DESTAQUE

UFOs foram observados em Santa Catarina em janeiro

Por
08 de Fevereiro de 2017
Ipumirim, um dos municípios onde avistamentos foram registrados
Créditos: Arquivo

Uma série de avistamentos de luzes não identificadas no céu aconteceu em Santa Catarina, entre os dias 16 e 22 de janeiro. Entre 16 e 17, um grupo de quatro moradores da cidade de Concórdia, também desse estado, visitaram uma fazenda em Água Doce a fim de conhecer o local onde pretendiam fazer um acampamento. A noite já havia caído, quando observaram uma luz estranha aparentemente imóvel no céu. Uma das testemunhas, que prefere não se identificar, afirma que o objeto era maior que uma estrela, emitindo fachos de luzes em várias cores. As testemunhas não souberam precisar quanto tempo permaneceram observando o UFO, que se manteve visível enquanto estiveram no local.

Na mesma noite, na cidade de Irani, moradores observaram mais UFOs luminosos por volta das 23h00. Uma das testemunhas afirma ter visto uma luz se deslocando em baixa velocidade contra o céu estrelado, acompanhando com o olhar até que desaparecesse. O comportamento se assemelha ao de satélites artificiais, apesar de a testemunha negar essa possibilidade, e também de que fosse um avião, além de afirmar que não produzia qualquer som. Outra ocorrência se deu em 21 de janeiro, às 00h27, envolvendo vários avistamentos sobre os municípios de Ipumirim e Lindoia do Sul. O céu estava estrelado e uma luz cujo tamanho foi estimado em até dez vezes maior que uma estrela, com fachos brancos e vermelhos, foi vista se deslocando lentamente e à baixa altitude.

As testemunhas afirmam que o UFO estava a cerca de 400 m de altura e a uma velocidade de 80 km/h. A distância estimada até o objeto foi de um quilômetro e o objeto foi acompanhado visualmente até desaparecer atrás das montanhas da região. Também não produzia qualquer som e a descrição permite descartar as hipóteses de que fosse um avião ou satélite. De fato, poucos minutos depois a mesma região foi percorrida por um avião da empresa aérea Avianca, a uma altitude bem superior. E às 23h40 do mesmo dia 21 dois moradores de Lindoia do Sul viram uma luz surgir de forma súbita percorrendo um longo trajeto no sentido dos municípios de Irani a Ipumirim. Em seguida uma segunda luz também surgiu e se comportou de forma idêntica. Pouco depois, às 00h30, uma equipe do O Jornal, veículo da imprensa local, se uniu às testemunhas e, dez minutos depois, observaram flashes de luz muito intensos e rápidos, por três vezes, ao norte de onde estavam. Todos permaneceram à espera para tentar realizar mais observações, mas os fenômenos não voltaram a se repetir.

UFO foi filmado em Ipuaçu em novembro

Mais luzes não identificadas flagradas em Hessdalen

Avião da Azul teria sido acompanhado por UFO em janeiro

Divulgado novo vídeo sobre as Luzes de Phoenix

UFO observado próximo a instalação nuclear britânica

Avião espanhol precisou fazer pouso de emergência devido a um UFO

UFO com três ocupantes foi observado na Espanha em 1980

Nave em formato de disco escolta uma viatura policial na Polônia

Saiba mais:

Livro: Vimanas: Veículos Voadores de Nossos Antepassados

crédito: Revista UFO
Vimanas: Veículos Voadores de Nossos Antepassados
Vimanas: Veículos Voadores de Nossos Antepassados

As provas de que a humanidade conviveu com outras inteligências cósmicas há milênios, aqui na Terra e de forma aberta, estão neste livro. Naves cintilantes cortam os céus a grandes velocidades. São de vários formatos e tamanhos, todas com elevada tecnologia. Nelas não se veem motores nem asas, são movidas por sistemas de propulsão silenciosos. Muitas vezes descem ao solo, aterrissam e seus tripulantes – de formato humano – encontram-se com observadores estupefatos diante do que veem. Não raramente, as privilegiadas testemunhas são convidadas a viajar nestes incríveis veículos, e algumas, surpreendentemente, podem até pilotá-los.

DVD: Em Busca dos UFOs

Já está no ar a Edição 234 da Revista UFO. Aproveite!

Maio de 2016

De que estranho mundo viriam?