DESTAQUE

Suposto agroglifo descoberto na Califórnia

Por
02 de Janeiro de 2014
O estranho agroglifo não se parece com os que têm surgido na Europa e no Brasil
Créditos: 111th Aerial Photography & Video

O mundo ufológico foi agitado neste Réveillon pela descoberta de um aparente círculo em uma plantação na localidade de Chualar, nas proximidades da pequena cidade de Salinas, na Califórnia. As notícias dão conta de que uma fotógrafa profissional, Julie Belanger, sobrevoava a região no dia 31 de dezembro com seu marido, e os dois avistaram o agroglifo, filmando e fotografando a formação.

As especulações sobre sua suposta origem alienígena, ou sobre sua semelhança com um chip de computador, logo inundaram a imprensa. Belanger concedeu entrevista para a KSBW, filiada local da rede CNN, dizendo que seu primeiro pensamento foi perguntar o que era aquilo. Ela acrescentou: "Era muito bonito. Acredito que é possível que aliens existam, mas não sei se eles iriam fazer um agroglifo para nos enviar uma mensagem".

O consultor da Revista UFO Vanderlei D´Agostino descobriu no perfil de Julie Belanger, publicado na rede social Linkedin, que em meio às suas especialidades de fotografia, documentários e vídeos, inclusive para televisão, estão a produção de vídeos, filmes e mídia, propaganda, direção criativa. "Ou seja, a pessoa certa para produzir um vídeo viral que tomasse a Internet, exatamente como os famosos UFOs do Haiti, por exemplo", sugeriu o consultor. Mas, no entanto, não há nada ainda descoberto estabelecendo a natureza fraudulenta da imagem.

O editor da Revista UFO, A. J. Gevaerd, que pesquisou os agroglifos de Santa Catarina (veja links abaixo), ainda diz que é cedo para emitir uma opinião. Como também pode ser tarde. "Cedo porque nenhum ufólogo ou estudioso dos agroglifos esteve no local, até agora, para examinar a figura de Chuluar. E tarde porque o proprietário da terra onde surgiu decidiu colher sua plantação e destruiu a imagem", diz.

VÍDEO SUSPEITO

Em meio à reportagem da CNN a respeito do fenômeno, estão cenas de outro vídeo, intitulado "Descobrimento do agroglifo de Salinas" e publicado no Youtube pelo usuário Cannot Say (não posso dizer). Aparentemente são duas pessoas que, passando pela estrada em um carro observam flashes de luzes verdes a distância e param para investigar. Outra concentração de luzes vista ao fundo em alguns momentos parece ser da cidade próxima. Com a já tradicional técnica da "câmera nervosa", que treme muito e quase nada mostra, os indivíduos avançam pelo campo, e uma voz diz que é um agroglifo.

É muito evidente a comparação com falsos documentários, ao estilo Bruxa de Blair, Atividade Paranormal e mesmo Contato de Quarto Grau, que alguns ingenuamente continuam a acreditar ser realidade quando não passa de um filme. Criar expectativa com imagens que pouco ou nada mostram é uma antiga técnica cinematográfica para criar tensão na plateia e foi evidentemente usada no vídeo de Cannot Say. Por sinal, além da péssima qualidade, é o único vídeo do canal, e se está ou não de fato ligado ao agroglifo de Salinas não se pode assegurar.

Outras informações têm surgido nas últimas horas, reforçando a possibilidade de ser um viral ou fraude. Uma testemunha de nome Jim Gillott afirmou à KSBW que viu entre 20 e 30 pessoas com escadas aparentemente trabalhando nos campos, nos dias anteriores à descoberta do agroglifo. Jake Gain, outra pessoa entrevistada, afirmou ter visto no mesmo período, dirigindo pela região, indivíduos com seus carros parados próximo ao campo e andando em meio a este. Disse ainda que eles pareciam usar aparelhos portáteis de GPS.

crédito: Revista UFO
O segundo agroglifo surgido em Ipuaçu em novembro de 2013, muito diferente do de Chuluar
O segundo agroglifo surgido em Ipuaçu em novembro de 2013, muito diferente do de Chuluar

DIFERENÇAS PARA OS AGROGLIFOS DE IPUAÇU

O proprietário das terras, Scott Anthony, estava fora da cidade na semana anterior à descoberta do sinal e foi alertado por um de seus empregados descrevendo como a fazenda, de 2.000 acres, havia sido invadida por curiosos. O fazendeiro postou seguranças para impedir o acesso ao terreno, onde ele planta brócolis, ervilhas e alface. O campo onde o agroglifo foi feito é de cevada, plantada entre os cultivos comerciais de Anthony para adicionar nutrientes ao campo. O fazendeiro planejava arar o local na quinta-feira, 02 de janeiro, e efetivamente já há um vídeo comprovando que o agroglifo foi desfeito.

As únicas imagens realizadas no que parece ser o interior do sinal são as que aparecem brevemente nos vídeos das reportagens, disponibilizados abaixo. Embora seja difícil afirmar qualquer coisa, a aparência não é a mesma dos agroglifos de Ipuaçu, que voltaram a aparecer em novembro último. Os sinais de Santa Catarina mostram em seu interior um traçado muito regular, com plantas dobradas e não quebradas, além da presença de forte eletromagnetismo nos dois sinais surgidos em 2013.

Uma informação que passou a circular foi divulgada pela rede de TV KSBW, que chamou uma consultora na linguagem braille, Debra Falanga, para explicar que partes do desenho parecem significar as seguintes cifras: 192 192; B 192 1; 192 192. Falanga comentou: "É fascinante, não sei o que significa mas é isso que é possível ler. Os pontos estão em uma ordem muito específica, tão perfeita que quase parecem feitos por uma máquina". Sabe-se que o IP de muitos computadores no Vale do Silício, também na Califórnia, possuem esse número. E 192 é também o peso atômico do elemento irídio, comum em meteoritos.

Já Jeffrey Wilson, dA Associação de Pesquisadores Independentes de Agroglifos (ICCRA), afirma que o caso pode ser uma farsa. Destaca que o desenho está muito bem alinhado com as vias próximas, e os pontos em braille e o vídeo de Cannot Say podem ser uma campanha de marketing. "Pode ser uma produção para um documentário sobre agroglifos ou filme", acrescenta. Wilson destaca que os Fazedores de Círculos na Inglaterra já foram contratados para realizar trabalhos para a BBC, Nike, History Channel e outras companhias. O mistério sobre o agroglifo de Salinas continua, e a Ufologia Mundial ainda aguarda para saber se pesquisas do mesmo nível das de Ipuaçu foram realizadas no local.

Veja a reportagem da CNN sobre o agroglifo de Chualar:



Filmagem aérea de Julie Belanger mostrando o agroglifo:



Vídeo de Cannot Say, com a suposta descoberta do agroglifo

Assista à reportagem da KSBW sobre a suposta mensagem

Visite o site da ICCRA

Site dos Fazedores de Círculos ingleses

Sai o laudo dos agroglifos de Santa Catarina

Saiba mais:

Livro: O Mistério dos Círculos Ingleses

DVD: Agroglifos: Das Teorias à Realidade


crédito: Revista UFO
Agroglifos: Das Teorias à Realidade
Agroglifos: Das Teorias à Realidade

Os agroglifos já vêm ocorrendo há pelo menos 30 anos, inicialmente na Europa e agora em todo o mundo, inclusive no Brasil, desde 2008. Não existem mais dúvidas de que os agroglifos são mensagens codificadas que certas inteligências não humanas, provavelmente extraterrestres, estão nos transmitindo. Com riqueza de imagens e entrevistas com os maiores especialistas no mistério, o DVD faz uma exploração sem paralelo de alguns dos mais intrigantes agroglifos surgidos em todo o planeta.

Já está no ar a Edição 206 da Revista UFO. Aproveite!

Dezembro de 2013

Somos vigiados por seres extraterrestres?