DESTAQUE

Stephen Hawking afirma que o universo não precisou de Deus para existir

Por
24 de Abril de 2013
Centenas de pessoas acompanharam a apresentação de Stephen Hawking
Créditos: Arquivo

O físico Stephen Hawking apresentou no último 16 de abril uma concorrida palestra gratuita no Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech). O evento foi tão concorrido que a fila para conseguir um ingresso superava 800 metros, começando a ser formada 12 horas antes. Um segundo auditório foi equipado com um telão e havia pessoas oferecendo pagar até 1000 dólares para conseguir entrar.

Tudo para acompanhar a apresentação Origem do Universo, a qual Hawking começou mencionando um antigo mito de criação africano, para em seguida apresentar grandes questões, tais como o motivo de estarmos aqui. O mundialmente famoso cientista salientou que muitas pessoas ainda buscam o divino para confrontar as mais modernas teorias da ciência, o que o fez perguntar: "O que Deus fazia antes da criação divina? Estava preparando o inferno para pessoas questionadoras?"

Depois de passar rapidamente pelo debate histórico e teológico sobre a criação, Hawking revisitou as teorias cosmológicas. Mencionou a do universo estacionário de Thomas Gold e Fred Hoyle, explicando como ela não é apoiada pelas modernas observações da astronomia e astrofísica. O físico igualmente descartou a ideia de um universo oscilante, que alterna entre sucessivos Big Bang e Big Crunchs, que igualmente foram desmentidas pelos modernos instrumentos astronômicos.

Para encerrar o físico descreveu a Teoria M, derivada da Teoria das Cordas e que, segundo ele, consegue explicar o que observa no comportamento do universo. A Teoria M postula a existência de múltiplos universos, surgidos do nada ou do choque entre essas realidades, nos quais infinitos estados e histórias são possíveis. Apenas alguns desses universos paralelos seriam favoráveis à vida e o físico disse se sentir com sorte por viver em uma dessas realidades benignas.

Stephen Hawking fechou sua apresentação com um novo apelo para a humanidade seguir explorando o Cosmos: "Devemos continuar avançando no espaço, em prol do futuro da humanidade. Não acho que iremos sobreviver mais mil anos se não sairmos de nosso frágil planeta". O físico, como faz todos os anos, está passando um mês no Caltech discutindo com colegas, tais como o físico teórico Kip Thorne, os grandes mistérios do universo.

Site do Instituto de Tecnologia da Califórnia

Primeira parte da apresentação de Stephen Hawking

Segunda parte da apresentação de Stephen Hawking

Terceira parte da apresentação de Stephen Hawking

Quarta parte da apresentação de Stephen Hawking

Quinta parte da apresentação de Stephen Hawking

Saiba mais:

Livro: O Pensamento da Ufologia Brasileira - Parte 2

DVD: Os Contatos

Já está no ar a Edição 167 da Revista UFO. Aproveite!

Julho de 2010

É possível estabelecer contato com alienígenas?