DESTAQUE

Três agroglifos surgiram nos últimos dias em meio à onda britânica de 2018

Por
17 de Julho de 2018
O agroglifo de Longwood Warren
Créditos: Cropcircle Connector

Mais três sinais surgiram nos campos ingleses nos últimos dias, confirmando a intensidade da onda inglesa do fenômeno em 2018. Os desenhos que continuam a aparecer têm formatos muito variados, como variadas têm sido as especulações quanto ao seu significado. Um exemplo é o agroglifo de Longwood Warren, Nr Winchester, Hampshire, surgido em 10 de julho. O formato se mostra vagamente similar ao de uma hélice ou turbina, e uma das comparações apresentadas em uma das especulações sobre seu significado o compara a um eneagrama. Este é uma figura geométrica de nove pontas, formada por círculos e triângulos, que aparece em várias antigas tradições, dos antigos gregos a filosofias herméticas, passando pelo islamismo e catolicismo. Funciona como símbolo processual na compreensão de qualquer processo contínuo. Entre as tentativas de explicação há ainda comparações com agroglifos surgidos em junho, julho e agosto de 1999, ligados a eclipses, ciclos da Lua e do Sol e outros fenômenos celestes.

Outro agroglifo surgiu em Winterbourne Bassett, Nr Avebury, Wiltshire, em 14 de julho. De destacar a postura do proprietário das terras onde surgiu o sinal, que não deseja ninguém em sua plantação e ameaçou destruir o agroglifo caso haja qualquer invasão. Novamente são feitas comparações com os sinais surgidos em 10 de junho, e em 7 e 8 de julho, e o desenho é comparado a um esquema de propagação de ondas, como as que um objeto provoca ao cair na água. Uma grande similaridade é observada deste sinal com outro agroglifo, de 24 de junho de 2016. Também são feitas comparações com o desenho deste agroglifo e os anéis de crescimento observados no tronco de uma árvore, e são feitas especulações sobre para qual ano futuro esse sinal poderia estar indicando. Fala-se ainda de que poderia simbolizar uma emissão de radiação, e a ciência conhece as emissões de monopolos, dipolos e quadripolos. A especulação afirma que este agroglifo simbolizaria uma radiação em tripolo, o que é cientificamente impossível.

Um dos mais intrincados desenhos da temporada 2018 foi encontrado em 14 de julho em Muncombe Hill, Nr Kingweston, Somerset. Um complexo conjunto de círculos, arcos, segmentos de reta e outros elementos tem semelhança com o padrão geral circular visto em outros agroglifos deste ano, inclusive com os mencionados acima. Uma das especulações mais originais compara este sinal ao diagrama de um átomo de magnésio, e como os elétrons se transferem entre os diferentes níveis de energia em um átomo, um fenômeno praticamente banal. Alude-se novamente, como foi especulado com relação a outros agroglifos, que este é mais uma representação de um Stargate, conforme visto no clássico seriado, um portal que permitiria percorrer as imensas distâncias cósmicas em muito pouco tempo. Outras alegações o comparam a uma merkabah, que na tradição mística da cabala seria o Carro de Deus, um veículo celestial capaz de percorrer os diversos níveis do firmamento. Alude-se ainda ao famoso relato bíblico da visão do profeta Ezequiel, que teria observado um objeto como esse, que hoje conhecemos como UFO. Também são feitas comparações do desenho deste agroglifo com a flor conhecida como girassol.

Vídeo do agroglifo de Longwood Warren

O agroglifo de Winterbourne Bassett é apresentado neste vídeo

Confira um video do agroglifo de Muncombe Hill

Novos agroglifos surgiram em wiltshire dentro da intensa onda inglesa de 2018

Prossegue a investigacao dos agroglifos ingleses pela revista ufo

Segue intensa a temporada 2018 de agroglifos na inglaterra

Saiba mais:

Livro: O Mistério dos Círculos Ingleses

DVD: Pacote Misteriosos Agroglifos

Já está no ar a Edição 253 da Revista UFO. Aproveite!

Dezembro de 2017

Ligações inquestionáveis

UPDATED CACHE