DESTAQUE

Universidade na Alemanha está estudando os UFOs com sensores inteligentes

Por
06 de Setembro de 2021
Universidade alemã busca desvendar os mistérios que surgem nos nossos céus.
Créditos: Flickr

Existem coisas entre o céu e a terra que não podem ser explicadas: extraterrestres, UFOs, fenômenos celestes desconhecidos? A universidade de Würzburg, na Alemanha, está trabalhando para conseguir a resposta.

Recentemente, quando o Pentágono apresentou seu próprio relatório UFO ao senado dos Estados Unidos, os vídeos dos pilotos de caça americanos circularam pelo mundo. As imagens, inclusive em infravermelho, mostrando objetos no céu, desencadearam uma onda de avistamentos não apenas nos Estados Unidos, mas em todo o mundo. A força-tarefa do Pentágono, que chama os UFOs de “Fenômenos Aéreos Não Identificados” (UAP), chamou a atenção para a seriedade em se investigar o fenômeno.

Mas, embora cientistas estabelecidos em outros países tenham levado as UFOs a sério por anos, as coisas pareciam ruins nas universidades alemãs: a imprensa especializada e a ciência não queriam saber disso. Mas um professor da Universidade de Würzburg vem tentando mudar isso há algum tempo – declarando que a pesquisa sobre UFOs é uma de suas áreas de foco no campo da tecnologia espacial.

Hakan Kayal é professor de tecnologia espacial e especialista na busca por inteligência extraterrestre. Há anos ele pesquisa UFOs e, portanto, todos os fenômenos no céu para os quais não há explicação. “Isso é notável”, disse Kayal em entrevista ao BR, “(...) porque não há pesquisa institucional sobre UFOs em toda a Alemanha e não conheço nenhuma outra universidade em que isso seja um foco ativo.”


O professor Hakan Kayal é o coordenador da pesquisa.
Fonte: Universität Würzburg

Para poder explicar esses fenômenos celestes desconhecidos, a Universidade de Würzburg está desenvolvendo e testando sensores inteligentes. Em cerca de 97% dos casos, os fenômenos são fáceis de explicar se houver dados suficientes disponíveis. No entanto, em 3% das observações, os objetos ainda são inexplicáveis, alguns dos quais mostram um comportamento inteligente.

Kayal explica: “Coisas que parecem acelerar muito rapidamente, fazem mudanças abruptas de direção ou flutuam no local sem fazer qualquer ruído.” Na verdade, o professor considera que é possível realmente encontrar inteligência extraterrestre em um futuro distante. No momento, porém, os pesquisadores ficariam felizes em encontrar vida simples. E, segundo o professor, isso pode ser nos próximos 10, 20 ou 30 anos.

Até então, a pesquisa de Würzburg quer reduzir o número de detecções de falso-positivos e primeiro entender os fenômenos climáticos ainda desconhecidos. Kayal pede que os UFOs sejam examinados em toda a Alemanha em um ambiente científico com maior abertura e sem estigmatização.

Fonte

UFO Recomenda

Já está no ar a Edição 285 da Revista UFO. Aproveite!

Junho de 2021

Quando eles são hostis aos humanos