como um dos principais pesquisadores de seu país. Psicólogo social e professor de comunicação política da Universidade Salvador, em Buenos Aires, ele é especialista na intrigante questão da aparição de UFOs sobre o continente antártico, chegando inclusive a ganhar o prêmio Almirante Irizar por duas vezes, que é outorgado aos melhores trabalhos sobre a Antártida pelo Centro Naval de Buenos Aires. Morales segue uma linha estritamente científica de pesquisa e na entrevista que concedeu para a edição 241 da Revista UFO ressaltou a falta de preparo de muitos ufólogos para lidar com essa importante questão.

Disse ele: "Muitos ufólogos reclamam que suas atividades são ignoradas pela ciência ortodoxa, mas quando começamos a estudar seus currículos percebemos seu baixo nível de formação acadêmica... Não somos formados em ciência alguma. Outros ufólogos percorrem os sets de TV passando mensagens sensacionalistas e mostrando vídeos suspeitos para elevar a audiência dos canais. Por que a ciência vai nos ter em conta, se nenhum cientista faria parte dessas intervenções midiáticas da imprensa ruim?". Rúben Morales segue essa linha estritamente científica, o que fica evidente em UFOs na Antártida, resultado de um extenso trabalho de estudo e pesquisa, além de uma paciente busca pelas testemunhas, civis e militares, de alguns dos espetaculares casos narrados no livro.

Para Rúben Morales, a Ufologia necessita de uma renovação, especialmente em suas práticas: "Eu me refiro à divisão de pensamento que coloca de um lado o culto aos UFOs e, de outro, o ceticismo, e ambos ficam às voltas ao redor do mito extraterrestre. O primeiro em atitude de defesa e, o segundo, de negação simples, ao invés de ter uma atitude de dúvida. Por não conseguirem atravessar esse sistema fechado e dualista do tipo preto ou branco, perdem a oportunidade de ver um prisma de cores fora dessa casca. Eles obstruem a multiplicidade de abordagens que transcende esse esquema bipolar, maniqueísta e paranoide, onde nós somos os donos da verdade'". Ele destaca, ainda na entrevista em UFO 241, que na Argentina, em meados dos anos 60, não havia a limitação desse sistema de pensamento e os pesquisadores da Marinha Argentina, muito ativos na época quanto aos UFOs, podiam analisar cada caso sob múltiplos critérios.

crédito: Revista UFO
UFOs na Antártida, mais um grande sucesso da Coleção Biblioteca UFO
UFOs na Antártida, mais um grande sucesso da Coleção Biblioteca UFO

ESTUDO UFOLÓGICO OFICIAL

Em 1965, conforme Rúben Morales narra em UFOs na Antártida, tanto a Força Aérea como a Marinha da Argentina pesquisavam a sério o assunto dos UFOs. O pesquisador aponta como maior expoente militar desse período o capitão de fragata Daniel Alberto Perissé, testemunha de importantes eventos acontecidos em julho de 1965, e que veio a conhecer ainda em vida, tendo papel fundamental na publicação de seu livro Fenómeno OVNI: Reflexiones, Investigaciones y Estudios (Fenômeno UFO: Reflexões, Investigações e Estudos, Instituto de Publicações Navais, 2008). Perissé era comandante do Destacamento Naval Decepción, situado na ilha de mesmo nome, e foi o principal investigador e uma das mais importantes testemunhas de avistamentos de enorme repercussão ali acontecidos.

O caso, fartamente explorado pela imprensa argentina em suas edições de 07 de julho de 1965, se deu com uma autêntica revoada do que foi descrito como uma frota de discos voadores, que sobrevoaram as bases argentinas de Decepción e Orcada, a base chilena Presidente Aguirre Cerdá e a Base B britânica. Em 06 de julho a imprensa em Santiago divulgou o comunicado oficial da Força Aérea Chilena, e no dia seguinte os maiores jornais argentinos estamparam manchetes nas primeiras páginas. Os objetos foram descritos como de cor vermelha e verde e bordas amareladas, pareciam fulgurar ao manobrarem, e foram observados por mais de duas horas. O jornal La Razón dedicou toda sua primeira página ao espetacular acontecimento, destacando a opinião de que "Algo está para ocorrer". Esse caso é destacado por Rúben Morales, em UFOs na Antártida, como um dos mais importantes da história da Ufologia Oficial Argentina, e detalhado junto a outras ocorrências com riqueza de detalhes no mais novo livro da Coleção Biblioteca UFO.

crédito: Revista UFO
Rubén Morales no Fórum Mundial de Ufologia
Rubén Morales no Fórum Mundial de Ufologia

Conheça e adquira UFOs na Antártida, de Rubén Morales

Leia uma degustação do livro

Discussões acaloradas e muitas novidades no Fórum Mundial de Ufologia

Fórum Mundial de Ufologia terminou no domingo com absoluto sucesso

UFOs na Antártida é o mais novo lançamento da Biblioteca UFO

Somos Todos ETs é o mais novo livro da Biblioteca UFO

OSNIs: Segredos dos Russos é o novo livro da Biblioteca UFO

Livro de David Childress é o novo lançamento da Biblioteca UFO

Já está no ar a Edição 241 da Revista UFO. Aproveite!

Dezembro de 2016

Um dia a história terá que ser rescrita

UPDATED CACHE