DESTAQUE

Trabalho final de Stephen Hawking propõe ideias para detectar a existência de universos paralelos

Por
23 de Março de 2018
Stephen Hawking ainda irá inspirar a busca do conhecimento por muito tempo
Créditos: Arquivo

O astrofísico britânico Stephen Hawking, infelizmente falecido na última semana, revolucionou nosso entendimento do Universo e apresentou diversos trabalhos tão adiantados que ainda não podem ter suas teorias postas à prova experimentalmente. Essa, conforme ele próprio, é a principal razão de o gênio não ter recebido um Prêmio Nobel, porém a situação pode mudar se a proposta apresentada em um artigo, o último de Hawking, for testada experimentalmente. O trabalho se intitula Uma saída suave da inflação eterna? (A Smooth Exit from Eternal Inflation?), e foi escrito em colaboração com Thomas Hertog, da Universidade de Leuven na Bélgica.

Um dos grandes mistérios da física é a razão pela qual nosso Universo é tão favorável à existência de matéria, estrelas, planetas e vida. Os físicos afirmam que se uma ou mais das quatro forças fundamentais da natureza, nuclear fraca e forte, eletromagnética e gravitacional, variasse em poucos por cento, os átomos não teriam se formado e o Universo seria um amontoado de partículas elementares. Uma das possíveis explicações é a existência do Multiverso, do qual o nosso seria somente um entre inúmeros, talvez infinitos, universos paralelos. O artigo de Hawking e Hertog afirma que o surgimento desses outros universos pode ter deixado uma pista na radiação cósmica de fundo, vestígio do Big Bang, que permeia nosso Universo.

Thomas Hertog explica: "Essa é a teoria do Big Bang, desenvolvida a partir do modelo original de Hawking para o princípio do Universo, e que ele e James Hartle apresentaram em 1983". Essa teoria afirma que o Big Bang foi acompanhado por inúmeros outros eventos similares, dando origem a outros universos. Hertog prossegue: "Gradualmente percebemos que esse modelo descreve não somente um, mas infinitos universos, o que os cosmologistas chamam de Multiverso. Stephen não estava satisfeito com isso, e me disse há um ano que deveríamos desenvolver um método para transformar a ideia de um Multiverso em uma estrutura científica testável e coerente". A inflação do título do artigo é a acelerada expansão do espaço-tempo que a teoria afirma ter ocorrido exponencialmente nos primeiros momentos após o Big Bang, e muitos físicos afirmam que esse fenômeno não se limitou somente a nosso Universo, mas a múltiplos, possivelmente infinitos outros.

crédito: Arquivo
Universos paralelos provavelmente existem, e Stephen Hawking propôs um meio de comprovar sua existência
Universos paralelos provavelmente existem, e Stephen Hawking propôs um meio de comprovar sua existência

IDEIAS REVOLUCIONÁRIAS

De acordo com o artigo pode ser possível detectar os indícios do surgimento de outros universos medindo as ondas gravitacionais emitidas pelo Big Bang de nosso Universo. A ideia de um Multiverso não é unânime, porém Hawking e Hertog apresentaram uma sugestão de como pode ser encontrada evidência concreta da existência de universos paralelos ao nosso. O artigo está atualmente sendo revisado para publicação em um periódico científico, mas pode ser lido no site arXiv nos links abaixo. Muitos são os que afirmam que, caso tal detecção venha a ser conseguida, será sem dúvida merecedora de um Prêmio Nobel, o que Hawking não recebeu ao longo de sua carreira. O professor Stephen Hawking, mais uma vez, demonstra sua genialidade em mais um artigo revolucionário, e continuará influenciando a ciência e a busca do conhecimento por muito tempo. Thomas Hertog resume: “ Stephen era um aventureiro, e a ciência era sua maior aventura. Este artigo é somente um exemplo disso".

Leia o último trabalho de Stephen Hawking

Ouça as melhores frases de Stephen Hawking

Stephen Hawking participou de um especial humorístico do grupo Monty Python

Assista ao episódio Universos Paralelos da série O Universo

Faleceu o astrofísico Stephen Hawking

Protótipos de nanonaves estelares já estão em órbita

Luz e ondas gravitacionais são captadas a partir da fusão de estrelas de nêutrons

Evidência de outro universo pode ter sido encontrada

Saiba mais:

Livro: Dossiê Cometa

crédito: Revista UFO
Dossiê Cometa
Dossiê Cometa

O Dossiê Cometa é o relatório da entidade homônima francesa – o Comitê Cometa – que analisou as evidências mais marcantes da atuação de ETs em nosso planeta, através de avistamentos e aterrissagens de UFOs que se prolongam há milênios e dos contatos com seus tripulantes. O documento foi entregue ao primeiro ministro francês e a outras autoridades mundiais, com uma séria advertência: devemos estar preparados para grandes transformações em nossa cultura, ciência e religião, pois em pouco tempo os UFOs causarão grande impacto em nossas vidas.

DVD: Buscando Vida Fora da Terra

Já está no ar a Edição 217 da Revista UFO. Aproveite!

Novembro de 2014

A descoberta de novos mundos

UPDATED CACHE