DESTAQUE

UFOs, OSNIs e os segredos da Marinha dos Estados Unidos

Por
13 de Março de 2020
Ufo se aproxima de ilha isolada
Créditos: Revista UFO

A Área 51, conhecida como o QG ultrassecreto da Força Aérea norte-americana, tem uma base irmã comandada pela Marinha daquele país. O Centro de Avaliação e Teste Submarino do Atlântico (AUTEC) está ligado a muitas teorias da conspiração e avistamentos de UFOs e OSNIs.

 

Como é público e notório, a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) mantém uma base extremamente secreta para testar e desenvolver tecnologia de ponta conhecida como Área 51, no deserto de Nevada. O que muitos não sabem, porém, é que a Marinha possui sua própria versão da Área 51.

Oficialmente conhecido como Centro Subaquático de Avaliação e Teste do Atlântico (AUTEC), que segundo o Comando de Sistemas Marítimos Naval (NAVSEA) “fornece áreas operacionais instrumentadas em um ambiente de mundo real, para satisfazer os requisitos de pesquisa, desenvolvimento, teste e avaliação de desempenho operacional da prontidão dos combatentes em apoio a todo o espectro da guerra marítima”

Viagem no tempo

O AUTEC está situado na ilha de Andros, nas Bahamas, e começou a ser desenvolvido pela Marinha em 1964. Ele é usado para testar veículos, armas e sistemas subaquáticos, e segundo afirmam os teóricos da conspiração há muita atividade ufológica ao redor da base.

Embora não haja qualquer prova, há muito relatos sobre alienígenas trabalhando com o pessoal da Marinha em uma base submarina ponta do Triângulo das Bermudas, em uma das trincheiras mais profundas do oceano.

Os rumores incluem experiências de viagem no tempo e movimentação de objetos que saem do mar diretamente para o espaço, conhecidos como objetos submarinos não identificados (OSNIs).

 

Localização isolada

 
Uma das poucas fotos do AUTEC. Crédito: US Navy

A base está situada próximo a uma área chamada Tongue of the Ocean [Língua do Oceano – TOTO], um enorme vale em forma de U com base plana medindo 31 km de largura e 240 km de comprimento, cercado por ilhas, recifes e cardumes.

Tudo isso ajuda a isolar a base subaquática de distúrbios oceânicos, especificamente de ruído ambiente elevado. Consequentemente, a área é considerada o local ideal para testar e calibrar veículos, armas e tecnologia subaquáticas.

Os testes de tecnologia ultrassecreta da AUTEC incluem a próxima geração de submarinos, sonar e sistemas de direcionamento e acredita-se que o complexo inclua laboratórios, oficinas e outros equipamentos e tecnologias avançadas usados ??na frota dos Estados Unidos.

 

Super secreta

 
Soldado da Marinha embarcando em direção às Bahamas. Crédito: US Navy


A base também treina e certifica capitães e tripulantes submarinos. Uma instalação associada em West Palm Beach lida com logística e administração da base. Pensa-se que dois voos diários ocorram entre os locais.

Segundo dizem os conspiracionista, muitos avistamentos que ocorrem na região estão ligados às atividades da base e suas bizarras experiências.

Há pouquíssimas informações sobre a base, mas seus militares e equipamentos foram amplamente usados na região das Bahamas após a passagem do furacão Dorian, no ano passado, que arrasou a região.

 

Fontes: Mystery Wire, Express.uk, The War Zone 

Veja abaixo dois videos sobre o assunto:

Já está no ar a Edição 254 da Revista UFO. Aproveite!

Janeiro de 2018

Nas profundezas da Terra