DESTAQUE

O grande mistério da Groenlândia no Google Earth e na realidade

Por
08 de Dezembro de 2007
Créditos: Divulgação

Há algumas semanas, vários comentários surgiram na internet sobre um misterioso artefato que teria surgido com o degelo da Groenlândia. A notícia, estranha por si só porque o verão no hemisfério norte já acabou há vários meses, causou sensação entre os usuários do \'google map\' (recurso acessível no site do google que permite visualizar várias regiões do mundo através de milhares de fotos de satélite armazenadas em servidores) e do \'google earth\' (programa que utiliza a mesma base de dados do \'map\').

E para compreender melhor o problema, é importante explicar também, que nenhum dos dois programas do google realiza atualizações constantes nas fotos de satélites dos extremos do mundo (pólos). E quando o fazem, NÃO aparentam ter preocupações porque, sejamos francos, não há necessidade: Não tem NINGUÉM por lá ! Devemos lembrar que a população INTEIRA da Groenlândia (pelo menos até o momento) não passa de 58.000 pessoas (só para comparar, a cidade do Rio de Janeiro tem 6 milhões de habitantes), o que não justifica grandes interesses comerciais na região por parte de uma empresa que monta guias online. Além disso, não há nada mais para se ver naquela região específica além de gelo! Por isso, o erro na hora de se juntar as fotografias é perfeitamente compreensível dentro de uma perspectiva mais realista e não há motivos para tanta confusão.