DESTAQUE

Unidade especial militar britânica está treinando para impedir que alienígenas conquistem a Terra

Por
15 de Janeiro de 2021
O SAS treina duro para diversos cenários de combate, incluindo ataques terroristas e resgate de reféns em situações extremas.
Créditos: UK MOD

Enquanto é dito que o SAS é treinado para uma variedade de cenários de combate, uma das “invasões simuladas” envolve formas de vida extraterrestre, com os riscos que representam totalmente calculados.

O Special Air Service [Serviço Aéreo Especial] do exército britânico ostenta uma unidade de elite de cerca de 20 soldados atualmente sendo treinados para lidar com uma série de “ameaças alternativas”, incluindo um potencial combate com extraterrestres. A unidade de projetos especiais é capaz de usar armas não letais contra muitas ameaças, como uma arma que dispara um spray de espuma que cobre um alvo e endurece rapidamente, deixando o inimigo imóvel.

As ameaças em questão supostamente incluem tudo “... de terroristas a armas biológicas humanas, onde alguém foi deliberadamente infectado com um inseto mortal, até uma forma de vida alienígena”, disse uma fonte à edição, reconhecendo que “... parece loucura, mas o SAS treina para missões de captura para todos os tipos de ameaça”. As tropas teriam treinado junto com as forças especiais dos Estados Unidos, onde, incidentalmente, o Pentágono anunciou a criação de uma nova força-tarefa para investigar “fenômenos aéreos não identificados” observados por aeronaves militares dos Estados Unidos anos antes.


Filmes como Independence Day retratam combates entre militares e alienígenas. Poderia a ficção virar realidade?
Fonte: 20th Century Studios

“A maioria das pessoas acredita que existe vida em outros planetas. Até mesmo Einstein em 1920 disse: ‘Por que a Terra deveria ser o único planeta a sustentar a vida humana?’ Se você acredita nisso, então deve aceitar que a vida alienígena pode representar uma ameaça. Logo, é preciso se planejar para isso”, disse a fonte ao Daily Star. Ele enfatizou a importância de “se preparar” para as ameaças potenciais que a vida alienígena pode representar, dizendo que isso “faz sentido”, apesar da percepção comum de que “parece loucura”.

Apesar do falecido astrônomo e físico Stephen Hawking alertar contra “contatar homenzinhos verdes”, o especialista britânico em UFOs Nick Pope está certo de que o “o tempo está chegando” para novas revelações sobre o Fenômeno UFO e que, segundo ele, poderiam ter um grande impacto nos próximos anos.

Pope, que dirigia o agora extinto departamento de UFOs do governo do Reino Unido, disse que o Ministério da Defesa continua a investigar avistamentos de UFOs, apesar de seu ceticismo formalmente declarado. As investigações de UFOs foram abandonadas pelo Ministério da Defesa britânico (MoD) no final de 2009 com o fundamento de que aparentemente não serviam a nenhum propósito específico de defesa e, além disso, estavam desviando a atenção de questões mais cruciais.

Fonte

Já está no ar a Edição 230 da Revista UFO. Aproveite!

Janeiro de 2016

O que os militares ainda escondem?